segunda-feira, 31 de dezembro de 2012


  • "Eu dou um recado para vocês brancos, para que não poluam os rios. Porque isso vai afetar o futuro não só dos índios mas dos filhos de vocês também."
    (Aritana Yawalapiti ; líder do povo Yawalapiti, do Mato Grosso)

  • "Nós índios, olhamos para esse mundo do homem branco e verificamos que essa civilização não deu certo." 
    (
    Marcos Terena ; do povo Terena, do Mato Grosso do Sul)

  • "Nós os índios, sempre cantamos e dançamos nas nossas cantorias, como forma de manter a unidade do nosso povo e a alegria da comunidade. Se a gente cantar e dançar, nós nunca vamos acabar."
    (Verônica Tembé; líder da aldeia Tekohaw, do povo Tembé)

  • "Para nós indígenas, a palavra é de grande valor. É através das histórias contadas pelos mais velhos que mantemos viva a nossa identidade e firme a memória da nossa história, o uso e o cuidado com a nossa terra sagrada. Mas, descobrimos nesses 500 anos de colonização que para os não-índios a palavra não vale nada." 
    (
    Carta do Ororubá; IV Assembléia Geral do povo Xukuru do Ororubá)


domingo, 30 de dezembro de 2012

Na eleição para a Presidência da Câmara de Vereadores pode ocorrer empate na votação!



A disputa para presidir a Câmara de Vereadores virou corrida de "cavalo doido", não há favorito, no momento tem pelo menos 4 nomes na disputa. Mas nenhum é bancado pelo futuro prefeito, nem poderia, pois a palavra do homem tá em baixa, falar com o próprio não vale um vintém, imagine tratar com "enviados". De modo que dizer que tem apoio do prefeito virou piada entre os vereadores, perde voto.

"Nunca na história", plagiando o presidente LULA, um prefeito teve tão pouca influência na eleição da presidência da Câmara de Parauapebas, nem Darci no primeiro mandato foi tão desprezado pelos vereadores.

O fato é que atual prefeito tá sem crédito, tem vereador candidato a presidente que mostra "um cheque voador" para exemplificar que nem a assinatura do homem vale o que tá anotado, esse vereador anda em alta. Ele diz que com o prefeito só recebendo adiantado.

O futuro governo não terá base política!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Parauapebas: prefeito eleito sinaliza rompimento político com partidos aliados

Pasta
Titular
Partido
Observação
Gabinete
Zé Omar
PSD ou cota pessoal do prefeito
Acordo não cumprido
Ascom
Jorge Vieira
PSD ou cota Pessoal do prefeito
Acordo não cumprido
Planejamento
Célio Costa
PSD ou cota pessoal do prefeito
Acordo não cumprido
Assistência Social
Leudicy
PSD ou cota pessoal do prefeito
Acordo não cumprido
Saúde
Dr. Rômulo
PSD ou cota pessoal do prefeito
Acordo não cumprido
Cultura
Chico Brito
PSD ou cota pessoal do prefeito
Não havia acordo
Ouvidoria
Neuracy
PSD ou cota pessoal do prefeito
Não havia acordo
Procuradoria
Dr. Mário
PSD ou cota pessoal do prefeito
Acordo cumprido
Saaep
Gesmar
PSD ou cota pessoal do prefeito
Não havia acordo
Produção Rural
Horácio
Cota pessoal do prefeito
Acordo cumprido
Esporte
Marcel Nogueira
Cota pessoal do prefeito
Não havia acordo
Meio Ambiente
Maria Dinelma
Cota pessoal do prefeito
Acordo não cumprido
Partidos Aliados
Administração
Wady
PSDB
Acordo cumprido*
Fazenda
Zé Rinaldo
PSDB
Acordo cumprido*
Educação
Ciza
PSDB
Acordo não cumprido
Obras
Dário Veloso
PTB
Acordo não cumprido
Mulher
Terezinha
PV
Acordo não cumprido
Habitação
Vicente Leite
PSDC
Acordo cumprido*
Urbanismo
Augusto
PR
Acordo não cumprido
* acordos cumpridos parcialmente

Pelo anúncio do primeiro escalão do futuro governo, já pode se denotar que o prefeito eleito tem pouco zelo com a palavra empenhada: não cumpre acordos.

O prefeito é um “carteira branca” da política e estaria sendo manipulado por auxiliares ligados ao Darci-PT e ao Euzébio-PT. De qualquer modo, confirmando o rumo anunciado, o rompimento com os aliados é apenas uma questão de tempo.

Apoio político normalmente decorre de acordos por espaços no governo. Em torno da coligação vitoriosa, na eleição municipal em Parauapebas, muitos acordos foram acertados, pelo jeito em vão, pois o prefeito eleito mostra desconhecer essa regra básica para quem pretende ter longevidade na vida pública: cumprir acordos.  

Não foi apenas o rompimento de acordos políticos que marcou o anúncio do primeiro escalão do futuro governo, o mais inusitado, denotando uma influência “petista” no modo de atuar do prefeito eleito, é o esvaziamento das pastas que serão ocupadas pelos aliados, com a indicação de adjuntos ou chefes de gabinetes sem qualquer vínculo com o secretário. Idéia de neófito na política.

O prefeito já conseguiu imprimir uma marca ao seu futuro governo: A DESCONFIANÇA. A falta de credibilidade. Na política, não se consegue dá calote, mais cedo ou mais tarde a conta chega, com juros e correção monetária.

Percebe-se um grande desequilíbrio na formação do futuro governo com uma concentração de espaços para o PSD ou cotas do próprio prefeito, em detrimento dos demais partidos, quase tudo fruto de acordos não cumpridos.
Os partidos com representantes na Câmara Municipal e os vereadores da coligação do prefeito ficaram sem espaços na composição do governo.

Outro fato que chamou a atenção foi a forma desrespeitosa que o prefeito eleito tratou o vereador Massud e a vice prefeita Ângela, pois tinha compromisso, do conhecimento de todos, mesmo assim descumpriu sem qualquer satisfação ou esclarecimento.

O prefeito eleito pode fazer o que quiser com seu capital político e com o dinheiro da Integral, afinal foram mais de 49 mil votos. A política não é uma empresa, o prefeito fez acordos sem qualquer vacilação. Mesmo assim, tem todo o direito de gastar seu capital político como bem entender.

Vereadores e líderes partidários não são empregados da Integral, muito menos “carteira branca” da Integral. Mais cedo ou mais tarde o prefeito eleito descobrirá isso, espera-se que não muito tarde.

O prefeito eleito deve ter descoberto uma nova forma de fazer política, deveria tê-la usada na campanha ou pelo menos no financiamento desta. É um "carteira branca da política".

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Câmara dos Deputados quer tornar política antidrogas mais rígida, municípios e seus prefeitos assumirão mais responsabilidades

Projeto do deputado Osmar Terra aprovado por comissão da Câmara aumenta penas para traficantes e permite a internação compulsória de usuários de drogas. O projeto prevê uma nova abordagem na prevenção com papel mais amplo para o município, onde as cidades são responsáveis pelo ensino fundamental e a prevenção deve centrada nos jovens entre 7 e 18 anos.

Para os traficantes o projeto veicula penas mais longas e regime mais rigoroso no seu cumprimento.

_______________________
Nota: o tráfico de drogas é uma chaga, responsável por grande parte da violência no país e especialmente pelas altas taxas de homicídios.

Parauapebas teve 4 candidatos ao cargo de vereador com recursos no TSE, nas eleições de 2012 (veja os processos)

Dois candidatos tiveram seus recursos julgados e as decisões do juiz eleitoral, Dr. Líbio Moura, prevaleceram. Dois candidatos ainda tem recursos pendentes.

RECURSO ESPECIAL ELEITORAL Nº 33305.2012.6.14.0075

Marilene Ferreira teve indeferido seu pedido de registro de candidatura ao cargo de vereador do Município de Parauapebas/PA, por ausência de quitação eleitoral decorrente do não pagamento de multa por ausência às urnas nas eleições de 2005. O TSE confirmou as decisões anteriores aplicando prazo prescricional de 10 anos, referente à multa devida.

_________________________________________________

RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N° 30889.2012.6.14.0075

Juliana de Souza dos Santos teve indeferido seu pedido por ausência de comprovação de filiação partidária, em virtude de duplicidade de filiação. O TSE confirmou as decisões anteriores e manteve o indeferimento do registro.

_________________________________________________

RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N°  31314.2012.614.0075 (aguarda julgamento)

Adonias de Souza Correa teve indeferido seu pedido de registro de candidatura ao cargo de vereador do Município de Parauapebas/PA, por ausência de quitação eleitoral decorrente do não pagamento de multa por ausência às urnas. O relator é o Min. Marco Aurélio, que deverá seguir o entendimento da corte e manter as decisões anteriores, ou seja, pelo indeferimento. Embora o Min. Marco Aurélio tenha entendimento diverso, mas é entendimento minoritário na corte superior eleitoral.
_________________________________________________

RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N° 32188.2012.6.14.0075 (aguarda julgamento)

Cássio André de Oliveira a situação deste candidato é a mesma do Adonias, que também, em tese, era a mesma da Marilene Ferreira, deverá ter o mesmo desfecho.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Feliz Natal 2012!


og Sol do Carajás deseja um Feliz Natal...
Muita saúde, paz, amor, luz...
Que neste dia a presença de Jesus nos faça
lembrar o que realmente é importante
nas nossas vidas!

Com graça de Deus!


 

domingo, 23 de dezembro de 2012

Parauapebas: política na esquina, notícias e boatos do dia
 
O novo prédio da Câmara foi inaugurado. Um prédio moderno que foi projetado e idealizado na gestão do vereador Adelson-PDT////  Uma cerimônia festiva, várias autoridades compareceram, como sempre o prefeito Darci marcou ausência//// Relatos fazem observar que  a figura constrangida do futuro prefeito de Parauapebas não caiu bem, parecia "persona non grata"//// Nem os atuais e nem os futuros vereadores pareciam tá de bom grado com a presença do prefeito eleito, a vice prefeita mostrou muita simpatia e educação, preferiu ficar na outra ponta da mesa//// Os convites aos dois prefeitos, o que sai e o que entra, foi apenas uma questão de cerimônia, era pra declinar////  Pelo jeito, a futura presidência da Câmara será decidida entre os vereadores eleitos pela coligação do Darci-PT//// O futuro prefeito não tem muito interesse na eleição de um aliado para a presidência do legislativo, nem no seu governo ele quer os vereadores de sua "suposta" base, vai se preocupar com eles na Câmara? Que se virem, né?//// Devanir Martins está com uma mão na presidência da Câmara 2013/2014//// PT e PP, juntos somam 7 votos, faltaria apenas 1, mas no PT o nome do Euzébio tem uma certa rejeição, no entanto o vereador não abre mão e quer mais uma presidência//// O apetite do PSD no futuro governo é de fazer inveja ao PT, simplesmente ficou com tudo, o pouco que sobrou para os aliados será controlado a mão de ferro por outro secretário//// Dos 19 nomes anunciados para o primeiro escalão do futuro governo, 12 são do PSD ou cota pessoal do prefeito, apenas 7 são dos aliados//// Como  7 é o número da mentira, serão secretários de mentirinha, de segunda categoria, terão que prestar contas a outros secretários//// Há quem acredite que essa fórmula dará resultados, outros dizem que já deu//// Dário Veloso entrou na cota do PTB, melhor assim, fosse para o PSD seria 13 indicados do partido ou cota pessoal do prefeito. PT é 13, seria coincidência demais//// Alguns analisam que essa gente toda do PSD não se sutenta, terá que ceder espaços para a "governabilidade", além de ser muita "carteira branca" no governo//// Não esqueçamos que o ano que vem é 2013. Para uns 13 dá sorte e para outros azar, façam as apostas//// Chico Brito será Secretário de Cultura, espera-se que a cultura da preguiça não vença a cultura do trabalho, pois em matéria de trabalho Chico Brito é um "carteira branca"////
Município de Portel vive manhã de protestos, professores sem pagamento
Município de Portel vive manhã de protestos (Foto: Reprodução / Internet)
Professores buscam o pagamento do salário de dezembro e do 13º salário
(Foto: Reprodução / Internet)
Integrantes do Sindicato dos trabalhadores em educação pública do Pará (Sintepp) do município de Portel, na ilha do Marajó iniciaram na manhã deste domingo (23) uma série de protestos pela cidade.

