sábado, 30 de novembro de 2013

EM BRASÍLIA

Dr. Jakson, Dr. Helder e Lindolfo
Nessa semana que finda tive a honra de receber os DOUTORES JAKSON SOUZA e HELDER IGOR.

Conversamos sobre vários assuntos, todos, sempre, com a nossa querida PARAUAPEBAS na pauta.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

CÉLIO COSTA: LOBBY NA SECRETARIA DE SAÚDE DE PARAUAPEBAS

CÉLIO COSTA COM O VALMIR DA INTEGRAL
LICITAÇÃO SUSPEITA É CANCELADA

Veja o aviso de licitação abaixo, no final desta postagem, o teor não foi publicado no Diário Oficial do Pará, ao menos ainda não foi localizado. Na página do DOU foi publicado em 14 de novembro. 
Pasmen, advinha quem foi um dos interessados na licitação, que retirou o edital na prefeitura de Parauapebas? Ninguém menos e ninguém mais que os Sr. Célio Costa, isso mesmo, aquele que até um dia desses era o secretário de planejamento do governo VALMIR DA INTEGRAL, agora o rapaz estaria fazendo "lobby", justo no governo que ontem era um dos mais influentes colaboradores.
Aliás, o Sr. Célio Costa foi avistado na cidade em companhia do próprio secretário municipal de saúde, o Sr. Rômulo Pereira, aquele que já é conhecido como o pior secretário de saúde que o município já teve e tem.
Diante dos indícios de que algo não estava andando normal no referido processo licitatório, o certame foi cancela, ao menos por enquanto.
Você, caro cidadão, sabe de quanto Célio Costa e o secretário Rômulo Pereira estavam tratando? De nada mais e nada menos que R$ 26 milhões.
Um pretende vender e ou outro pretende comprar nada mais e nada menos que 120 mil doses de vacinas contra o câncer HPV, isso para atender a população feminina na faixa etária entre 9 e 13 anos, caso sigam a recomendação do Ministério da Saúde. 

EXTRATO DE EDITAL DA LICITAÇÃO CANCELADA: GENÉRICO, NADA ESPECIFICA!
__________________________________________________________________________
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO Nº 9/2013-033SEMSA
A PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS, por meio do Pregoeiro (a) devidamente designado (a), torna público que às 09:00 horas do dia 27 de Novembro de 2013, fará realizar licitação na modalidade PREGÃO, tipo menor preço, para Registro de preços para aquisição de vacinas e contraceptivos para atender às necessidades do Fundo Municipal de Saúde de Parauapebas., de acordo com o que determina a legislação vigente, a realizar-se na sala da Coordenadoria de Licitações e Contratos.
O procedimento licitatório obedecerá ao disposto na Lei nº 10.520/2002, utilizando-se subsidiariamente as normas da Lei n.º 8.666/1993 e suas alterações posteriores e demais legislações em vigor aplicáveis ao caso.
O Edital e seus anexos encontram-se à disposição dos interessados (pessoa física ou representante legal da empresa devidamente credenciado para este fim) na Coordenadoria de Licitações e Contratos da FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE, localizada no MORRO DOS VENTOS, S/N, BAIRRO BEIRA RIO II, a partir da publicação deste Aviso, no horário de expediente (das 8h às 14h).
Parauapebas - PA, 12 de Novembro de 2013.
LEO MAGNO MORAES CORDEIRO
_______________________________________________________________________

JOSINETO E ODILON: UMA DUPLA DA PESADA - SUSPEITA DE FRAUDE

INDÍCIOS DE CORRUPÇÃO NA CÂMARA NÃO FORAM EXPLICADOS PELOS VEREADORES JOSINETO E ODILON ROCHA.

A DUPLA DE VEREADORES NÃO EXPLICA OS CONTRATOS DA CÂMARA MUNICIPAL:
 FRAUDE E SAQUE SEM PRECEDENTES NO PARLAMENTO DE PARAUAPEBAS.
Parece que os dois vereadores que comandam a Câmara Municipal de Parauapebas são imunes a qualquer investigação do Ministério Público, pois apesar das denúncias terem sido endereçadas ao órgão estadual, até o momento nada consta que o parquet tenha iniciado qualquer procedimento.

Agora, chega ao conhecimento do blog que o poço é mais fundo que se imagina, a fraude atingiria também o contrato de limpeza e a locação de veículos.

Resta perguntar ao Dr. FRANKLIN JONES VIEIRA DA SILVA, promotor de justiça,  se recebeu as denúncias e que providências efetuou?

De qualquer modo os links com as matérias estão aqui:




PT PARAUAPEBAS: ZÉ GERALDO INCONFORMISMO E LEVIANDADE



Os membros do PT em Parauapebas mostram indignação com as denúncias do Deputado Zé Geraldo, quando questiona a lisura do processo eleitoral do partido na cidade.

Colocam que toda a documentação está à disposição da executiva estadual do partido, para quando quiserem analisá-la.

Zé Geraldo: inconformismo e leviandade
Os petistas em Parauapebas criticam a postura do derrotado Zé Geraldo, que pretende, como se fosse um coronel do partido, escolher pessoas de outras cidades para intervir e se apossar da documentação, nesse caso, entende os membros do PT parauapebense, aí sim o processo perderia credibilidade, já que ficaria a mercê de um inconformado derrotado no processo, que seria capaz de tudo para alterar o resultado que lhe foi desfavorável.

O PT local questiona e diz que o deputado Zé Geraldo foi  leviano e mentiroso quando cita em sua nota que assinaturas teriam sido coletadas mesmo após a eleição. Afirmam que em Parauapebas o processo aconteceu de forma limpa e transparente, conforme os documentos comprovam. 

Os votos dos petistas em Parauapebas deram uma avassaladora maioria para o deputado Milton Zimmer, uma vitória justa que refletiu o sentimento dos militantes locais em prestigiar um candidato da cidade para presidir o partido.

O inconformismo do deputado Zé Geraldo é compreensível, mas sua leviandade é questionável.

O fato incontestável é que a militância local preferiu um candidato da cidade e lhe presenteou com uma votação fundamental para a conquista de presidência estadual do partido.

PARAUAPEBAS: PRISÃO DE EX-SECRETÁRIO DE OBRAS ASSOMBRA VALMIR DA INTERAL

DEVIDO A PRISÃO DO SECRETÁRIO DE OBRAS, DÁRIO VELOSO, PREFEITO TERIA ORDENADO SUMIÇO DE DOCUMENTOS OFICIAIS, REMONTAGEM DE PROCESSOS E PLANILHAS DE PAGAMENTOS DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS!

DÁRIO VELOSO E VALMIR DA INTEGRAL
Uma "OPERAÇÃO LIMPA TUDO" teria sido ordenada pelo prefeito de Parauapebas VALMIR DA INTEGRAL, para isso requisitou todos os seus "consultores jurídicos", que estariam trabalhando a todo vapor, remontando procedimentos e contratos, principalmente planilhas de pagamentos, com a finalidade de sumir com qualquer prova que possa suscitar a prisão do prefeito de Parauapebas ou de outros membros da sua equipe.

O prefeito de Parauapebas foi denunciado por fraude no transporte escolar, as denúncias foram encaminhadas para a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Câmara de Vereadores de Parauapebas e Ministério Público Federal, são mais de 1300 páginas de documentos, com provas incontestáveis.

Para ter uma ideia da magnitude dos desvios praticados pelo governo do prefeito VALMIR DA INTEGRAL, no transporte escolar da rede pública municipal, as planilhas indicam que vários ônibus, micro ônibus, vans e kombis, rodavam diariamente mais de 1000 (mil) quilômetros, algo impossível de ser realizado, mesmo assim VALMIR DA INTEGRAL determinou o pagamento. As planilhas apresentadas e pagas pelo atual gestão de Valmir da Integral foram entregues ao Ministério Público.

Exclusivo: cópia de planilha com prova da fraude
Na verdade, pode se concluir a partir das provas apresentadas e denunciadas pela OAB de Parauapebas e Marabá, que o serviço sequer foi prestado, o prefeito VALMIR DA INTEGRAL apenas determinou que seus subordinados criassem um modo de afastar um "empresário", pelo qual o prefeito não tem simpatia, forjando planilhas de prestação de serviço e quitando antecipadamente seu contrato, para então contratar outra empresa, sem licitação, de "amigo" do prefeito. Empresa, pasmem, que estava impedida de firmar contrato com a Administração Pública, devido uma punição sofrida no município de Canaã dos Carajás.

O prefeito Valmir da Integral, pelas provas documentais apresentadas ao Ministério Público, segundo os denunciantes da OAB, já deveria ter sido afastado do cargo e, talvez, que nem seu secretário de obras, receber um mandado de prisão em seu nome.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

PREFEITO VALMIR DA INTEGRAL MENTE DESCARADAMENTE

______________________________________________________________________
"Prefeito de Parauapebas diz que cidade não tem capacidade de rodar ônibus coletivo... 
mas nas ruas tem centenas de ônibus da #Vale .. Então isso é o q?"
(FRASE COPIADA DO FACEBOOK)
_____________________________________________________________________________


O prefeito que mente é um fraco! VALMIR DA INTEGRAL diz que as ruas de Parauapebas não suporta o tráfego de ônibus, mas nada faz para proibir os ônibus da sua protegida VALE, que trafegam pela cidade sem qualquer atitude do prefeito, o empresário dono da Integral estaria beneficiando a VALE, já que permite que a empresa faça algo que a cidade não suporta? 

Aliás, o prefeito é um caso sério, seu próprio governo contrata "ônibus escolares", sem licitação, como que a cidade não suporta, se ele mesmo contrata ônibus?

Ônibus escolar: contrato sem licitação 

O prefeito, além de não ter política para o transporte público, é suspeito de fraudar o transporte escolar. 

Valmir da Integral responde a denúncias graves por desvio de recursos públicos na contratação de ônibus, vans e kombis. Todos rodam em Parauapebas, alguns, acredite, chegam a rodar, em apenas um dia, mais de 1000 (mil) quilômetros, isso mesmo, mil quilômetros por dia, segundo planilhas que o prefeito e sua equipe da secretaria de educação receberam e pagaram. Um roubo com provas nas mãos do Ministério Público do Pará e o órgão ainda não tomou qualquer providência, que nos conste.

O prefeito, por razões políticas e para agradar sua base de picaretas na Câmara de Vereadores, que protegem as "imundas vans", continuará a condenar a população de Parauapebas a utilizar esse transporte em vans: irregular, sujo, caro e sem segurança.

O Ministério Público, que faz?

SARNEY PRESTOU SOLIDARIEDADE AO GENOINO. DILMA E LULA SE ESCONDEM!

Sarney: solidariedade e humanidade
O ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP) foi ao Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF) na tarde do dia 22 de novembro visitar José Genoino, condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Sarney prestou a solidariedade que Lula e Dilma, até este momento, negaram ao Genoino.

A decisão do ministro JOAQUIM BARBOSA de mandar prender o ex-presidente do GENOINO, mesmo ciente da precária situação da saúde do deputado foi uma ilegalidade, imagine que não se faz com os pobres e os pretos nesse país, por essas e outras que o presidente do STF já está sendo apelidado nas redes sociais de 'CAPITÃO DO MATO". Aquele de origem humilde, mas que caça seus próprio povo, sem piedade, entregando seus capturados aos seus "donos", a quem ousaram desobedecer.

Qual dos dois têm filho empregado na Globo? Qual dos dois tem viagem paga pelo STF para assistir jogo da seleção no camarote do Luciano Huck? Qual dos dois abriu empresa de fachada no exterior pra não pagar impostos?

Por que LULA e DILMA tem medo do Joaquim Barbosa? Todos eles calculam seus atos pensando apenas nas eleições de 2014? Os dois primeiros, usam o mais alto cargo do executivo federal e, o outro, o mais alto cargo do judiciário nacional, tudo pensando apenas nas eleições nacionais do ano que vem.

ZÉ RINALDO PEDE DEMISSÃO E SE AFASTA DO GOVERNO VALMIR

DESDE O COMEÇO DO ATUAL GOVERNO, ZÉ RINALDO MOSTRAVA DESCONFORTO COM MODO DE AGIR DO PREFEITO.

Saiu quando e porque quis, isso é o que se depreende da despedida do empresário Zé Rinaldo, presidente do PSDB de Parauapebas. 

O prefeito não tinha autoridade e nem moral para exonerar seu secretário de finanças, pois é mais que evidente que o prefeito de Parauapebas precisa da proteção do PSDB para se manter no cargo, tal o volume de denúncias de desvios de recursos públicos na sua gestão.

Zé Rinaldo: afastamento previsto. Modo de agir
do prefeito é criticado por todos.
Verdade, se dependesse do prefeito trapalhão ZÉ RINALDO nem teria sido nomeado para a secretaria de finanças, pois a seriedade e competência do presidente do PSDB não se encaixa nas intenções e projetos do prefeito VALMIR DA INTEGRAL. O perfil do prefeito é mais adequado ao seu ex-secretário de obras, Dário Veloso, que está com mandado de prisão expedido, podendo está cumprindo sua pena em alguma cadeia do Pará.

Agora, resta saber se o PSDB inicia um processo de afastamento do governo local, atitude mais acertada, entregando os demais cargos, se desvencilhando do prefeito VALMIR e, quem sabe, minimizando o que já se configura como certo, ou seja, uma acachapante derrota do governador JATENE em Parauapebas.

Evidente, o empresário Zé Rinaldo sai do governo para evitar maior comprometimento do seu nome e de sua bem sucedida carreira empresarial na região, já que o desfecho do atual governo, chefiado por VALMIR DA INTEGRAL, depende mais da inércia dos órgãos responsáveis pela fiscalização do patrimônio público, Ministério Público e Tribunal de Contas, do que de qualquer atitude do prefeito ou de qualquer secretário municipal.

Zé Rinaldo tomou a decisão correta, pois o Ministério Público do Pará, em Parauapebas, tem em mãos denúncias, com as provas documentais para a justiça determinar o afastamento do prefeito VALMIR DA INTEGRAL. 

Não ficaria bem para uma pessoa respeitada e séria, como o empresário Zé Rinaldo, ser o titular da secretaria de fazenda, justamente a que realiza os pagamentos do governo municipal.

O fato é que a sentença que determinou a prisão do Dário Veloso, quando este ainda era secretário de obras do governo VALMIR DA INTEGRAL, assustou a todos os membros do atual governo. 

Quem tem juízo sairá. Quem fica, que se cuide! 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

GOVERNO VALMIR DA INTEGRAL: JUSTIÇA DETERMINA PRISÃO DE DÁRIO VELOSO

DÁRIO VELOSO: PRESO! 

DÁRIO VELOSO: DA SECRETARIA DE OBRAS DO GOVERNO VALMIR DA INTEGRAL DIRETO PARA A CADEIA!


Sentença com prisão de Dário Veloso foi expedida em 29 de outubro e publicada em 06 de novembro (veja imagem a seguir), mas o engenheiro permaneceu como secretário de obras do prefeito VALMIR DA INTEGRAL até o dia 11 de novembro, um total desrespeito com o povo de Parauapebas, mais uma obra do prefeito VALMIR DA INTEGRAL. Dário Veloso pediu exoneração para ir à prisão!

VALMIR DA INTEGRAL COM DÁRIO VELOSO, SEU PRIMEIRO SECRETÁRIO DE OBRAS,
JUSTIÇA JÁ DETERMINOU SUA PRISÃO
Apesar de alertado e de conhecer o passado do DÁRIO VELOSO, o atual prefeito de Parauapebas o convidou para ocupar a secretaria de obras, o empresário dono da Integral Engenharia deve ter avaliado que alguém com o currículo de Dário FURTADO Veloso era o homem perfeito para o projeto do governo "mãos que trabalham", chefiado plenamente por VALMIR DA INTEGRAL.

Veja a sentença que determinou a prisão de DÁRIO FURTADO VELOSO, expedida em 29 de outubro de 2013 e publicada em 06.11.2013:


Ainda não sabemos onde o ex-secretário de obras do governo VALMIR DA INTEGRAL está preso. Existe uma grande possibilidade do ex-engenheiro da Premiun ter pedido para cumprir sua pena na cidade de Belém, pois assim evitaria maiores desgastes na sua região de atuação política, Parauapebas e Marabá.

Para substituir o DÁRIO FURTADO VELOSO, o prefeito VALMIR DA INTEGRAL convidou seu amigo, o "QUEIROGA", que também já foi empregado da VALE e estava cuidando da empresa Integral Engenharia, que pertence a família do prefeito de Parauapebas. 

QUEIROGA, substituto de DÁRIO VELOSO, foi dispensado
da VALE em circunstâncias que precisam de esclarecimentos,
Valmir da Integral pode ter escolhido para secretaria de obras
indivíduo com passado nebuloso na VALE.
A escolha de Queiroga para secretário de obras está sendo questionada pelos cidadãos de Parauapebas, afinal, sai um direto pra cadeia, devido ao seu passado criminoso, e entra outro sobre o qual pairam suspeitas graves, cujo passado na VALE é cercado de mistérios.

Queiroga foi quem conduziu o processo de aquisição de áreas rurais pela VALE em Parauapebas e Canaã do Carajás, quando teria sido dispensado em situação ainda não esclarecida, pois a VALE teria preferido abafar qualquer escândalo envolvendo o nome da empresa mineradora. 

_____________________
NOTA: Parauapebas não merece o que vivencia nesse governo de corruptos do atual prefeito e dono da Integral Engenharia, Valmir da Integral.  

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

VEREADOR BRAS E ESPOSA MAQUIVALDA GASTARAM MAIS DE R$ 84 MILHÕES

VEREADOR BRAS E ESPOSA MAQUIVALDA: R$ 84 MILHÕES, ONDE O CASAL GASTOU O DINHEIRO DA HABITAÇÃO?

Vereador BRAS participa das reuniões do Conselho Municipal de Habitação, afinal é vereador, tem todo o direito, não sabemos se ele tem o mesmo interesse pelo Conselho da Saúde ou o da Educação, seria apenas pelo fato de sua esposa MAQUIVALDA ser a secretária de habitação e enfrentar dificuldades junto aos conselheiros municipais? 

Estaria o vereador tentando intimidar os conselheiros? 

O vereador e esposa que são crias do ex-vereador ADELSON FERNANDES, deveria respeitar o jogo democrático, saber que sua esposa é uma gestora INCOMPETENTE, criadora de problema, ao invés de ameaçar conselheiros municipais, deveria explicar para toda a cidade de PARAUAPEBAS onde gastaram R$ 84 milhões?



Esse casal já gastou R$ 84 milhões, onde?

Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social = 83.857.103,22


Secretaria Municipal de Habitação = 258.941,52


VEJA A QUANTIDADE DE IMÓVEIS 
QUE O CASAL ADQUIRIU:


O CASAL NÃO CONSEGUE EXPLICAR COMO GASTOU R$ 84 MILHÕES, EVIDENTE QUE O PREFEITO VALMIR DA INTEGRAL ORIENTOU A DUPLA, VEREADOR E SECRETÁRIA, TUDO ESTÁ SENDO FEITO COM O AVAL DO PREFEITO, DESPESAS POR DESPESA.

E O MINISTÉRIO PÚBLICO, APROVA AS DESPESAS DO CASAL?

domingo, 24 de novembro de 2013

PT PARÁ TEM NOVO PRESIDENTE: MILTON ZIMMER

DEPUTADO MILTON ZIMMER É O NOVO PRESIDENTE ESTADUAL DO PT.

A expressiva vitória em Parauapebas mostrou a força do deputado no PT municipal, votação na cidade atingiu quase a unanimidade.

Resultado ainda não é oficial, mas apuração foi encerrada e deputado Milton Zimmer, de Paraupebas, comandará o PT paraense.

PT: Milton Zimmer vence PED em Parauapebas com ampla vantagem

Deputado Milton Zimmer obteve vitória expressiva no PED do PT em Parauapebas.

Resultado em Parauapebas, base do deputado Milton Zimmer:

Milton: 717;
Zé Geraldo: 28;
Nulos: 08;
Branco: 07.

No Pará, com 91 municípios apurados, o deputado Milton segue na frente com 53% dos votos válidos. Zé Geraldo tem 47%.

sábado, 23 de novembro de 2013

QUEIROGA: SAIU DA VALE EM CIRCUNSTÂNCIAS MISTERIOSAS

"DISPENSADO DA VALE" ASSUME SECRETARIA DE OBRAS DO GOVERNO VALMIR DA INTEGRAL.

QUEIROGA É UM CRIADOR DE CAVALO A SERVIÇO DE QUEM? O INDIVÍDUO VEIO DA VALE E ESTAVA NA EMPRESA INTEGRAL, SERÁ QUE IRÁ TRABALHAR PARA ESSAS EMPRESAS OU PARA O MUNICÍPIO DE PARAUAPEBAS?

VALMIR NOMEIA AMIGO PARA OBRAS: SUSPEITA-SE
QUE PREFEITO QUEIRA MONTAR ESQUEMA DE INTEIRA CONFIANÇA!
EX-SECRETÁRIO DÁRIO ERA CONDENADO DA JUSTIÇA, POR DESVIAR LEITE DE CRIANÇAS DOENTES DE MARABÁ, AGORA, O NOVO SECRETÁRIO DE OBRAS DE PARAUAPEBAS TEM NO CURRÍCULO UMA "DISPENSA" DA VALE EM CIRCUNSTÂNCIAS MISTERIOSAS.

O fato é que por enquanto a secretaria de obras só tem "quem roba", agora terá o QUEIROGA!

O novo secretário que já foi da VALE, de onde saiu em "circunstâncias muito misteriosas", juntará-se a um "escrete" de ex-funcionários da VALE e da Integral, empresa do prefeito, que financiou sua campanha com quase 1 milhão de reais, tudo leva a uma suspeita que se montará um grande "esquemão" em Parauapebas.

Não sabemos o que o rapaz QUEIROGA fará com o Sr. Wanterlor Bandeira, o preferido da mulher do prefeito para assumir a secretaria de obras, pelo jeito o ex-petista terá que esperar mais um pouco, mas água mole em pedra dura...ou acaba!

A SAGA DE UM CASTANHEIRO


Raimundo Moura
     FÉLIX RIBEIRO MARTINS, mais conhecido como  FELIM, embora sua certidão de nascimento registre o seu  assento em 26/06/1935, no município de Marabá, ele nasceu  no município de Araguatins, na época Estado de Goiás, hoje Tocantins, e estima-se que tenha muito mais anos do que o declarado, pois seu documento original foi queimado durante a  Guerrilha do Araguaia.

Félix era o 3º filho do casal Pedro Martins dos Santos e Salustiana Ribeiro Souza. Seu pai morreu quando ele tinha apenas 08 anos de idade, motivo que o levou a trabalhar cedo com os outros três irmãos para poder garantir o sustento da família que vivia basicamente da agricultura e da pecuária. Seus irmãos eram Raimunda Ribeiro Martins, conhecida como Mundica, José Ribeiro Martins e Davi Ribeiro Martins.

Alguns anos depois a sua mãe, Salustiana Ribeiro Souza, casou-se com Raimundo Paraguaia de Freitas, pequeno fazendeiro que possuía 600 cabeças de gado. Este passou a ser o pai de Félix e de seus demais irmãos.

Mas não demoraria muito para Félix “caí no trecho” em busca de sua independência financeira. Em meados de 1953, ele segue o exemplo de seu irmão mais velho e viaja para o município de Xambioá para trabalhar no garimpo do Chiqueirão. Em Xambioá, numa festa de Cabaré, ele conheceu Maria Pereira Moura, mais conhecida como Maria Moura, que nos dizeres dele era uma “jovem boneca” que perdera a mãe durante o seu parto e estava iniciando a vida de mulher, a exemplo de outras mulheres retirantes da época.

Maria Moura havia vindo de Imperatriz - Estado do Maranhão, fugindo de um casamento arrumado pelas freiras no convento onde morava desde criança. O Pai de Maria Moura era Estevam Moura, quem lhe entregou sob os cuidados das freiras no convento de Imperatriz, depois que perdeu a esposa durante o parto que deu a luz a Maria Moura. Como não tinha condições de criar a filha, pois além de culpá-la pela perda da esposa, ainda precisava trabalhar de lavrador numa terra em Jatobá/MA, deixou-a no convento.

No ano de 1957, depois de passar em Araguatins para deixar dinheiro para sua Mãe, Félix Martins viajou de barco para o município de Marabá, Estado do Pará, onde passou a viver por quase toda a vida. Desde então perdeu contato com a sua mãe e demais familiares. Ao chegar em Marabá teve notícias de que Maria Moura estava levando a vida de mulher solteira na rua “Canela Fina”, velha Marabá e já tinha uma “penca de filhos”.

Desde então Félix passou a trabalhar muito. Foi mariscador de diamante nos Rios Tocantins e Itacaiúnas, trabalhou como castanheiro e tropeiro no polígono dos castanhais e peão de fazenda por mais de 40 anos na região. Nesta época Marabá liderava na produção de castanha-do-Pará, matéria prima no auge do mercado da economia nacional e mundial.

Não demoraria muito para Félix juntar-se com Maria Moura. Segundo ele, quando foi para se juntar com Maria, ela o alertou: “quem ama o cão deve amar o balcão”, informando-o que tinha uma “penca de filhos” e se ele estaria disposto a assumi-la teria que aceitar seus filhos, pois já havia dado alguns filhos por falta de condições de criá-los e não estava mais disposta a dar mais nenhum filho. Como Félix era um homem muito generoso e sempre foi apaixonado por Maria Moura, resolveu aceitar o desafio e levou ela e seus filhos de avião para uma Fazenda, pois Maria havia sofrido perdas materiais com as cheias dos Rios Tocantins e Itacaiúnas e por isso não teve condições de ficar na cidade.

Com a comercialização da castanha em alta e as porções de terras devolutas em abundância, Félix adentrou as matas subindo o Rio Itacaiúnas até chegar ao Rio Parauapebas em busca do “ouro branco”, denominação dada a Castanha-do-Pará no auge de sua comercialização. Durante a coleta da castanha, Félix aproveitava para mariscar algumas peles de onça pintada e faturar algum dinheiro a mais. Ele dizia que durante as suas andanças nas matas sempre “esbarrava” com índios, mas que nunca foi atacado por eles e se fosse estava bem preparado com a sua espingarda e um bornal cheio de cartuchos.

Nessa ocasião ele se instalou a margem do Garimpo de Serra Pelada onde passou a viver como lavrador num pedaço de terra devoluta onde se localiza hoje uma das fazendas de uma família de goianos que despertaram cobiça pela região e valeu-se de influências políticas para obter junto ao governo da ditadura a apropriação de uma vasta área de terras devolutas, inclusive esta que Félix vinha habitando e trabalhando.

Desta forma se intensificou no Pará, especialmente na região de Carajás, a formação de grandes latifúndios e o surgimento de oligarquias. Como Félix não tinha grandes ambições e não era alfabetizado, reconheceu os novos donos das terras que até então não tinham donos e passou a trabalhar para eles à custa de alguns trocados e mantimentos, sem ter consciência do regime de exploração e escravidão em que estava sendo submetido.

Félix teve um único filho com Maria Moura em 1978. Juntos passaram a viver as custa do próprio trabalho, garantindo estudo e o mínimo para o sustento não somente de seu filho, como também dos outros filhos de sua mulher. Félix perdeu Maria Moura em 1999 e quatorze anos depois, em 12 de novembro de 2013, faleceu ao lado de seu filho, com quem viveu seus últimos anos no município de Parauapebas. A pedido, seu “Felim” foi sepultado no Cemitério da Saudade, município de Marabá, ao lado de sua amada Maria Moura, deixando o filho Raimundo Moura e um casal de netos, João Mateus e Maria Vitória. Até então a história de mais este castanheiro era anônima, mas que agora fica registrada para as futuras gerações.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Médica tenta desmoralizar colega cubano na Bahia

Prescrição correta foi parar na Internet como erro

Jornal do Brasil

Os médicos cubanos continuam sendo alvo de discriminação por parte de seus colegas brasileiros. Na semana passada, em Feira de Santana, interior da Bahia, um médico cubano, do Programa Mais Médicos, receitou 40 gotas diárias de dipirona para o filho de um ano da diarista Gilmara Santos. O médico explicou a ela que a dosagem não era para ser ministrada de uma só vez e sim ao longo do dia e desde que a criança sentisse dor. Diferente dos médicos brasileiros que fracionam a medicação, os cubanos adotam a prescrição da quantidade total por dia. Essa metodologia, no entanto, não confundiu Gilmara que ministrou corretamente o remédio ao filho.


Apesar do bom atendimento que seu filho teve, a diarista ao retornar ao posto para uma nova consulta foi atendida por uma médica. Gilmara explicou que estava com a receita do médico cubano e mostrou para a médica que estava lhe atendendo naquele momento. Sem permissão da diarista e aproveitando o fato da medicação ter sido prescrita de forma diferente da que os médicos brasileiros usam normalmente, a médica copiou a receita e postou na Internet como se fosse um erro de seu colega cubano.


“Acho que foi falta de ética dela”, criticou a diarista explicando que seu filho teve um excelente atendimento pelo médico cubano e ressaltou que em muitas consultas com médicos brasileiros eles sequer olham para o paciente. Gilmara afirmou que a prescrição foi explicada a ela com todos os detalhes e em nenhum momento ela deu ao filho as 40 gotas de uma só vez.


A atitude da médica ao postar a receita na Internet, criticada pela própria diarista, provocou o afastamento do médico cubano. Ela teve ainda ajuda de um vereador de Feira de Santana que, num ímpeto nacionalista, denunciou, sem razão, o médico cubano. Após os esclarecimentos sobre a forma de prescrição, o médico voltará ao trabalho na próxima segunda-feira (25/11). O caso, no entanto, representa um novo constrangimento aos profissionais cubanos.
___________________
Nota: a tentativa de boicotar o programa MAIS MÉDICOS do governo federal é grosseira e conta com a ajuda de algumas redes de TV's que o próprio PT sustenta. Será assim o tempo todo, medíocres médicos brasileiros, os bons não temem a concorrência de estrangeiros, tentarão todos os dias impor uma vergonhosa reserva de mercado. 

PARAUAPEBAS: MAIS UM LÍDER COMUNITÁRIO AMEAÇADO DE MORTE

VEREADOR BRAS É ACUSADO DE AMEAÇAR LÍDER COMUNITÁRIO.

VEREADOR NÃO ACEITA CRÍTICAS E DENÚNCIAS CONTRA A CONTURBADA GESTÃO DE SUA INCOMPETENTE ESPOSA NA SECRETARIA DE HABITAÇÃO. 

OPOSIÇÃO AO GOVERNO VALMIR DA INTEGRAL VIVE SOB AMEAÇAS DE MORTE EM PARAUAPEBAS: POLÍCIA CIVIL E MINISTÉRIO PÚBLICO AINDA NÃO ESCLARECERAM ASSASSINATO DO LÍDER COMUNITÁRIO.

Vereador Bras

O líder comunitário e blogueiro, Jonas Conrado, na noite desta quinta-feira (21), registrou na Delegacia de Polícia Civil de Parauapebas, um Boletim de Ocorrência Policial, onde denuncia ameaça sofrida da parte do vereador municipal de Parauapebas, Bras. 

A ameaça foi testemunhada por conselheiros fiscais da Habitação, pois o fato ocorreu na reunião do Conselho Municipal de Habitação, na tarde desta quinta-feira (21), da qual o vereador é membro e em dado momento da reunião pronunciou: “Jonas para de publicar meu nome no seu Blog, porque se você não parar, você vai se arrepender disso”, retrucou Bras, apontando o dedo para o meu peito, no qual eu lhe respondi, que apenas compartilhava matérias de outro blog e ele reforçou: “pois é melhor você tirar seu blog do ar, pois na próxima você vai ver”, finalizou o vereador.


________________________________________________________

Não custa lembrar que há pouco mais de 15 dia o líder comunitário GRANDE foi assassinado e, vergonhosamente, ainda não se tem qualquer notícia sobre as investigações.

O líder foi assassinado na noite de 05 de novembro último, sendo que tinha programado uma grande manifestação na frente da prefeitura e prometido parar o atual governo municipal, gestão VALMIR DA INTEGRAL.

Veja matérias sobre o assassinato do líder comunitário em Parauapebas:

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Caso Genoino sugere exageros do Judiciário

Por Rudá Ricci

O laudo emitido pelo IML (solicitado pelo juiz da Vara de Execução Penal do Distrito Federal) cria mais um constrangimento ao STF. O laudo reafirma em sua totalidade o alerta feito pela família e advogado de Genoino: o ex-deputado necessita de cuidados especiais por ser portador de doença grave. A pressão sobre o STF só cresce após o ato midiático de executar a sentença em pleno feriado nacional e transferir os condenados - sem qualquer necessidade aparente - para o DF.

O caso não parece ter fim.

Na outra ponta, dezenas de juristas e intelectuais assinam manifesto de repúdio ao ato do ministro Joaquim Barbosa, sugerindo que o STF precisa reagir para não se tornar refém do seu presidente. Assinam, entre outros, Celso Bandeira de Mello, Dalmo Dallari e Wanderley Guilherme dos Santos.
_____________________________________
Laudo do IML afirma que Genoino é 'paciente com doença grave'

MATHEUS LEITÃO
DE BRASÍLIA

O laudo do IML (Instituto Médico Legal) sobre a saúde do ex-presidente do PT José Genoino conclui que ele é "paciente com doença grave, crônica e agudizada, que necessita de cuidados específicos, medicamentosos e gerais".

O documento de três páginas, ao qual a Folha teve acesso, afirma ainda que é necessário controle periódico por exame de sangue, "dieta hipossódica" (regime alimentar em que se reduz o consumo de sal) e adequada aos medicamentos utilizados por ele. Segundo o laudo, Genoino precisa ainda de avaliação médica cardiológica especializada regularmente.

A defesa de Genoino tenta fazer com o que o petista possa, em função da saúde, cumprir em regime domiciliar sua pena de quatro anos e oito meses pelo crime de corrupção.

PARAUAPEBAS: MILTON ZIMMER DISPUTA PRESIDÊNCIA DO PT



A presença de um morador de Parauapebas na disputa da presidência estadual de um dos maiores partidos políticos, o PT, é um marco para a cidade. Podendo colocar Parauapebas num patamar mais elevado na política regional.

SAAEP: ÁGUA ZERO, TRANSPARÊNCIA ZERO!

SAAEP: DESPERDÍCIO ZERO, PROPAGANDA, INCOMPETÊNCIA E CONSULTORIAS SEM LICITAÇÃO!

Você acredita que esses dois indivíduos bebem
água da SAAEP? Você cidadão, caso tenha água 
encanada na sua casa, você teria coragem 
de beber direto da torneira?

O chefe da SAAEP, Gesmar Costa, junto com o prefeito, cinicamente, iniciam uma campanha para acabar com um suposto desperdício d'água, ou seja, querem culpar a população de Parauapebas pela falta d'água crônica na cidade, em todos os bairros, como se faltasse água porque a população desperdiça. 

Esse Gesmar vive em que mundo? Como ele irá resolver o problema da falta d'água se ele não reconhece que o problema se deve a incompetência da SAAEP, incompetência que ele é o má gestor, o "ges-má". 

Será que ele quer resolver o problema culpando a população por um suposto desperdício que só existe na cabeça dele e do prefeito? 

Você compraria essa água?
O "ges-má", um rapaz rodado, ao invés de trabalhar para resolver o problema, vive de fazer propaganda do órgão e de sua "má gestão", até água envasada a SAAEP anunciou, um fracasso, pois ninguém quer essa água enlatada da SAAEP.

O titular da SAAEP, que contratou uma consultoria jurídica de Belo Horizonte, sem licitação, por quase R$ 200 mil, faz de tudo para gastar o dinheiro do povo, só não consegue resolver o problema d'água, poderia ao menos deixar de desperdiçar o dinheiro público com campanhas e propagandas sem fundamento na realidade que aflige nossa população. Campanhas que são, essas sim, um verdeiro desperdício de dinheiro e tempo.

No demais, sequer a população tem como acompanhar as despesas realizadas pela SAAEP, tudo é um grande engodo, a verdade é que ninguém sabe como eles gastam nosso dinheiro.

Na SAAEP o que se tem é transparência ZERO e o que não se tem é água, a verdadeira campanha da SAAEP é "água zero"!

É afrontosa essa campanha destrambelhada, de pernas tortas, que enchem as esquinas de Parauapebas de "mocinhas" com panfletos nas mãos, tratando de um suposto "desperdício ZERO",  mostrando que o Sr. Gesmar Costa tenta criar uma ilha da fantasia, com a ajuda de um blogueiro de aluguel, querendo inculcar na cabeça do povo de Parauapebas que ele desperdiça água.

O Gesmar Costa não entendeu nada, será que o perna torta da SAAEP tem um parafuso a menos? Vamos repetir: TÁ É FALTANDO ÁGUA! NÃO TEM ÁGUA NA TORNEIRA! ENTENDEU!?

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

BRUNO SOARES APONTA FALHAS NA ELABORAÇÃO DO PPA

"A participação do Poder Legislativo durante a fase de elaboração do projeto cria uma relação institucional entre os Poderes e garante uma tramitação célere durante a fase de aprovação, algo que infelizmente não ocorreu", relatou Bruno Soares.

Foto
BRUNO SOARES CONVIDA POPULAÇÃO PARA AUDIÊNCIA DO PPA 2014/2017

Vereadores se reúnem e debatem sobre o Plano Plurianual de Parauapebas 2014/2017

Como membro da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara Municipal de Parauapebas, o vereador Bruno Soares (PP), se reuniu com os demais parlamentares semana passada na Sala da Presidência do Poder Legislativo, e na oportunidade, como relator do projeto do PPA - Planejamento Plurianual, deliberou com os colegas vereadores a respeito do projeto que tramita na Câmara Municipal.

Com o apoio técnico jurídico da Procuradoria da Câmara, os parlamentares receberam orientações importantes sobre esse instrumento de gestão, que tem alicerce na Constituição Federal, na Lei de Responsabilidade Fiscal e na Lei Orgânica do Município.

Encaminhamentos da reunião:


* Realização de Audiência Pública no dia 20 de novembro de 2013 a partir das 8h30min, no Plenário da Câmara, em conformidade com o Art. 107 da Lei Orgânica;


** Definição da metodologia e desenvolvimento da audiência;


*** Apresentação do modelo de emenda e planilha de descrição dos programas e ações nos moldes do projeto de lei de autoria do executivo;


**** Analise preliminar do projeto onde os vereadores identificaram algumas deficiências como: inexistência de diagnóstico social, ambiental, urbanístico e estrutural do município como norteador para aplicação dos investimentos e desenvolvimento das ações;


***** A exclusão do Poder Legislativo durante a fase de elaboração do projeto, assim como dos conselhos municipais e da sociedade civil organizada foi umas das falhas identificadas. OBS: Essa consideração foi feita por Bruno Soares e outros vereadores de oposição. 

Fonte: www.pebinhadeacucar.com.br

PARAUAPEBAS: JUÍZA PROÍBE NOVOS PAGAMENTOS AO PAZINATO

DECISÃO INÉDITA DA JUSTIÇA PROIBIU VALMIR DA INTEGRAL, PREFEITO DE PARAUAPEBAS, DE REALIZAR NOVO PAGAMENTO AO ADVOGADO JADER ALBERTO PAZINATO.

COFRES PÚBLICOS DE PARAUAPEBAS ECONOMIZARÃO CERCA DE 120 MILHÕES DE REAIS.

DECISÃO É UM MARCO NA LUTA CONTRA A CORRUPÇÃO NO MUNICÍPIO, LEIA ABAIXO:


DECISÃO DA JUÍZA ADELINA LUIZA MOREIRA SILVA E SILVA
 PROÍBE NOVO PAGAMENTO AO ADVOGADO PAZINATO

O MUNICÍPIO DE PARAUAPEBAS ESTAVA PRESTES A DESEMBOLSAR CERCA DE 120 MILHÕES PARA O ADVOGADO, SOMADOS AOS MAIS DE R$ 40 MILHÕES JÁ PAGOS, VALORES TOTALIZARIAM ALGO EM TORNO DE R$ 160 MILHÕES. LIMINAR SUSPENDE ESSE IMINENTE PAGAMENTO. 



Diante da suplementação de R$ 600 milhões aprovada pelos vereadores de Parauapebas e da iminência de novos pagamentos ao advogado Pazinato, os advogados, Dr. JAKSON SOUZA e DR. HELDER IGOR, reiteraram o pedido de suspensão liminar da contratação do "consultor jurídico" Pazinato, a juíza acatou o pedido, em parte, determinado que o município de Parauapebas, por seu atual prefeito, fica proibido de realizar qualquer pagamento para o advogado do Balneário Camboriú-SC.

