sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Paraupebas: O Ministério Público pega os depoimentos dos vereadores flagrados em vídeo e procura empresário

Há menos de 2 dias das eleições, vídeos com cenas de empresário entregando dinheiro para 2 vereadores de Parauapebas aumentam a tensão no município 

Veja mais outro vídeo que foi divulgado em Parauapebas


video


Pedro Ribeiro não foi localizado e está sendo procurado pelo MP

O empresário está sendo procurado pelo Ministério Público, as informações são de que se ele não se apresentar espontaneamente poderá ser pedida sua prisão.

As informações que circulam pela cidade é que autoridades compareceram a residência do empresário e ninguém soube informar seu paradeiro.

O Ministério Público já ouviu um dos vereadores.

A Polícia Federal está em Parauapebas

Nesta sexta-feira (30), os vereadores flagrados em vídeos recebendo dinheiro terão que depor no Ministério Público 



Eleições


Ontem várias viaturas da Polícia Federal foram avistadas pelas ruas da cidade.

O promotor de justiça Hélio Rubens, responsável pelos processos da OPERAÇÃO FILISTEUS, também tem previsão de chegar ao município nesta sexta feira.

Os vídeos serão periciados 



O Ministério Público está em posse dos vídeos em que os vereadores são flagrados recebendo dinheiro de um empresário, o material será periciado,  os vereadores prestarão depoimento na sede do Ministério Público em Parauapebas.

Montagem

Os vereadores envolvidos alegam que os vídeos são montagens para prejudicá-los.

Chantagem

Mas em Parauapebas o que se propaga é que o empresário gravou as imagens para chantagear os parlamentares e garantir contratos com a administração pública.

Vários vereadores

O que se diz é que existem imagens de quase todos os vereadores.

Prisão necessária

Talvez esse seja o caso que mais justifique a prisão de alguns envolvidos, pois é evidente que após a revelação das imagens tentarão destruir provas e até mesmo ameaçar o denunciante, que seria amigo do empresário envolvido.

Exceção à regra

Uma vereadora não aceitou o dinheiro, dizem que uma das imagens, um vereador "mão nervosa" desferiu palavrões contra a vereadora honesta.

Cobrar ou não cobrar dízimo do vereador

Na igreja de um vereador, a polêmica se instalou, os fiéis não querem que seja cobrado dízimo do dinheiro que tem origem mais que duvidosa.

Contaminado

O fato é que os vídeos caíram como uma bomba nas eleições, por isso qualquer análise agora dos seus efeitos fica contaminada pela disputa política.

Pesquisa falsa em Parauapebas

IBOPE publica um COMUNICADO alertando sobre pesquisa falsa




Pesquisas falsas

São tantas pesquisas falsas em Parauapebas que o Ibope teve que publicar no seu site um comunicado alertando aos eleitores do município sobre a utilização de mais uma pesquisa fraudada no nome do instituto.

O Ibope alerta que realizou uma pesquisa, mas o contratante preferiu não divulgar e o resultado que circula nas redes sociais é uma fraude.

Leia AQUI no www.ibopeinteligencia.com

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Parauapebas: Grandes comícios e vídeos marcam reta final da campanha eleitoral

Darci (PMDB) realizou um grande comício no bairro Tropical e Valmir (PSD) na rua 14

Comícios do Darci (PMDB) e Valmir (PSD) 

Ruas e vídeos

Enquanto a campanha nas redes sociais está dominada pela divulgação de vídeos estarrecedores, nas ruas a campanha segue firme.

Darci Lermen (PMDB)

Ontem (28), o candidato do PMDB realizou um dos maiores comícios desta campanha, o evento envolveu a população dos bairros Tropical, Ipiranga e Linhão.

Valmir Mariano (PSD)

Já a rua 14 foi o local do comício da candidatura Valmir Mariano (PSD), também recebendo um grande público.

Parauapebas: Vereadores candidatos à reeleição são filmados recebendo dinheiro

As imagens já estão com o Ministério Público - os fatos tem relações diretas com a OPERAÇÃO FILISTEU


video


Maridé e Bruno

O vereador Bruno (PSD) e Maridé (PSC) são flagrados recebendo dinheiro, o vereador Miquinha (PT) tem seu nome citado nas gravações, mas não foram divulgadas imagens dele.

O Ministério Público (GAECO) já intimou os envolvidos

Todos os envolvidos que foram flagrados recebendo o dinheiro já foram intimados para prestarem seus esclarecimentos no Ministério Público.

GAECO

As imagens podem ser o elo que faltava para o desfecho final das investigações do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado - GAECO - em Parauapebas, na OPERAÇÃO FILISTEUS.

"Conduta triplamente qualificada"

O vídeo caiu com uma bomba nas redes sociais em Parauapebas, revelando uma forma triplamente indecente: primeiro, o empresário corrompe vários políticos; segundo, o mesmo empresário grava os políticos; terceiro, o empresário usa a gravação para fins ilícitos.

Qual a finalidade

Como explicar que alguém queira gravar seus próprios "parceiros" de negociatas.

Obviamente, a gravação não foi realizada para auto incriminação, esse tipo de imagem é repugnante, revela uma conduta mais que criminosa.

As imagens gravadas ilicitamente foram usadas para fins ainda mais ilícitos.

Datas das imagens

A polêmica sobre as datas das gravações das imagens tem pouca importância, a contundência do que elas revelam é auto explicativa, ou seja, agentes políticos recebendo dinheiro das mãos de um empresário "financiador" de campanha - que mais precisa.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Municípios não cumprem a Lei de Acesso à Informação

TCM-PA constata que Lei da Transparência ainda não está sendo cumprida pelas prefeituras e câmaras




Descumprimento

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-PA) fez um estudo sobre o cumprimento da Lei de Transparência por parte das prefeituras e câmaras municipais paraenses, o resultado mostra que pouco se avançou, apesar do Tribunal ter inventado um TERMO DE AJUSTAMENTO DE GESTÃO, uma forma de não cumprir suas obrigações e responsabilizar os administradores pelas ilegalidades.

TCM-PA, UFPA e CGU

O trabalho foi realizado em parceria com a Universidade Federal do Pará e a Controladoria Geral da União.

O TCM-PA vê avanço

Segundo o diagnóstico do TCM-PA, houve avanço e melhoria no atendimento de itens antes ausentes nos sites e portais, porém nenhuma Câmara e Prefeitura Municipal atende ainda integralmente os itens acordados no TAG. 

terça-feira, 27 de setembro de 2016

MARABÁ: Candidatos à prefeitura assinam pacto pela Infância e Juventude



Os candidatos à prefeitura de Marabá assinaram nesta segunda-feira, 26, um Pacto pela Infância e Juventude perante a 9ª e 10ª Promotoria de Justiça de do município. As prefeituras municipais são as gestoras dos recursos públicos direcionados ao atendimento prioritário dos direitos assegurados a criança e ao adolescente na Constituição Federal.

"A assinatura deste pacto é muito importante para que os candidatos a Prefeito sejam cientificados dos deveres que terão com as crianças e adolescentes de Marabá, tendo em vista a partir do próximo ano um deles será o responsável pela gestão dos recursos públicos direcionados ao atendimento prioritário dos direitos assegurados a criança e ao adolescente na Constituição Federal", disse a Promotora de Justiça Titular da 9ª Promotoria da Infância e Juventude de Marabá, Alexssandra Muniz Mardegan.

Ao assinar o pacto, o prefeito eleito estará se comprometendo, entre outras coisas, em realizar um diagnóstico da situação da criança e do adolescente em Marabá, com a participação do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), conselho tutelar e sociedade civil organizada, mapeando os serviços prestados pelo CRAS, CREAS e espaços de acolhimento, além do atendimento à saúde e a educação, disponibilizados ao público infanto-juvenil.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Parauapebas: Ministério Público é favorável ao registro da candidatura Darci Lermen (PMDB)




No Tribunal MP pede aprovação da candidatura do Darci

O Ministério Público Eleitoral que atua junto ao Tribunal Regional Eleitoral em Belém emitiu parecer favorável ao registro da candidatura de Darci Lermen (PMDB) ao cargo de prefeito de Parauapebas.

Candidatura aprovada pelo Ministério Público

Não é verdade que o Ministério Público emitiu "parecer" válido contra o registro da candidatura do PMDB em Parauapebas.

O Ministério Público Eleitoral é pelo deferimento da candidatura, ou seja, o Ministério Público pediu mesmo foi a APROVAÇÃO do registro do candidato Darci Lermen (PMDB).

Ibope: Situação para prefeitos que tentam a reeleição está difícil

Segundo o IBOPE, a reeleição está difícil para muitos prefeitos 




Nas capitais

Embora o Ibope se refira aos prefeitos das capitais, o fato é que em 2016 se terá a menor taxa de reeleição da história das eleições brasileiras, essa rejeição aos atuais prefeitos será maior nas grandes cidades e nas cidades de porte médio.

2016 ainda mais difícil

A segunda rodada de pesquisas do IBOPE mostra que a vida dos prefeitos que disputam a reeleição está bem difícil.

Nas capitais

São 20 prefeitos de capitais que estão tentando a reeleição, mas  apenas quatro tem chances reais de vencer já no primeiro turno. 

São eles Teresa Surita (Boa Vista), ACM Neto (Salvador), Marcus Alexandre (Rio Branco) e Luciano Cartaxo (João Pessoa). Além de terem suas gestões aprovadas por mais da metade da população, esses candidatos são rejeitados no máximo por 25% dos eleitores.


Reeleição em 2012 já foi difícil

Nas eleições municipais de 2012 foi registrada a menor taxa de reeleição dos prefeitos das capitais brasileiras, apenas 4 dos 8 que tentaram tiveram êxito, ou seja, apenas 50%.

Zenaldo Coutinho (PSDB) entre os piores

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, está entre os piores do Brasil, tem apenas 17% de avaliação ótima e boa, uma situação mais que sofrível.

Veja no quadro abaixo a situação de todos os prefeitos das capitais dos estados brasileiros





domingo, 25 de setembro de 2016

Pará - PSDB e PMDB disputam o maior número de prefeituras




2016 


No Pará, PSDB e PMDB são os partidos que mais tem candidatos próprios ao cargo de prefeito.

O PSDB tenta em 99 prefeituras, o PMDB em 89. 

O PT tem candidato em 36 municípios, seguido do PSD com 35, PSC com 34 e DEM com 33.

Nos 5 maiores colégios eleitorais

Na capital, Belém, o maior colégio eleitoral, o PSOL lidera com o candidato Edmílson Rodrigues (PSOL).

Em Ananindeua, a cidade com a segunda maior quantidade de eleitores, Manoel Pioneiro (PSDB) é apontado como o favorito.

Em Santarém, 3° maior colégio eleitoral, Nélio Aguiar (DEM) tem sido apontado como o favorito.

Na cidade de Marabá, o PTB com Tião Miranda é quem lidera e deverá ser eleito no próximo domingo.

Em Parauapebas, Darci Lermen (PMDB) é apontado como favorito pra ganhar em 2 de outubro.

sábado, 24 de setembro de 2016

Parauapebas: Os servidores lamentam a ausência de 3 candidatos

O SINSEPPAR quis ouvir os candidatos, mas 3 fugiram 



Servidores repudiam faltosos

Os servidores são os executores de qualquer plano de governo, de qualquer candidato que venha a ser eleito, o que leva 3 candidatos a não comparecerem e a não prestigiarem justamente quem é imprescindível ao sucesso de qualquer governo. Como explicar que tenham tempo para ir a ACIP, FAP e caminhadas, mas não atendam aos trabalhadores.

3 faltaram

Os candidatos Chico das Cortinas (PPS), Marcelo Catalão (DEM) e Valmir Mariano (PSD) fugiram, não marcaram suas entrevistas, não apresentaram propostas aos servidores públicos municipais, não assumiram compromissos com a categoria.

Todos foram convidados

Todos os candidatos foram convidados, podiam marcar data e horário, inclusive podiam enviar suas respostas aos questionamentos dos servidores públicos até por escrito, mas apenas Darci Lermen (PMDB) e Doutor Hipólito Reis (PRTB) compareceram e prestigiaram a categoria.

Parabéns 

Sinseppar parabeniza aos candidatos Darci Lermen (PMDB)
e Doutor Hipólito Reis (PRTB) que demonstraram
ter respeito aos servidores de Parauapebas


Os servidores parabenizam os candidatos Hipólito Reis (PRTB), pela entrevista no dia 12/09, e Darci Lermen (PMDB), que compareceu no dia 22/09, ambos demonstram ter espírito democrático.

Parauapebas: consolidação da teoria da maldição dos recursos naturais




Por Henrique Branco

Como esperado, as receitas provenientes dos royalties da exploração mineral em Parauapebas vêm caindo. No balanço arrecadatório até o momento, entraram nos cofres do Palácio do Morro dos Ventos R$ 572 milhões. Esse montante aparentemente parecer ser muito, ultrapassa a casa de meio bilhão, mas representa apenas 55% do esperado, do orçamento aprovado no fim do ano passado na Câmara de Vereadores.

Mesmo com a arrecadação em queda, algo já previsível, o planejamento para o ano corrente era de 1,1 bilhão de reais. Deverá ficar em 850 milhões, isso em estimativa otimista. Ou seja, pelo menos, 250 milhões a menos nos cofres municipais, em um município em grave crise econômica, chega a ser uma tragédia de várias ordens. Em 2014, ano que cheguei a “capital do minério” o orçamento estava em 1,5 bilhão de reais. No ano seguinte, caiu, chegando a R$ 1,3 bilhão. No ano corrente novamente outro decréscimo, como já anunciado aqui: 1,1 bilhão. Se chegasse ao referido montante, mesmo menor do que anos anteriores, já se poderia comemorar. Mas com a tendência de queda se intensifica, a expectativa precisa ser revisada, sempre para baixo. É neste cenário preocupante que Parauapebas conviverá daqui para frente.

Mais uma vez a Vale adianta em seus relatórios que irá bater novamente novo recorde de produção, com 10 milhões a mais em volume de tonelada exportada. O volume que deverá ser fechado no balanço final irá oscilar de 340 a 350 milhões de toneladas, abaixo do planejado de 380. Mesmo assim, com o mercado internacional variando, a Vale baterá mais um recorde, mantendo assim a sua taxa de lucro. Neste contexto, a vida das minas da Serra Norte que estão em operação, deverão seguir os prognósticos de duas décadas ou três, no máximo.

Enquanto o cenário tenebroso aumenta, o futuro torna-se cada vez mais incerto, as autoridades públicas da “capital do minério” assistem passivamente a tudo. Por conta da disputa eleitoral, o debate e propostas sobre a diversificação da cadeia produtiva, da matriz econômica veem à tona. Depois da eleição tudo volta ao normal. A Vale continuará a retirar cada vez mais rápido minério, exaurindo as minas que estão em operação nas serras ao norte, que contornam os limites territoriais parauapebenses e a teoria da maldição dos recursos naturais continuará acontecer.

Richard Auty teorizou sobre as economias que são dependentes quase que, exclusivamente, de um único recurso finito, com data para acabar, quase sempre, bem antes do planejado. Por isso lançou a teria: “Maldição dos recursos naturais”. Seria sustentada no paradoxo da abundância de recursos não renováveis e o mal que eles causam a uma determinada região. 

Auty, afirma que a supremacia e dependência de um único recurso causariam: declínio de outras atividades econômicas e tornaria a receita de arrecadação volátil. Ou seja, o município sempre teria indefinição orçamentária, podendo acarretar risco no cumprimento de compromissos. Se a compra do produto entrar em declínio, diminuir a sua compra no mercado internacional, as arrecadações despencariam. Isso já está acontecendo em Parauapebas.

A triste sina do município que está assentado na maior reserva mineral do planeta, mas mostra-se incapaz de promover o próprio desenvolvimento através do que a natureza lhe ofereceu. O futuro é construído pelo presente.

Que presente? Qual futuro?

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Na "república de curitiba" amor e inovação é assim - com nojo de pobre

Apoiado pelo PSDB, candidato diz que tem nojo de pobres





Rafael Greca faz parte de uma coligação em que o PSDB DEM são os principais partidos, o fascista lidera em Curitiba.

Veja aqui no www.viomundo.com.br a matéria completa, inclusive o vídeo com a confissão do que eles realmente são e pensa, obviamente o candidato já pediu desculpas.

Pesquisa da Doxa: a encomendada “marola azul” e o medo da onda vermelha

Por Jorge Neri

Multiplicar votos aos milhares, a cada dia 1%? Um milagre que parece ser exercício de estratégia de um “mago marqueteiro” que deixou de combinar esse “milagre de marketing” coma a realidade das ruas.

Tenho, nessas eleições me mantido discreto. Militante e filiado ao PT a mais de 30 anos, discordo frontalmente da decisão de meu partido no município em apoiar Valmir Mariano, e sou crítico e opositor do Governo Golpista de Temer e seu partido, o PMDB.

Mas, como cidadão da paroquia chamada Parauapebas, tive que fazer uma opção entre o risco de um governo de Darci sob um comando pmdebista, jaderista, etc... Ou suportar por mais 4 anos a gestão desastrosa de Valmir e sua tropa.

Então, o comentário e opinião sobre a pesquisa da Doxa realizado no período de 14 a 17 de setembro, não é desprovida de opção: vou votar em Darci, e agora fazendo campanha por sua eleição frente as manobras e mentiras propagadas ao vento pela campanha de Valmir.

Uso, para fazer referência, o curto texto de Marcos Atílio, publicado no Blog Sol de Carajás, intitulado “Parauapebas: erros ou milagre?” Vamos aos fatos descritos que quero comentar :

1- Como alguém (Valmir da Integral) com aproximadamente 38,8% de rejeição, a pouco menos de um mês, pode chegar 30 dias após, a um crescimento de 100% e bater na casa de 34,6% ?

2- Que o seu Governo (de Valmir da Integral), é reprovado por perto de 35% do eleitorado, ainda de acordo com a pesquisa Doxa.

Em política não existe milagres. Acredito na possibilidade de Moisés ter aberto o mar Vermelho para os hebreus fugirem do faraó. No cego que Jesus fez enxergar. Na água que o mesmo transformou em vinho. Em Lázaro que ressuscitou dos mortos. Na multiplicação dos pães.... Tudo obra divina. Acredito.

Multiplicar votos aos milhares, a cada dia 1%? Um milagre que parece ser exercício de estratégia de um “mago marqueteiro” que deixou de combinar esse “milagre de marketing” coma a realidade das ruas.

Então, de onde vieram os “milhares de votos” da onda azul propagada pela campanha do PSD e seus aliados? Vieram do universo de quase 40% de eleitores que simplesmente rejeitam o candidato a Moisés da marola azul?

Viriam eles dos 34,6% de literalmente reprovam o Governo Azul?


Pesquisas eleitorais "confusas" mostram divergências em Parauapebas

Números da Doxa e do Destaqq mostram cenários diferentes

Há poucos dias das eleições, os resultados das duas últimas pesquisas confundem o eleitor de Parauapebas




No Destaqq

O instituto Destaqq também realizou uma pesquisa e aponta que o candidato Darci Lermen (PMDB) seria o vitorioso se as eleições fossem hoje em Parauapebas, com 42,2 % dos votos, seguido de Valmir da Integral (PSD) com 31,5%.

"Indoxou"

Na pesquisa Doxa o cenário é confuso, somente quem a fez conseguiria explicar, na espontânea um candidato é vencedor, na estimulada o vencedor é outro. Quem cresce é somente quem  tem a maior rejeição, ou seja, os dados mostram conflitos quase insóluveis, podem ser verdadeiros, mas contrariam a lógica dos outros números da própria pesquisa.

A Doxa é um instituo com larga experiência e tem serviços prestados em todo o estado do Pará.

O Ibope 


IBOPE inteligência


O Ibope está previsto pra hoje, tem uma margem de erro grande, mesmo assim as notícias é que estão tentando impugnar o resultado, o motivo seria que os números não estão conforme o "esperado".

Será que o Ibope seria um tira-teima?

A rádio Arara Azul entrevista o candidato Doutor Hipólito Reis - às 11h





Hoje, às 11:00, será a vez do Doutor Hipólito Reis (PRTB) ser entrevistado na Arara Azul. 

O programa já ouviu Chico das Cortinas (PPS), Darci Lermen (PMDB), Marcelo Catalão (DEM) e Valmir Mariano (PSD).

A rádio Arara Azul entrevista os candidatos a prefeito de Parauapebas




A Arara Azul iniciou uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Parauapebas, Chico das Cortinas (PPS), Darci Lermen (PMDB), Marcelo Catalão (DEM) e Valmir Mariano (DEM) já foram sabatinados pelo radialista Elson Brito, o horário que o programa vai ao ar é às 11:00.




Após a entrevista do candidato Darci Lermen (PMDB) uma multidão o aguardava na saída do prédio da Arara Azul


video


Caso você não tenha assistido ao vivo, todas as entrevista realizadas estão disponíveis.

Confira no www.facebook.com/araraazulfm/

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Parauapebas: Erros ou Milagre?




Por Marco Atílio

Voto a voto, será?

Uma pesquisa divulgada na tarde dessa terça-feira (20) me causou perplexidade. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Doxa (veja AQUI) e mostra uma eleição disputadíssima entre os candidatos Darci e Valmir. Pelos números apresentados, a eleição está sendo disputada voto a voto. Será?

Números

Bom, antes de qualquer coisa, vamos aos números: A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 17/09/2016 com uma amostra de 600 entrevistas. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. Os dados dos três principais candidatos são os seguintes: Darci aparece com 33,1%. O atual prefeito, Valmir Mariano, aparece com 34,6%. Marcelo Catalão tem 17,1%. 

O milagre da virada

O que realmente me surpreendeu – acho que a todos – foi a constatação de uma hipotética virada. 

O meu espanto é produto da análise de dois quesitos importantíssimos, vejamos: Primeiramente, devemos observar a evolução de cada candidato tomando como referência as pesquisas anteriores realizadas pelo mesmo instituto. Vê-se que enquanto Darci cai, Valmir cresce de forma avassaladora. Sai de 16,2%, na primeira pesquisa, para 34,6% nessa última. Um crescimento exponencial de mais de 100% em praticamente 1 mês de campanha. Em seguida, é extremamente importante analisarmos o percentual de rejeição de todos os candidatos. É esse dado que nos permite estabelecer o potencial de crescimento dos mesmos. 

Rejeição

Desde a primeira pesquisa até essa última, o campeão de rejeição vem sendo o prefeito Valmir da Integral. Na primeira pesquisa aparecia com incríveis 38,8% e na última 32,2%, simplesmente imbatível nesse quesito. Darci vem logo em seguida, tinha 14,5% na primeira e 26% na última. Entre os principais candidatos o de menor rejeição é Marcelo catalão com 12,1% na primeira e agora 18%. 





Diante de tais números, e é sempre bom frisar que são números do próprio Instituto Doxa, nos vem o seguinte questionamento: como explicar que o candidato mais rejeitado pelos eleitores seja justamente o que mais cresceu nas intenções de voto, aliás, o único que cresceu? 

E não estamos falando de um crescimento qualquer, estamos falando de um brutal crescimento. Mais de 100% em praticamente 1 mês de campanha. 

Viradas não são milagres

Disse aqui em outra oportunidade: viradas não são milagres, são possíveis de ocorrer. Dei como exemplo a disputa pela prefeitura de São Paulo nas eleições de 2012. O atual prefeito, Fernando Haddad, antes de começar a campanha aparecia com apenas 2% das intenções de votos. Seu adversário, o senador José Serra, aparecia com mais de 40%. A campanha começou, Haddad cresceu, levou para o segundo turno e ganhou a eleição. 

Mas toda virada em eleições tem uma explicação racional, sempre, caso contrário é milagre. E é justamente a explicação do que ocorreu com Haddad em São Paulo o calcanhar de Aquiles da pesquisa Doxa. 

Haddad conseguiu uma virada extraordinária em função do alto índice de rejeição de seu adversário, José Serra. Enquanto Haddad tinha pouca rejeição, Serra apresentava uma de quase 40%. A rejeição de Serra era a maior entre os candidatos naquele momento. Mesmo fenômeno acontece nas eleições de São Paulo 2016 e novamente com Fernando Haddad, mas desta vez é ele quem amarga um alto índice de rejeição, mais de 40%, o que o fez estacionar nos 9% das intenções de votos em seu projeto de reeleição, e são pouquíssimas as possibilidades de crescer. De virar o jogo as possibilidades são bem próximas de zero. 

Faltou explicar

Não estou, contudo, afirmando que houve erros ou fraude na pesquisa Doxa. Também não dá para afirmar se há um milagre em curso, mas mudança nesse nível de dramaticidade é sempre resultado de uma onda que mais parece um tsunami. É impossível não percebê-la nas ruas. Algo de muito impactante deve acontecer no andamento da eleição que possa facilmente explicar tal crescimento. Um crescimento que atropela sem o menor pudor até mesmo o maior índice de rejeição tem que ter explicação. 

Hipóteses

Não moro em Parauapebas, analiso a eleição pela frieza dos números das pesquisas que são divulgadas. Mas fica fácil estabelecer duas hipóteses que possa explicar esse fenômeno: Hipótese 1 – A eleição em Parauapebas tomou um novo curso e mudou drasticamente de direção devido a algum extraordinário acontecimento e os números estão refletindo esse novo cenário. Esse hipotético acontecimento foi amplamente explorado e beneficiou apenas o candidato Valmir. Hipótese 2 – A pesquisa, simplesmente, não está mostrando o real cenário eleitoral em Parauapebas. 

No caso da Hipótese de número 2, não creio em más intenções e sim em erros na captação ou na tabulação dos dados. Resta saber o que é mais nocivo para a imagem de um instituto de pesquisa: se alterar os dados intencionalmente ou errar na execução do serviço. Com a palavra, Instituto Doxa. 

Marco Atílio é um imaginário cientista das artes políticas, inclusive de pesquisas

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Parauapebas: Agenda dos candidatos

Na reta final, pesquisas eleitorais em Parauapebas geram suspeitas


Resultado de imagem para fraude em pesQUISA ELEITORAL


Enxurrada de pesquisas falsas

O Ministério Público Eleitoral deveria tomar alguma medida efetiva pra tornar as eleições em Parauapebas mais limpas.

A Polícia Federal deveria investigar essa despudorada divulgação de pesquisas fraudadas que Parauapebas assiste.

O pior, a divulgação dos dados alterados, compromete o resultado das pesquisas sérias, aí, ninguém acredita.

GAECO

Veja a matéria completa clicando  AQUI www.pebinhadeacucar.com.br.

O Ministério Público Eleitoral poderia chamar o GAECO, pois trata-se de crime organizado, uma investigação não deve se limitar as fraudes grosseiras, nem por isso menos graves, é necessário incluir também às pesquisas que são registradas no TRE-PA.

Numa rápida passagem por algumas perfis do Facebook se identifica vários envolvidos.

Muita fora

Há várias pesquisas internas dos candidatos e de pessoas e grupos interessados nas eleições, deve ficar internamente, só pode divulgar se tiver registrada no TRE-PA.

Na bilionária capital do minério tem tido ocorrido uma enxurrada de pesquisas "malucas", sem qualquer respaldo nos fatos.

Ibope em 2012

Em 2012, o IBOPE saiu com uma pesquisa em Parauapebas (veja AQUI) mostrando uma realidade que não existia.

Aberta as urnas, o candidato vitorioso teve mais de 55% do votos, o Ibope dizia que tinha 23% na espontânea e 32% na estimulada, uma vergonha!

Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, em Carajás, realizará a 5ª edição do Círio

A igreja católica de Carajás celebrará no dia 25/09/16 (domingo) a quinta edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. A celebração acontecerá primeiramente na concha acústica, às 17h, em seguida a procissão percorrerá as principais ruas do Núcleo Urbano na Serra dos Carajás, estimasse que cerca de cinco mil pessoas participem de toda a programação nazarena. O bispo diocesano Dom Vital Corbellini participará do evento.

O pároco de Carajás, Pe. Allison Lima, conta que o mês durante o mês de setembro aconteceu à preparação para o Círio com a peregrinação da imagem de Nossa Senhora de Nazaré em visita a diversas famílias do Núcleo, cerca de 200 famílias foram visitadas durante o período. 

De acordo com o padre, foi disponibilizado um ônibus para os fiéis de Parauapebas que queiram participar da procissão. O ônibus partirá da Portaria de Carajás às 15h00 e fará o translado de volta assim que o evento terminar. 

Além da cidade, romeiros da zona rural também terão apoio de ônibus para o deslocamento até o Núcleo Urbano de Carajás.

Mais informações 

A festa do círio de nossa senhora de Nazaré é vivencia de fé, uma tradição religiosa da população e devoção Mariana, denominada patrona do estado do Pará, pela lei n. 4.371 de 15 de dezembro de 1971, sancionada pela Assembleia Legislativa do estado e regulamentada pelo Governo do Estado do Pará.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

A farsa jato do juiz premiado pela Rede Globo, Sérgio Moro, o "Collor de toga", ataca o presidente LULA - continua a perseguição

A infâmia do power point, uma fraude política contra Lula, mostra o viés partidário da "farsa jato"


Essa farsa da Rede Globo e da revista Veja o Brasil já conhece,
 sai a gravata a entra a toga, mas a fraude é a mesma

Cunha, quem é Cunha?

O juiz premiado pelos bilionários dono da Rede Globo, Sérgio Moro, aceitou denúncia contra Lula, obviamente, todos sabem que essa era a obsessão do "Collor de Toga".

O mesmo juiz que é premiado pelos bilionários donos da Rede Globo está a cerca de 11 dias com a denúncia contra Cunha, nada fez.

Delatores apontam Aécio (o chato da propina) e FHC (apartamento em Paris), mas a "farsa jato" persegue e denuncia é o LULA

Vários delatores apontaram Aécio Neves e sua irmã como beneficiários de propinas, apontaram FHC e genro como beneficiário de propinas, apontaram José Serra como beneficiário de propinas, apontaram Michel Temer como beneficiário de propina, mas quem a farsa jato persegue, quem ela denuncia: LULA.

A farsa jato já foi desmascarada

Sem qualquer prova e na base do "power point" de um fanático religioso, a perseguição ao LULA está mais que evidente.

O rapaz merece ou não merece prêmio dos bilionários donos da Rede Globo?  

Parauapebas: Com quociente eleitoral alto, uma vaga na Câmara está ainda mais difícil

Há poucos dias para a data das eleições, a campanha esquenta para a Câmara de Parauapebas



Uma vaga na Câmara terá a disputa mais concorrida da história da política local

Segundo a justiça eleitoral, são 297 candidatos a vereador em Parauapebas, eles estão espalhados por 10 coligações e mais 3 partidos que disputam isoladamente as 15 vagas da Câmara Municipal. 

Veja a seguir cada uma das coligações e as expectativas de eleição ou reeleição.

Coligação: PARAUAPEBAS QUE EU QUERO

Composta pelo PEN, PV, PRP e PMB essa coligação deverá fazer o quociente eleitoral. Tem 2 vereadores que tentam a reeleição por essa chapa, a Irmã Luzinete (PV) e o João do Feijão (PV). Outro destaque é a ex-vereadora Percília (PEN), segundo analistas da política local, poderá eleger um vereador, nesse caso apontam uma ligeira vantagem para o nome da Sra. Percília.

Coligação: FORÇA DA RENOVAÇÃO


PP e PR estão aliados e tentam chegar à Câmara, Cláudio Almeida, Daniel Fernandes, Andreia Lima e Alex do Novo Óleo são os nomes que se destacam. A expectativa é que eleja um deles, os analistas apontam uma pequena vantagem para Cláudio Almeida e Daniel Fernandes. 

Coligação: JUNTOS POR UMA PARAUAPEBAS MELHOR

PSDC e PSB estão juntos e a expectativa é que também ocupem uma das 15 vagas na Câmara de Parauapebas. Tem o vereador Barrão tentando a reeleição, além dele outros 2 nomes vem se destacando na disputa por uma cadeira: Antonio Neto e Dr. Francisco.

Coligação: UNIDOS PELO PROGRESSO

Aqui tem o PSC e o PDT, nessa coligação 2 vereadores tentam a reeleição, Marcelo Parceirinho e Maridé. O JB, o Pedro Jaques e o Zé do Bode também se destacam. A expectativa é que eleja 2 vereadores, nesse caso, Maridé e Marcelo Parceirinho saem em vantagem.

Coligação: JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

Com PMDB e PHS, essa coligação deverá ter o maior número de votos de legenda. O grande destaque é Coutinho, ele foi candidato a prefeito em 2012, naquela ocasião obteve mais de 29 mil votos. Também tem a vereadora Eliene Soares tentando sua reeleição. Rafael Ribeiro é outro destaque. Zezinho, ex-PSOL e Wolner, ex-vereador, também são conhecidos. A expectativa é que a coligação faça 2 vereadores com certeza, é provável que chegue a 3, os analistas locais apontam os nomes do Coutinho e de Eliene com uma certa vantagem sobre os demais.

Coligação: PARAUAPEBAS É MAIOR

Nessa coligação o impossível aconteceu, aqui o PT e PSDB estão unha e carne, unidos, juntos e misturados. Na chapa ainda tem o PMN, com destaque para o candidato GIBI, e o PPL com o nome do policial RAMBO. Talvez seja a coligação mais forte na disputa proporcional, conta com 5 vereadores tentando a reeleição: Braz, Miquinha, Pavão, Prof. Euzébio e Zacarias. A expectativa é que elejam 3 nomes para a Câmara, o atual vereador Braz é apontado como o favorito, ficando uma certa vantagem para ocupar as demais vagas com os outros vereadores que tentam a reeleição.

Coligação: PARAUAPEBAS SUSTENTÁVEL

A Rede e o PCdoB integram essa coligação. A Rede disputa sua primeira eleição e tem como destaques o ex-vereador Zé Alves, a professora Odilza, Francisco do Karatê e o Diretor Andrew. A coligação é forte, mas ainda não é possível afirmar que atingirá o quociente eleitoral, os analistas da política local indicam que falta pouco, no caso, Zé Alves teria certa vantagem sobre os demais.

Coligação: PARAUAPEBAS QUER O MELHOR

Essa coligação tem o DEM e deve ter uma boa votação de legenda, o que ajuda bastante. Nomes conhecidos que já disputaram a vereança como o professor Wagner e o Negão. Também tem o Marlúcio Sangue Bom e o Joel do Sindicato, outros nomes bem conhecidos. Há dúvidas se atingirá o quociente eleitoral, alcançando a vaga ficará com um dos 4 nomes citados.

Coligação: PARAUAPEBAS NO RUMO CERTO

Outra coligação no limiar de fazer o quociente e alcançar uma vaga na Câmara, mas ainda não é certo. Composta pelo PTB, PRB e PTN, tem o nome do atual vereador Massud que tenta mais um mandato. A Kelen Adriana e o Silvio Santos são outros que se destacam. Alcançando o quociente a vaga deverá ficar com o atual vereador Massud. 

Coligação: PARAUAPEBAS UM NOVO TEMPO

Composta pelo PSOL e PRTB, essa coligação tem como nomes bem conhecidos Roberto, presidiu o Sinseppar, e da enfermeira Leonice. Também tem o nome do professor Afonso e Sidney. A expectativa é que não alcance o quociente, apesar de poder ter votações expressivas de alguns candidatos.

PPS

Concorrendo sozinho, o PPS dificilmente alcançará o quociente eleitoral. Como destaque entre os seus candidatos tem o Cortina Filho.

PROS


O PROS confiou no seu taco e vem pra disputa sozinho. O vereador Dr. Charles tenta a sua reeleição, mas o time é forte e tem vários destaques: Luiz Castilho, Ivana Andrade, Josemir da Imobiliária, Deibson, Caiado, Judson Gomes e o Da Roça. O PROS garante 2 vagas e pode chegar a uma 3ª. Luiz Castilho e Dr. Charles tem ligeira vantagem, mas tem concorrentes fortes.

PSD


O PSD também saiu sozinho, tem um time forte na disputa. Os atuais vereadores Bruno Soares e Joelma Leite estão na equipe e tentam a reeleição. Outros nome como Horácio Martins e Marcel Nogueira estão na disputa. Tem ainda Chico Brito, Alberto Souza, Lucio, Jamila Azevedo, Leudicy Leão e Neuraci Braga. O PSD ocupará 3 vagas. Os analistas apontam uma ligeira vantagem para Bruno Soares, Joelma Leite e Horácio Martins.

A disputa tem sentido, mas é bom mudar





O cargo de vereador é bem disputado, são apenas 15 vagas, a campanha é ferrenha.


Tinha até sentido, mas com o surgimento em Parauapebas do procurador Nelson Medrado, do promotor Hélio Rubens e do juiz Líbio Moura a coisa mudou um pouco, aquela lenda de que ser eleito vereador era ganhar todo ano um prêmio da mega sena é bom ser esquecida, engavetada.

_______________________
_______________________

Nota: a análise acima não tem base em pesquisa e nem valor científico, trata-se apenas de análise opinativa e serve apenas como isso, ou seja, opinião do autor. 

Por fim, diria o Belchior: "... um analista amigo meu me disse que (é) desse jeito..."