De acordo com informações do Sintepp cerca de 80 professores invadiram a sede da secretaria municipal de educação reclamando o pagamento do salário do mês de dezembro e o 13º salário de aproximadamente 1500 professores que deveria ter sido quitado no último dia 20.

Além da invasão, os profissionais da educação fazem a queima de paus e pneus na rua que dá acesso à secretaria e querem conversar com o prefeito Pedro Barbosa. A medida que o tempo passa o protesto vai ganhando maiores proporções com a adesão dos moradores da cidade.
 
Fonte: Diário do Pará

sábado, 22 de dezembro de 2012

OSCIP's PODEM TER DESVIADO MAIS DE R$ 700 MILHÕES EM DUQUE DE CAXIAS-RJ

Do Último Segundo

SUS desembolsou 1/3 de R$ 700 milhões pagos a OSCIPs 'fantasmas' em Caxias

Governo Federal repassou mais de um terço do montante entregue a quadrilha, segundo investigação. Para Ministério Público, falta fiscalização efetiva e controle dos gastos com recursos

O governo federal abasteceu com pelo menos R$ 237 milhões a máfia de OSCIPs “fantasmas” acusada pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual do Rio de desviar R$ 700 milhões da Saúde em Duque de Caxias, o iG apurou. Os recursos foram repassados pelo SUS à prefeitura da cidade da Baixada Fluminense, que os gerencia. Para o MPF, porém, cabe ao Ministério da Saúde a fiscalização da aplicação dos recursos repassados.
Levantamento do MPF e do MP do Rio apuraram que um terço do total recebido pelas OSCIPs Associação Marca e IGEPP vieram de repasses federais para a Saúde do município, administrado pelo prefeito José Camilo Zito, réu na ação conjunta de improbidade administrativa, junto com o ex-secretário de Saúde, Danilo Gomes, e o procurador-geral do município, Francisco Rangel.
_______________
Nota: em Parauapebas a OSCIP BEM VIVER fez uma festa e foi-se embora, deixando dívidas para o município. Mas o prefeirt eleito disse que vai fazer uma auditoria nas contas do Darci. Vamos esperar e esperando torceremos para que o auditor não seja nem traficante de drogas e nem pessoa indicada pelo Darci-PT.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

GOVERNO DO ESTADO INVESTE NAS RODOVIAS DO PARÁ, SÃO R$ 354 MILHÕES PARA OBRAS NA PA 150

A meta da Setran é entregar a rodovia PA-150 completamente restaurada até o final de 2014, como prevê o cronograma das obras.

 As obras estão bastante avançadas no subtrecho entre a vila Bom Jesus e a cidade de Goianésia, onde 50, dos 90 quilômetros da via, já receberam novo pavimento.
 
DivulgaçãoDivulgaçãoA rodovia PA-150, a mais importante estrada estadual, está sendo revitalizada pelo Governo do Estado. Atualmente, as obras estão sendo feitas no trecho que liga o município de Moju à Vila Bom Jesus, próximo à cidade de Goianésia. A terceira fase da obra, que compreende o perímetro entre Goianésia e Morada Nova, em Marabá, já está em processo de licitação.

A meta da Secretaria de Estado de Transportes (Setran) é entregar a rodovia PA-150 completamente restaurada até o final de 2014, como prevê o cronograma das obras, cujo orçamento soma R$ 354 milhões. O projeto foi dividido em três fases, que incluem desde a recuperação do pavimento até sinalização horizontal e vertical. Os trabalhos estão bastante avançados no subtrecho de 90 quilômetros entre a vila Bom Jesus e a cidade de Goianésia, onde 50 quilômetros da rodovia já receberam novo pavimento e aguardam apenas pela sinalização.

As obras no trecho que liga Moju à vila Bom Jesus iniciaram no final de outubro e, desde então, oito quilômetros da via já receberam novo pavimento. Este perímetro era um dos que apresentava maior deterioração e vai requerer um trabalho mais demorado para recuperar a base e receber a cobertura em CBUQ. Somente nestes dois primeiros trechos da PA-150 serão investidos R$ 104 milhões.

O eixo da rodovia PA-150 atende onze municípios e é responsável pelo escoamento de boa parte da produção de grãos, pecuária, agroindústria, mineral e biodiesel além de contribuir com o fortalecimento do turismo. Desde a sua inauguração, na década de 70, a estrada nunca teve acostamento e só passou por obras de recapeamento nos anos de 1998 e 1999, além de serviços emergenciais, em 2007. Depois de quase trinta anos, esta é a primeira vez que a PA recebe uma obra de recuperação completa.
 
Prefeito eleito que faltou às eleições de 2006 e não quitou multa  de R$ 3,51 perde mandato
 
O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) reformou nesta terça-feira (18) decisão do juiz de primeiro grau e indeferiu o registro da candidatura de Horário César Fernandez (PV), prefeito eleito, em outubro, pelo município de Álvares Machado com 8.098 votos (61% dos votos válidos).
 
Segundo o julgamento, Fernandez não quitou a multa eleitoral por ausência às urnas nas eleições de 2006. Estar quite com a Justiça Eleitoral é um dos requisitos exigidos para o pedido de registro de candidatura.
 
O valor da multa era de apenas R$ 3,51 (três reais e cinquenta e um centavos), referente à ausência nas eleições de 2006 e não ter comparecido para justificar a falta.
 
A Lei das Eleições (Lei n° 9.504/1997) prevê que a certidão de quitação eleitoral abrange, entre outros itens, a inexistência de multas aplicadas, em caráter definitivo, pela Justiça Eleitoral.
 
Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no entanto, o próprio TSE já julgou, em 2012, vários casos iguais e indeferiu todos.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

PREFEITO ELEITO DE VIANA-ES, SUPEITO DE ENVOLVIMENTO COM TRÁFICO DE DROGAS, CONSEGUE MANDADO DE SEGURANÇA PARA DIPLOMAÇÃO

Prefeito eleito de Viana, Gilson Daniel, teve diplomação suspensa (Foto: Ricardo Medeiros / Jornal A Gazeta)
Gilson Daniel, apenas R$ 3 mil do
tráfico de drogas suspendeu diploma

O prefeito eleito para o município de Viana-ES, Gilson Daniel Batista, obteve no Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) a concessão de liminar para suspender os efeitos de decisão da juíza da 47ª Zona Eleitoral e garantir a sua diplomação.

O prefeito e seu vice-prefeito serão diplomados para o exercício do cargo, sem prejuízo do andamento regular da Ação de Investigação Judicial Eleitoral promovida pelo Ministério Público.
Parauapebas: política na esquina, notícias e boatos do dia

No anúncio do secretariado do prefeito eleito muitas surpresas, a mais evidente de todas foi a ausênsia do vereador MASSUD, uma injustiça que beira a canhalice//// Pode ser que o resultado das eleições tenha embriagado o sexagenário prefeito eleito, mas ele não tenha dúvida que sem o PTB e Massud na sua campanha, Coutinho seria prefeito de Parauapebas//// Darci tentou de todo forma e a todo preço construir uma terceira via, quis ADELSON e MASSUD juntos, tentou a todo preço, como sabemos, Massud resistiu e apoiou o sr. Valmir da Integral, recebendo em troca a mais pura traição/////  Os aliados do prefeito eleito questionam a natureza do esquecimento que acometeu o sexagenário político nas suas indicações para o primeiro escalão, não sabem se é fruto de surto amnésico ou fraqueza de caráter, puramente//// Os acordos políticos conversados, alguns olho no olho, foram todos rompidos, na totalidade ou parcialmente, todos////  Alguns aliados identificam que tem dedo do DARCI nos aconselhamentos seguidos pelo prefeito eleito, só pode, outros não tem a mínima dúvida disso//// Na Câmara Pavão e Euzébio fecharam acordo, Wanterlor continuará sendo Diretor Administrativo na presidência do Pavão//// Talvez o acordo do Euzébio não tenha sido combinado com os demais vereadores do PT, nem o do Pavão como os demais que estão lhe apoiando//// A pergunta mais frequente nos bastidores da política de Parauapebas é se o tráfico de drogas terá representante no futuro governo, enquanto aliados ficam de fora, será?////  Outra pergunta é se o viagra teria como efeito colateral a amnésia, fazendo uma cabeça funcionar e parando a outra////  Os esquecimentos do Darci era falta de caráter mesmo, descompromisso, pois o rapaz bebia vinho e nem era muito ligado nas coisas do viagra, dizem////