Entenda o caso


Em carta do ex-presidente da empresa mineradora VALE S/A, Roger Agnelli, datada de 14 de março de 2011, publicada na edição da revista Época de 07 de maio de 2011, e endereçada à Presidenta da República DILMA ROUSSEFF, o executivo da VALE denuncia um contrato de consultoria e assessoria jurídica entre o Município de Parauapebas e Jader Alberto Pazinato Advogados Associados, cuja celebração se deu por inexigibilidade de licitação e contendo cláusulas remuneratórias, “ad exitum”, no percentual de 20%.

Quase tudo que foi pago ao Dr. Pazinato é oriundo de uma disputa judicial, que Parauapebas sequer participou, envolvendo empresas mineradoras e o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Não havia necessidade do município contratar essa consultoria, aliás, nenhum município do estado de Minas Gerais realizou esse tipo de "graciosidade" com seus recursos e todos eles receberam o que a VALE lhes devia. Esse tipo de contrato com cláusula "ad exitum" sobre receita pública auferida é proibido no Brasil inteiro, menos em Parauapebas.

Outro fato que chama a atenção é que Parauapebas tem procuradoria municipal, com quadro reconhecidamente capaz de defender o município, entre os seus procuradores tem até professor da UFPA, além de outros especialistas em direito tributário e direito municipal.


VALMIR pagou mais de R$ 40 milhões 

O atual prefeito VALMIR DA INTEGRAL, que em campanha afirmou que auditaria e cancelaria este contrato, fez o contrário, pagou somas milionárias, muito mais que seu antecessor, Darci Lermen. Valores pagos por VALMIR DA INTEGRAL são 3 vezes superiores ao seu patrimônio, total mandado pagar pelo prefeito ultrapassa os R$ 40 milhões.

Darci sumiu, anda escondido da justiça

O ex-prefeito de Parauapebas ainda não foi encontrado para receber a citação do processo que responde por essa contratação ilegal e lesiva ao povo de Parauapebas. O político do PT ainda não foi localizado para receber a citação, numa tática própria de quem deve e teme o resultado da justiça.

Os réus

O principal réu na ação é o atual prefeito de Parauapebas, Valmir da Integral, que realizou pagamento milionário, mais de R$ 40 milhões ao advogado. Além do prefeito atual, a ação tem os seguintes réus: DARCI LERMEN, ex-prefeito de Parauapebas; José Rinaldo, atual secretário de fazenda; o escritório de advocacia Jáder Alberto Pazinato e associados e o Município de Parauapebas.

Os advogados


Dr. HELDER IGOR e DR. JAKSON SOUZA
Os advogados Dr. Jakson Souza e Dr. Helder Igor, com presteza e competência, mais uma vez, conseguiram bloquear um novo pagamento ao advogado Jáder Alebrto Pazinato, pagamento da ordem de R$ 120 milhões, que poderia ser realizado a qualquer momento pelo prefeito Valmir da Integral, mas que agora foi proibido pela justiça.

VALMIR DA INTEGRAL pretendia pagar a qualquer momento mais de R$ 120 milhões.

Embora a decisão seja algo a se comemorar, a luta apenas começou, pois será muito difícil recuperar os mais de R$ 40 milhões pagos pelo prefeito Valmir da Integral, esses recursos, como de praxe, já devem ter sumidos das contas dos réus, afinal, o homem de Camboriú é uma sumidade.

MARABÁ: EX-PREFEITO É DENUNCIADO POR DESVIO DE VERBAS


O Ministério Público do Estado do Pará (MPE) ajuizou denúncia contra o ex-prefeito municipal de Marabá, Maurino Magalhães de Lima, por crime de responsabilidade, pelo desvio e má aplicação de verbas do Fundo Municipal do Meio Ambiente da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura, nos anos de 2009 e 2010, no valor estimado de R$ - 163.724,47 em valores da época.

O crime que lhe foi atribuído é o do Inciso III do artigo 1º do Decreto-lei nº. 201/67, cuja pena máxima é de três anos e pede-se a devolução atualizada da quantia gasta indevidamente, se condenado ao final do processo.

O promotor de Justiça que assina a denúncia, Júlio César Sousa Costa, titular da Promotoria da Defesa da Probidade Administrativa de Marabá, entendeu que mesmo após o término do mandato persiste o crime de responsabilidade cometido no decorrer da gestão, alterando-se apenas o local onde o processo deve correr, nesse caso, perante o juízo de primeira instância.

A ação penal foi distribuída no dia 14 deste mês e deve ser remetida para um dos juízes criminais da comarca de Marabá que deverá decidir se recebe a denúncia.

No decorrer da investigação, o ex-prefeito municipal não foi encontrado no seu endereço residencial, justamente à época posterior ao final de seu mandato na Prefeitura de Marabá.

Segundo consta nos registros do Poder Judiciário o ex-prefeito municipal responde a mais de cinquenta ações, entre cíveis e penais, por ações cometidas quando exercia o cargo de gestor do município de Marabá. Foram detectadas diversas irregularidades com as verbas do Fundo Municipal de Meio Ambiente que deveriam ser empregadas justamente na defesa, proteção e conservação do meio ambiente. O próprio Conselho Municipal de meio Ambiente de Marabá cobrou providências quando tomou conhecimento dos desvios dos recursos financeiros destinados àquele órgão.


Texto: PJ de Marabá
Revisão: Assessoria de Imprensa
____________________________
Nota: Em Parauapebas, prefeito VALMIR DA INTEGRAL ainda não foi denunciado pela fraude e desvio de verbas do transporte escolar, embora o Ministério Público do Pará já tenha conhecimento dos fatos a mais de 30 dias! Alguns políticos de oposição ao governador do Pará dizem que o estado tem dois Ministérios Públicos, um para os aliados e outro para os adversários do governador paraense. Será?