sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O MInistério Público e suas relações com o poder em Parauapebas

Chegou às mãos do BLOG uma cópia de um Ofício do Ministério Público do Pará em Parauapebas endereçado à Câmara Municipal. Com o devido respeito, a promotora de justiça, BRUNA REBECA, não entendeu a gravidade do caso!  Mas entenderá. Ela deve ser muito ocupada. A evidente lesão aos cofres públicos, para a promotora, parece ser o de menos! A promotora, além de ter nome de "folhetim mexicano", tá parecendo o Dr. Dannylo Pompeu de saia. Promotora, caso viestes ao nosso município para fazer de conta, por favor, faça que nem o Dr. Dannylo, peça pra sair, deixe essa vaga para alguém que tenha coragem de ajudar o povo de Parauapebas!

______________________________
Nota: digo que a Dra. Bruna Rebeca tem nome de folhetim mexicano, porque se fosse folhetim brasileiro o nome dela seria SABRINA BIANCA. Data vênia!  
Supremo aceitou denúncia contra o atual deputado federal, acusado de corrupção durante sua gestão como prefeito de São Paulo


São Paulo - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, relator do inquérito que investiga crimes atribuídos ao deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e seus familiares, afirmou que o processo envolve desvios de mais de US$ 900 milhões. O valor teria sido enviado ilegalmente ao exterior, segundo revelou o magistrado nesta quinta-feira (29), quando a corte aceitou a denúncia contra o ex-prefeito da capital paulista.
"O prejuízo ao erário chega a quase US$ 1 bilhão. A família Maluf movimentou, no exterior, quantia superior a US$ 900 milhões", resumiu Lewandowski. O valor é superior ao Produto Interno Bruto (PIB), a soma das riquezas produzidas durante um ano por uma nação, de países como Guiné-Bissau, Granada, Comores, Dominica e São Tomé e Príncipe. Ele não revelou detalhamentos do montante.
O STF avaliou, na tarde desta quinta, que os indícios de participação de Maluf e de mais oito pessoas em crimes de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas são suficientes para aceitar a denúncia. A acusação é de desvio de recursos públicos da construção da avenida Jornalista Roberto Marinho, antiga Água Espraiada, na zona sul de São Paulo. O empreendimento foi levado adiante durante a gestão de Maluf na prefeitura da capital paulista, entre 1993 e 1996.
Por terem mais de 70 anos, o casal Paulo e Silvia Maluf, ficaram excluídos do grupo de réus da ação penal por suposto crime de formação de quadrilha. A legislação prevê prescrição desse tipo de crime para pessoas mais velhas. Os demais familiares não escaparam da acusação. Para Lewandowski, a circulação de vultuosas quantias de dinheiro, possivelmente frutos de propinas, são o principal indício de prova que permite abrir ação penal. Como o caso tramita em segredo de Justiça, a revelação dos valores por Lewandowski deu a dimensão do que está em jogo. 

Julgamento

Para o Ministério Público, a obra foi superfaturada, com custo final de R$ 796 milhões. Doleiros teriam remetido parte dos recursos a paraísos fiscais. O dinheiro retornou ao Brasil, segundo os promotores, por meio de investimentos na empresa Eucatex, da família Maluf. O julgamento foi iniciado com o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, defendendo a abertura de ação penal contra Maluf para apurar crimes de formação de quadrilha e de remessa de dinheiro para o exterior. Ele acredita que a obra da avenida Água Espraiada pode ter sido apenas a primeira de uma série de outras nas quais houve desvios.
O advogado de defesa, José Roberto Leal de Carvalho, admitiu a dificuldade de defender seu cliente na Justiça, porque Maluf ostenta um "carisma de desprezo" e de "ódio", e tratado com "má vontade" até pela imprensa. O argumento de Leal no julgamento é de que não foram apontados fatos ou elementos que denunciem reunião da família para praticar o crime. Além disso, alega que não havia legislação de lavagem de dinheiro e, portanto, ele não poderia ser processado por isso.
Logo no início de sua intervenção, Lewandowski rechaçou a tese da defesa de Maluf. Apesar de a Lei de Lavagem só ter sido aprovada em 1998, trata-se de "crime de natureza permanente", que dura "enquanto os bens continuarem escondidos".
Segundo o relator, bens da família Maluf foram localizados em diversos países – US$ 200 milhões nas Ilhas Jersey, paraíso fiscal na Grã-Bretanha; US$ 446 milhões na Suíça; e US$ 145 milhões na Inglaterra. Há um grande número de empresas off shore (instaladas nesses paraísos fiscais, onde não é preciso declarar a origem dos recursos, o que permite lavagem de dinheiro do crime organizado).

