quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Florianópolis-SC: GREVE dos servidores tem adesão de mais 90%

Os servidores municipais de Florianópolis (SC) completam um mês de paralisação


video


Greve Geral

A greve dos servidores públicos completa um mês nesta sexta-feira (17) e a adesão atinge mais de 90% da categoria.

Em conluio com vereadores

Em conluio com vereadores da sua base, o prefeito enviou à Câmara de Vereadores quase 40 projetos de lei que incluem o retrocesso no plano de cargos, carreiras e salários (PCCS) dos servidores, a fusão dos fundos da Previdência e o corte no anuênio e licença-prêmio. Enquanto isso, os empresários foram beneficiados com o parcelamento da dívida junto à prefeitura.

O sindicato disse NÃO e foi à LUTA

O Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis) reafirmou que não aceita os termos apresentados pelo prefeito e que lutará contra o corte de direitos dos trabalhadores.

O prefeito queria prender

Acredite, o prefeito queria mandar prender os líderes da greve, isso mesmo, entrou com pedido na justiça no dia 8 de fevereiro.

O pedido foi negado

A solicitação foi negada pela desembargadora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Vera Lúcia Copetti, que fez a prefeitura recuar da ação. Uma campanha internacional com mais de 500 moções de centrais sindicais e sindicatos do mundo todo também pressionou a magistrada a repudiar a medida.

O PDT 

O prefeito parece que perdeu o controle do governo que mal começou, o PDT, um dos partidos da base do malsinado gestor já pulo fora da barco que começa a afundar.

O país pega fogo

Enquanto o circo da LAVA JATO do juiz que quase beija AÉCIO NEVES engana o BRASIL, o país pega fogo e não sai na tela da Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário