sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Parauapebas: Ministério Público do Pará - farra com diárias pagas com dinheiro público


A distância de Parauapebas ao vizinho município de Curionópolis é cerca de 35 Km, percurso que não consome mais de 20 minutos, ainda mais agora que a estrada já se encontra com pavimento recuperado e com boas condições de trafegabilidade.  

Transitar de Parauapebas para Curionópolis é mais rápido que deslocar-se de Belém para Icoaraci, ou do centro de Belém para Val de Cães. Ir de Parauapebas a Curionópolis é mais perto, mais rápido e mais seguro que ir de Parauapebas para a mina do N4/N5 da Vale, sendo que esta e suas empreiteiras não querem pagar nem as horas in itinere aos seus operários, mas o contribuinte tem que pagar gordas diárias aos "promotores de justiça".

Pois é, ir de Parauapebas para Curionópolis, caso você seja sua excelência, membro do Ministério Público, pode lhe render  gordas diárias. Pouco mais de 20 minutos e pronto, contra cheque encorpado. 

Um absurdo, pode e deve ser até legal, mas é uma farra com o dinheiro público.

Muito provavelmente, caso o membro do Ministério Público seja residente e domiciliado em Parauapebas ele retorne para sua moradia no seu repouso noturno, especula-se.

Leitores anônimos informa ao Sol do Carajás que as residências ocupadas pelos membros do Ministério Público em Parauapebas seriam custeadas pelos cofres do município, algo inaceitável e bastante questionável, além de incompatível com as responsabilidades e atribuições que deveriam ser desempenhadas  por um membro do MPPA.

Em Parauapebas o MPPA é um órgão inerte, paralisado, quando o assunto é combate a corrupção e a improbidade administrativa.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Parauapebas: Chico Brito diz que foi convidado para Chefia de Gabinete do futuro governo

Chico Brito: chefe de gabinte
do governo do PSD
Chico Brito foi convidado para chefiar o gabinete do futuro governo.

Chico Brito foi candidato a vereador em 2012 pelo PSD, obtendo uma grande votação, mais de 600 votos.

O Chico Brito é morador pioneiro em Parauapebas, foi o primeiro administrador do município, tendo sido vereador eleito para a primeira legislatura da Câmara.

Moradores e políticos contemporâneos do mineiro Chico Brito, relatam que ele se opôs a emancipação de Parauapebas do município de Marabá, pois tinha ótima relações com a elite marabaense e não vislumbrava qualquer capacidade dos parauapebenses, na maioria paraenses e maranhenses, de formarem uma cidade próspera.

Chico Brito teria sido nomeado o primeiro administrador da emancipada Parauapebas em retribuição a sua fidelidade canina aos políticos de Marabá e a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), que na época também era contrária ao pleito de Parauapebas livre. 

Como Chico teria tentado de todo jeito evitar que Parauapebas se emancipasse de Marabá, isso lhe rendeu um certo reconhecimento dos políticos de Marabá e da Vale, daí ter sido escolhido administrador temporário até que a população elegesse seu primeiro prefeito.

Chico Brito faz parte da transição é quem de fato orienta o prefeito eleito a escolher seu secretariado, função que o ajudará a ocupar a chefia de gabinete e a ser o principal articulador político do PSD em Parauapebas.

Kassab que se cuide! 
Parauapebas: Darci manda Saaep suspender cobrança e fornecimento de água em caminhão pipa
 
Na casa do prefeito não falta água e ele com certeza não paga R$ 97,10 ao carro pipa
 
Inacerditável que Parauapebas depois de 8 anos do governo petista, chefiado por Darci Lermen, ainda tenha vários bairros sem água encanada, onde moradores que vivem com renda mínima, que são beneficiários dos programas sociais do governo federal,  tenham que desembolsar R$ 97,10 por um caminhão pipa com 10 mil litros d'água, ou seja, o governo federal do PT dá com uma mão e o governo municipal do PT toma com a outra.
 
Mas o prefeito resolveu acabar com o problema dos moradores e suspendeu a cobrança dos R$ 97,10. O problema é que ele, o prefeito, também mandou suspender o fornecimento d'água. Crianças e famílias pobres que se virem e que comprem água de outro modo, como se não fosse obrigação da prefeitura fornecer.
 
O problema central, como confessou o SERGEL, aos berro d'água, é que os proprietários dos carros pipas não tem mais nenhuma garantia de recebimento dos serviços prestados, já que o candidato do prefeito DARCI-PT perdeu a eleição.
 
A situação é grave, mas esperar o quê de um governo corrupto que foi premiado pela inércia do Ministério Público, governo que a esta altura deve está cuidando apenas de apagar vestígios de seus 8 anos de desmandos.
 
Ainda ganham Selo da Unicef, deve ser para zombar do povo de Parauapebas, mas considerando que o presidente dos Estados Unidos ganhou o "nobel da paz", até que o "Selo da Unicef" não deve ter sido muito difícil para o Darci, só lembrar que BEL foi prefeita criança da Abrinq, ou seja, o dinheiro do povo de Parauapebas serve pra muita coisa, mas água nas torneiras que é bom, só Deus sabe! 
 
 
Prefeito que não fez investimento mínimo em educação tem o registro negado

Ministra Nancy Andrighi, relatora
Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mantiveram, na noite desta terça-feira (27), o indeferimento do registro de candidatura de José Luiz Rodrigues ao cargo de prefeito do município de Aparecida, em São Paulo. Ele teve o pedido de registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) por ter suas contas reprovadas no exercício de 2008, quando estava no cargo de prefeito da cidade.

As contas foram reprovadas pela Câmara de Vereadores de Aparecida por insuficiência de aplicação de recursos em educação, conforme determina a Constituição Federal. O artigo 212 determina que os municípios devem aplicar anualmente, no mínimo, 25% da receita resultante de impostos na manutenção e desenvolvimento do ensino.

O tribunal regional negou o registro de José Luiz Rodrigues sob o fundamento de que o candidato deixou de aplicar na área de educação percentual superior a 10% do exigido pela Constituição, configurando ato doloso de improbidade administrativa. A Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar n° 64/1990), modificada pela Lei da Ficha Limpa (LC n° 135/2010), considera inelegível os candidatos que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável, configurando ato doloso de improbidade administrativa. Neste caso, a inelegibilidade é de oito anos.

A defesa de José Luiz Rodrigues sustentou que, na época em que foi prefeito de Aparecida, o candidato teria gasto na rubrica específica 22,85%, ao invés dos 25% determinados pela Constituição Federal.

A relatora, ministra Nancy Andrighi, fundamentou o voto no sentido de que, no caso, ficou caracterizada a inelegibilidade prevista na legislação, pressupondo que as contas do cargo em função pública foram rejeitadas por decisão irrecorrível do órgão competente em razão de irregularidade insanável, configurando ato doloso de improbidade administrativa. Sustentou que o argumento de que teriam sido aplicados 22,85% em educação não inviabiliza o texto legal.

Ao divergir, o ministro Marco Aurélio disse que, no caso, considerado o percentual de 25% exigido pela Constituição, se aplicou na educação 22,85%. “Será que podemos enquadrar nessa deficiência a prática de um ato doloso, de improbidade, para fins de assentar a inelegibilidade por oito anos do chefe do Poder Executivo?”, questionou. No seu entendimento, não. “A Justiça Eleitoral deve estar atenta a outras transgressões, não ao fato de não se ter alcançado em certo gasto preconizado pela Constituição Federal”. 

O ministro Dias Toffoli, no entanto, rebateu a divergência de Marco Aurélio. Afirmou que “as políticas afirmativas são colocadas em texto legal exatamente porque a realidade teima em não implementá-las”. Sustentou que a realidade demonstra que, em ano de eleição, os prefeitos deixam de aplicar as verbas vinculadas para aplicar em outros investimentos e fazer inaugurações, trazer uma imagem mais positiva àquela gestão. “Daí a política afirmativa ser estabelecida por lei constitucional”, afirmou.

Também a ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, presidente da Corte, afirmou que o caso é de análise de norma constitucional, nada importando o percentual faltante para se chegar aos 25%. Afirmou que, como advogada, já escutou pessoas dizerem que não aplicavam tanto em educação em ano não eleitoral porque o fato não aparecia e, portanto, naquele ano, não dava voto.

Fonte: TSE

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Servidores da SAAEP estão confiscando os comprovantes de pagamento de "caminhão pipa"
 
 
Servidores da Saaep estão se dirigindo às residências que fizeram pagamento por fornecimento d'água em "caminhão pipa" e confiscando os comprovantes, ou seja, como se quisessem  eliminar provas de algo errado.
 
Os moradores estarão registarndo ocorrência policial para que os fatos sejam apurados.
 
Infelizmente para a SAAEP e alguns servidores os comprovantes foram xerocopiados e os pagamentos foram realizados no Banco do Brasil.
 
Cuidado devem ter, podem se complicarem mais ainda!

Parauapebas: Cláudio Almeida na Secretaria de Urbanismo - Semurb

Claudio Almeida é o nome que deverá ser anunciado para ocupar a Secretaria de Urbanismo.
 
A indicação do Cláudio Almeida é na cota do PR.
 
Cláudio também esteve ao lado do prefeito eleito durante a campanha, sendo presença marcante nos comícios e caminhadas. Já foi deputado estadual, secretário municipal em Marabá e tem larga experiência na política.
 
Cláudio também foi candidato a prefeito de Parauapebas por duas vezes, sendo que na primeira vez obteve uma votação expressiva.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

PTB indica Massud para a Secretaria de Obras

Massud na
Semob
Noticia o Blog do Marcel que o PTB se reuniu e, por maioria absoluta, indicou o vereador Antônio Massud para o cargo de secretário de Obras no futuro governo municipal.

Massud foi um dos principais responsáveis pela campanha vitoriosa do prefeito eleito, nada mais justo que o vereador tenha o reconhecimento merecido, ainda mais quando esse reconhecimento significa apenas cumprir com a palavra empenhada.

Segundo IBGE, Brasil aumenta área territorial em 890,45 Km²

Segundo IBGE, a extensão total do país é de 8.515.767,049 km²

A incorporação de arquipélagos somada a atualizações cartográficas e a evolução tecnológica fizeram o Brasil aumentar sua superfície terrestre em 890,45 km² nos últimos dez anos, chegando ao total de 8.515.767,049 km², segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
O tamanho representa um incremento de 0,01% sobre o valor da última medição, mas já é maior que a área de muitos países, como o Bahrein, no Oriente Médio, e Cingapura, no sudeste asiático.
Na Carta do Império, país tinha menos 178 mil km²

A primeira estimativa oficial para a extensão superficial do território brasileiro é de 1889, com valor de 8.337.218 km², obtida por meio de medições e cálculos feitos sobre as folhas básicas da Carta do Império do Brasil, publicada em 1883. No documento, porém, o País possuía menos 178 mil km².

A partir de 1938, essa responsabilidade passou a ser do IBGE, e no início da década de 50, as áreas do Brasil, Estados e dos municípios passaram a ser revisadas em base decenal e adoção de processos mais rigorosos.
 

Relações entre Ministério Público e Prefeitura de Parauapebas

O Blog recebe inúmeros comentários anônimos que denunciam que o Município de Parauapebas seria o responsável pelo pagamento de aluguel de imóveis ocupados por membros do Ministério Público em nossa cidade.
 
Evidente que o fato não pode e nem deve ser verídico, principalmente quando nos deparamos com uma inércia escandalosa do órgão ministerial em nosso município.
 
Considerando que "casos e causos" ocorrem em Parauapebas e nenhuma providência se conheça por parte do Ministério Público, constatar que o órgão esteja instalado em imóveis custeados pelos cofres públicos municipais e que as residências ocupadas pelos seus membros teriam os aluguéis pagos também pelos cofres municipais seria algo muito grave.
 
Parauapebas tem casos como a contratação do advogado Pazinato, aquisição de terrenos para lixões, contratação de temporários, obra inacabada de um "suposto hospital",  estoque de remédios vencidos e não fornecidos à população doente, são inúmeras situações graves que a inércia do Ministério Público não pode conviver com nenhuma relação entre MPPA e PMP, sem que esta seja encarada com muita desconfiança.
 
A remuneração de um membro do Ministério Público é mais que o suficiente para o custeio de sua própria moradia, qualquer despesa da prefeitura nesse sentido seria ilegal e danosa ao erário, mesmo que abrigada em algum convênio.
Marabá: servidores sem salário ameaçam greve na saúde

Mais uma greve na saúde em Marabá
O atraso no pagamento dos salários, mês de outubro só foi pago na última sexta-feira (23), é o principal motivo da insatisfação. 

A falta de condições de trabalho em algumas unidades de saúde também reforça a necessidade de paralisação, diz Demerval Bento, presidente do Sintesp (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública). Já na sexta-feira todos as unidades básicas de saúde – segundo Demerval, já tinham paralisado o atendimento. Os dois hospitais municipais (HMM e HMI) estão funcionando apenas no atendimento de urgência e emergência.

A greve geral do setor deve ser decidida hoje (terça), durante audiência na Câmara Municipal de Marabá, que contará com a presença de vereadores e representantes do Ministério Público Estadual. 
TSE confirma vitória do PSDB na prefeitura de Marituba, mantendo impugnação de ficha suja

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou ontem andamento ao recurso de Mário Filho (PSD) contra a impugnação de seu registro de candidatura à prefeitura de Marituba. A ministra Nancy Andrig recusou a ação de Mário Filho para que o recurso seguisse para julgamento em plenário. A publicação do despacho da ministra será feita hoje, segundo informa o TSE.

Fonte: Diário do Pará

Ministério Público instaura processo para investigar contratações precárias em Parauapebas


DARCI usou e abusou das contratações precárias, quase todas, senão todas, com objetivos eleitorais. Em pleno período eleitoral estimava-se mais de 5.000 contratos precários. 

Após 8 anos o Ministério Público do Pará resolve fazer alguma coisa, para isso instaura o processo acima. Esclarece-se que não foi iniciativa do Ministério Público e sim dos concursados prejudicados. Parece que se dependesse exclusivamente do órgão nada seria feito. 

O Ministério Público do Pará em Parauapebas tem caracterizado  sua atuação no município por uma inércia escandalosa quando o assunto é investigar improbidade administrativa e outros desvios dos agentes públicos locais ao contrário do que se observa em outras cidades do Pará onde o órgão tem sido bem atuante.

Ainda não se sabe qual o desfecho que o Ministério Público aplicou ao caso do advogado PAZINATO. 



Governador anuncia pacote de investimentos para o Marajó e destaca importância do diálogo com municípios
Jatene reunido com prefeitos 
do Marajó
Os 16 prefeitos eleitos e reeleitos do Arquipélago do Marajó voltam para seus municípios com novas perspectivas nesta sexta-feira (23), após a reunião em que o governador Simão Jatene anunciou uma série de investimentos e obras que levarão mais desenvolvimento à região. A partir de 2013, os municípios marajoaras receberão novos aeródromos, uma escola de educação tecnológica, espaços de assistência à saúde e sete Unidades Integradas Pro Paz (UIPP), que unem ações de segurança e valorização dos jovens em situação de vulnerabilidade social.

O encontro entre o governador e os prefeitos, que ocorreu durante todo o dia no Palácio dos Despachos, faz parte do pacto “Trabalhando juntos pelo desenvolvimento do Pará”, que prevê o diálogo com todos os prefeitos eleitos das 12 regiões de integração do Estado, antes do início do mandato. Durante a reunião, Jatene mostrou o compromisso do Estado em ampliar os investimentos, para dotar o Marajó de infraestrutura e melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios.

Fonte: Agência Pará

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

ENEM revela que escola de Teresina-PI é de excelência. Alunos do Instituto Dom Barreto são selecionados pelas melhores universidades dos Estados Unidos
Estudantes já foram selecionados para universidades americanas de elite
Éfrem Ribeiro
TERESINA - Com mil alunos no ensino médio, de um total de 3.200 somando-se os dos ensinos fundamental e infantil, o Instituto Dom Barreto, em Teresina (Piauí), segundo o resultado do Enem, é o sexto melhor do país. A carga horária é de oito horas/aula diárias, mas está aumentando para 12 horas para alunos que querem cursar o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) e o IME (Instituto Militar de Engenharia) ou universidades americanas como Columbia e Yale.
Quinze alunos foram selecionados para universidades de elite americanas; 15 foram aprovados, em 2011, para cursar engenharias de ponta na Universidade de São Carlos; e alunos que preferem Direito e áreas Humanas e mecatrônica têm se matriculado na UnB. Além disso, muitos ex-alunos estão estudando em Holanda, França e Alemanha.

Parauapebas/Darci/SAAEP: cobrança "extorsiva" - R$ 100 - cem reais morador sem água na torneira tem que pagar a caminhão pipa da SAAEP

Darci cobra R$ 97,10 por uma entrega de carro pipa a moradores de bairros pobres de Parauapebas. Antes a prefeitura entregava 10 mil litros d'água por semana, agora, com a derrota do candidato do prefeito do PT, nem esse carro está mais sendo entregue e quem quiser que pague quase R$ 100 reais por semana para ter direito a água.

Darci já está de saída, mas faz lambança a cada dia que passa, essa cobrança é uma estupidez sem precedentes.

Nem no deserto a falta d'água ganha contornos tão dramáticos.
Parauapebas: administração do Darci estaria cobrando R$ 100,00 (cem reais), por cada viagem do caminhão pipa, para abastecer com água os moradores do bairro Jardim América

Mesmo no fim de governo, Darci surpreende moradores com taxa de cobrança
Mais uma do Darci. Pasmem, moradores do bairro Jardim América tem que pagar R$ 100,00 para ter direito ao abastecimento d'água em suas casas. 

Mas o inacreditável é o motivo alegado pela prefeitura e SAAEP, denunciam os moradores do bairro, que quando foram reclamar com um "tal" de SERGEL, na SAAEP, o rapaz se mostrou "brabo" demais, que nem veado em terra que não tem onça, gritando aos berros d'água para quem quiser ouvir: "quem mandou não votar no candidato do Darci, ele perdeu por que vocês não votaram nele, pois quem quiser água vai ter que pagar e é lá no banco"!

A água é bem público essencial para a vida, é legítima a cobrança devidamente regulamentada, mas o agente público que exigir algo indevido, sem previsão na lei, pode incorrer em crime grave, código penal:

Concussão

Art. 316 - Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida:

Pena - reclusão, de dois a oito anos, e multa.

O Blog não acredita no relato, mas pediu a gravação que o popular diz existir do seu SERGEL, caso exista e nos envie será encaminhada ao Ministério Público, à Polícia Civil e ao Juiz Criminal, além de cópia dos pagamentos realizados, pois muitas famílias ou pagavam ou ficavam sem água, segundo os moradores.
Marabá e Parauapebas: diferenças que vão além da cidade

João Salame: prefeito eleito de
Marabá

João Salame mostra que é um político antenado no município que irá administrar, além de profundamente conhecedor da região dos Carajás.

O prefeito do PPS conseguiu uma ampla aliança (PPS, PT, PMDB, PDT),  contraditória e fonte potencial de conflitos,  exigindo uma grande capacidade de articulação para manter a unidade e o entrosamento ao longo do seu futuro governo.

No campo político a receita João Salame conhece muito bem, enriquecida pela sua experiência de deputado na Assembléia Estadual.  Os primeiros passos do prefeito eleito de Marabá indicam que irá cumprir todos os acordos feitos, um "bê-a-bá" obrigatório, que apenas um neófito na política ou um maluco pode desconhecer. 

João Salame optou por realizar um Seminário de Planejamento Estratégico para o início de sua gestão ao invés de reduzir a transição administrativa ao trabalho de uma equipe técnica, cuja importância é evidente, mas limitada.  João envolveu a sociedade civil marabaense na discussão de seu futuro governo, mostrando o prefeito eleito que sabe muito bem o que quer e o que faz, já estabelecendo uma relação de transparência e semeando as bases de um governo compartilhado com participação popular e da sociedade organizada. 

João Salame expõe projetos, idéias, debate, não se esconde, sabe o que diz, montou uma equipe realmente técnica e capacitada para a missão que lhe foi entregue, cuja embalagem política é ele quem comanda. 

João Salame inovou e não seguiu receitas velhas e falidas.

Já Parauapebas, parece ainda presa a pessoas e ao modo Darci/Bel de administrar e fazer política, apesar da população dizer claramente que basta!


domingo, 25 de novembro de 2012

De olho em 2014, Aécio quer usar programa partidário na TV para 'refundar' PSDB
 Em Parauapebas Zé Rinaldo prepara o PSDB para os desafios de 2014. Aécio Neves foi
convidado para visitar a região
 
Ventos de poder Aécio Neves pretende replicar o modelo das caravanas da cidadania que Lula comandou nos anos 90 para rodar o país já em 2013 e lançar as bases de sua candidatura presidencial. Depois de assumir o comando nacional do PSDB, o mineiro vai usar o programa partidário na TV, na segunda quinzena de maio, para anunciar a "refundação" da sigla. No segundo semestre, comandará seminários para fechar a plataforma de 2014, com ênfase no crescimento e na infraestrutura.
_____________________
Nota: em Parauapebas o PSDB está em processo de renovação conduzido pelo seu atual presidente, Zé Rinaldo. Conta com nomes já consolidados e que foram bem votados no pleito de 2012, citamos as lideranças: Francisca Cisa, Lúcio, Marcilene e do vereador eleito Majo da Mactra, além do prof. Léo Mendes. No município o partido se prepara para fortalecer o governo Jatene na região.

sábado, 24 de novembro de 2012

Blog do Alderi anuncia que Francisca Cisa será a Secretária de Educação
Francisca Ciza é a indicação do prefeito eleito,
depois de analisar os nomes indicados pelo PSDB
Francisca Cisa chegou em Parauapebas no ano de 1985, vindo de Barra do Corda (Maranhão), em janeiro de 1986, foi contratada para trabalhar na rede estadual de ensino, mas, precisamente no Eduardo Angelim.

No ano de 1987, assumiu a vice diretoria da escola Eduardo Angelim se tornando diretora em 1990, ficando na direção até 2005, um período de 16 anos”.

No inicio de 2011, voltou a ser diretora novamente da escola estadual Eduardo Angelim, ficando até junho, pois saiu para se candidatar a vereadora pelo PSDB. 
 
Militância política – Francisca Ciza, entrou no PSDB em 1990 e sua permanência na legenda, segundo ela, foi mantida pela identificação com o partido. “Acompanhei nestes, mais de 20 anos, muitos acontecimentos políticos e muitas vitórias de nosso partido”, lembra, qualificando a atual gestão do diretório da legenda como inovadora dado ao fato de que, segundo ela, o atual presidente do diretório, Zé Rinaldo, elaborou metodologia diferente de conduzir o partido.

“Aprovei a direção anterior de nosso diretório, mas acompanho a inovação de nosso diretório e contribuo para que consigamos o crescimento e a articulação neste ano de eleição municipal”, diz ela.

Matéria copiada do Blog do Alderi aqui

Chico Ferreira volta à cadeia. O parceiro e amigo do prefeito de Parauapebas foi preso novamente


 Chico Ferreira foi detido e levado para presídio
O juiz Cláudio Henrique Rendeiro, da 1ª Vara de Execuções Penais da Região Metropolitana de Belém, reconsiderou sua decisão e determinou o imediato recolhimento do apenado João Batista Ferreira Bastos, conhecido como “Chico Ferreira”, ao Centro de Recuperação Penitenciária do Pará III em Americano.

Conforme informações da 1ª Vara, Chico Ferreira já se encontra recolhido na referida Casa Penal. O acusado foi condenado a 80 anos de prisão pelos crimes de homicídio praticado contra os irmãos Ubiraci e Urakitan Borges Novelino, ocorrido em abril de 2007.

Em decisão anterior, o juiz atendeu pedido da defesa e concedeu licença domiciliar para tratamento de saúde pelo período de 30 dias, compreendendo o prazo de 13 de novembro a 12 de dezembro.

Darci inconformado com
destino de amigo
Ao avaliar o pedido de reconsideração da decisão que concedeu a licença, interposto pela Assistência de Acusação que atuou no processo, o magistrado determinou o recolhimento do réu ao CRA-III bem como que seja requisitado, com urgência, à Divisão de Saúde do Sistema Penitenciário do Estado do Pará, informações que detalhem o estado de saúde do interno e se o mesmo necessita de internação hospitalar.

Na decisão do magistrado datada de 22 de novembro de 2012, o advogado Roberto Lauria, que defende a família Novelino, arguiu que a decisão proferida nos autos de execução traz imperfeições por não conter a manifestação do Ministério Público.
Fonte: Diário do Pará


Política de densenvolvimento regional é apenas discurso,  Sul e Sudeste concentram riqueza do País -  em 8 anos cederam apenas 1,9% do PIB para as outras regiões
 
Oito Estados concentram 77,8% do PIB brasileiro, diz IBGE
 

Apesar da perda de participação no PIB, Estados do Sul e Sudeste ainda geram a maior parte das riquezas

 
23 de novembro de 2012 | 12h 49
Daniela Amorim, da Agência Estado

Apesar do ligeiro movimento de desconcentração da riqueza no País, oito unidades da federação ainda concentram 77,8% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2010: São Paulo (33,1%), Rio de Janeiro (10,8%), Minas Gerais (9,3%), Rio Grande do Sul (6,7%), Paraná (5,8%), Bahia (4,1%), Santa Catarina (4,0%) e Distrito Federal (4,0%).

Na direção oposta, os dez Estados com as menores participações no PIB somavam uma fatia de apenas 5,3% da geração total de riqueza, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Todos estavam localizados nas regiões Norte e Nordeste: Rio Grande do Norte (0,9%), Paraíba (0,8%), Alagoas (0,7%), Sergipe (0,6%), Rondônia (0,6%), Piauí (0,6%), Tocantins (0,5%), Acre (0,2%), Amapá (0,2%) e Roraima (0,2%).

No entanto, o grupo ganhou participação de 0,3 ponto porcentual no PIB em relação a 2002, enquanto o grupo dos oito Estados mais ricos perdeu 1,9 ponto porcentual de participação.

Já o grupo intermediário, formado pelos nove Estados restantes, participava com 16,9% do PIB: Goiás, Pernambuco, Espírito Santo, Ceará, Pará, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão e Mato Grosso do Sul, todos com participações entre 1,2% e 2,6%. A fatia do grupo intermediário foi a que mais cresceu entre 2002 e 2010, 1,5 ponto porcentual.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Pará é quem gera mais empregos na região Norte

Jatene comemora: geração de empregos
diz que Pará está no rumo certo
Segundo dados divulgados pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos do Pará (Dieese-PA) nesta sexta-feira (23), o emprego formal no Pará cresceu 7% entre janeiro e outubro de 2012 e tem o maior crescimento do Norte do país.

Considerando o número de contratações e de demissões, o Pará terminou outubro com um saldo positivo de 45 mil novos empregos.

O comércio foi o setor que mais gerou contratações, seguido pelo de serviços.

Fonte: Diário do Pará
.
Massud e Ângela promovem confraternização

O vereador Antônio Massud (PTB) e a sua esposa Ângela Pereira promovem um almoço de confraternização no Clube Juvenil. 

Na ocasião Massud e Ângela agradecerão a equipe de trabalho e as demais lideranças que estiveram com eles em 2012.

Massud foi um dos principais nomes da campanha eleitoral de 2012, em Parauapebas.  Um dos poucos que enfrentou Darci e trupe. O vereador foi fundamental na campanha do prefeito eleito.

"A gratidão é um dom que deve ser cultivada e costuma render frutos", diz com razão o jornalista Marcel, em política então.

Parabéns ao vereador Massud e a vice Ângela. Muitas felicidades, merecem!

Fonte: Blog do Marcel