Fonte: Rede Brasil Atual
_____________________________________________________
Nota: o governo DARCI LERMEN, em Parauapebas, juntamente com a Câmara de Vereadores, deve ter desviado ao longo desses 7 anos, mais de R$ 500 milhões de reais. O absurdo é a INÉRCIA do Ministério Público.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

OS 3 PATETAS



Essas 3 figuras foram beijar a mão do capo-mor da política paraense - o tal do JÁDER "sobrancelhudo" BARBALHO. Somente 3 patetas para não enxergar que uma aliança PT/PMDB no pleito municipal de Parauapebas em 2012 seria algo como um  "abraço da morte"!

A aliança do desgoverno DARCI com o vereador ODILON é do tipo "...é dando que se recebe" e ponto final! Odilon apóia o malino Darci Lermen e em troca recebe alguns "trocadilhos políticos" e ponto final!

Não custa lembrar que a última vez que ODILON abraçou um governo, que foi o do CHICO DAS CORTINAS, transferiu uma urucubaca que até hoje o CHICO não encontrou o rumo!

O Jáder ao ver ODILON falar em ser candidato a prefeito, deve creditar tal devaneio a um início de senilidade, com todo o respeito que tal estado merece.

O Jáder ao ver os "acompanhantes" do ODILON, os meninos EUZÉBIO e DARCI,  terá aquela certeza que já alcançamos há muito tempo: trata-se de dois "bobalhões"!

O que Jáder, Odilon, Euzébio e Darci juntos formam, o Blog não precisa dizer, mas retirando o Jáder tem-se uma perfeita trinca de patetas!
__________________________________
Nota: Odilon não tem nada a oferecer além daquilo que pode fazer e faz muito bem no Clube da Vadiagem (Câmara de Vereadores). Numa eleição majoritária não passa de um pesado fardo pra qualquer candidato. Os dois bobalhões do PT não se dão conta disso! Jáder deve morrer de ri dessa trinca de patetas!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

GREGÓRIO DE MATOS: A Unifesspa e o PT!


A UNIFESSPA E O PT

Nos últimos dias testemunhamos algo que, para aqueles que têm menos de trinta anos de idade, parece uma situação totalmente nova: alunos do ensino fundamental e médio saindo às ruas em mobilização de, literalmente, parar o trânsito. Os estudantes querem incluir Parauapebas no projeto de criação da Universidade do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).
 Até aí, tudo bem. Não fosse um “pequeno detalhe”: os estudantes foram completamente abandonados pelos líderes políticos de nossa cidade.
Poderia escrever, em várias páginas, sobre todos os políticos de Parauapebas e suas antagônicas posturas – ou, melhor seria dizer incompetência, mas a conclusão será do leitor – em relação a esse constrangedor imbróglio: a perda do Campus da Unifesspa para Santana do Araguaia, cidade com menos de 40% da população parauapebense e menos de 10 % do PIB da rainha do minério; mas não, não vou fazer algo tão cansativo assim. Nesta oportunidade quero me ater somente às lideranças que têm mandato e pertencem à legenda partidária a qual sou filiado (PT).
O Partido dos Trabalhadores é a agremiação política que transformou a realidade da educação superior e técnica no Brasil. Todavia, em Parauapebas, tal bandeira não serviu de exemplo para que a bancada petista, e o prefeito, que também veste a cor vermelha, promovessem o mesmo avanço.
O motivo de termos nos quadros do Partido mandatários tão medíocres, a meu ver, não encontra fundamentos histórico-sociais. Um breve estudo biográfico de cada um nos revela grande contradição.
Vejamos:

EUZÉBIO RODRIGUES– Foi eleito vereador na condição de “representante da educação” e tem uma história de vida que poderia servir de referência para qualquer estudante pobre do Brasil.
Euzébio estudou biologia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), embora morasse em Uauá na Bahia; viajava todos os dias mais de 130 km para estudar em Petrolina. Trabalhava como garçom em um bar, onde o que ganhava dava somente para pagar o ônibus e o lanche, caso contrário seria impossível a vida de estudante na cidade onde se localizava o Campus da UFPE. Essa “peregrinação” durou exatos 5 (cinco) anos. Muita gente teria desistido, mas não Euzébio: com muita garra e determinação venceu todas as barreiras que impediriam seu sucesso profissional. No entanto, formou-se. E poderia até continuar como professor em sua terra mãe, mas no ano 1997 viajou para uma certa cidade do interior do Pará para lecionar no ensino médio – santo de casa não faz milagres. Uma vez em Parauapebas, conheceu todas aquelas pessoas que, em breve, lhe dariam a oportunidade de ser candidato como representante da categoria de professores. Dono de um carisma sem igual, conseguiu fazer amizade com Deus e o Diabo – literalmente –, ao mesmo tempo era amado pelos alunos que viam nele a oportunidade de ter alguém no poder que, realmente, poderia representá-los. Sua eleição em 2004 deve-se em muito – naturalmente – a sua simplicidade e carisma (qualidade que ele não tem mais), mas também de outro fator: sorte. Isso mesmo, sorte! Sorte em conseguir pessoas como Marleide e Eronilda, verdadeiras generais que não descansavam enquanto houvesse “guerra”. Com tudo conspirando a seu favor,a vitória veio fácil; hoje, Euzébio é vereador em seu segundo mandato.
Uma história realmente bonita, mas, ao que parece, não serviu de lição para nosso “representante da educação”. Seria natural que alguém com essa biografia se revoltasse ao saber que nossa cidade não ganhou a Universidade; e que seus alunos estariam fadados ao destino cruel da “peregrinação”, pois a cidade mais próxima a ter Campus da Unifesspa é Marabá,a 165 km de distância.
Ao contrário: na reunião com o secretário de Ensino Superior do MEC, na ocasião da explicação do porquê  da retirada de Parauapebas da lista das cidades que terá um Campus, o “representante da educação” não esboçou nenhuma reação, não disse uma palavra, apenas mandava mensagens de celular para um alguém, demonstrando um total desprezo pelo tema discutido. Entrou calado, saiu mudo e com a bateria do celular praticamente esgotada!

ZÉ ALVES– vereador que, talvez, tem a história de vida mais bonita de todos e que, também, poderia ser motivo de inspiração para muita gente.
Zé Aves chegou a Parauapebas na década de 1980; era semi-analfabeto e para comer, como não tinha profissão, passou a trabalhar como vigia de escola. Nos momentos que passava de pé abrindo e fechando portão de escola, refletia, e então concluiu que para vencer na vida teria de estudar. E assim o fez. O vigilante não perdeu tempo, procurou uma escola e com muita luta concluiu o ensino fundamental. No ensino médio escolheu cursar magistério – modalidade de ensino já extinto em fins da década de 1990 e que dava direito ao concursando lecionar na educação infantil. O estudante passou de porteiro a professor e logo veio então o segundo passo: a oportunidade de estudar em uma faculdade veio no ano de 2002 por meio de um convênio da Prefeitura de Parauapebas com a Universidade Estadual do Pará (UEPA). O curso escolhido por Zé, foi Geografia; e a cidade escolhida pela Universidade para sediar o curso foi Conceição do Araguaia, que fica a exatamente 400 km de distância da terra que, o agora professor, escolhera para morar, Parauapebas.
Começava outra fase na vida de Zé Alves que se estenderia por 5 (cinco) anos de “peregrinação”. Hoje podemos resumir a vida dele da seguinte forma: de vigia de escola a professor com nível magistério; e, depois, formado em geografia; e de professor de geografia a vereador.
Nossa! É ou não é uma história bonita?
Mas agora me digam: o que esperar de um vereador que sofreu tanto na vida para se graduar?O que esperar de uma pessoa que era forçada a viajar várias e várias horas para estudar?
O que esperar de alguém que, literalmente, teve de comer o pão que o diabo amassou para concluir seu curso superior?
Seria natural que se indignasse diante da notícia que Parauapebas não terá mais Campus da Unifesspa, não seria? Pois é, mas não foi.
Nosso vereador petista, pelo que se sabe, nunca comentou algo nem mesmo na reunião do diretório de seu partido. Nunca se mostrou indignado, nem para os amigos.

RAIMUNDO VASCONCELOS – deste pouco se tem a dizer, mesmo porque está ocupando tal cadeira não por obra de merecimento, mas do acaso.
Também não é segredo para ninguém que o mandato do ex motorista da Prefeitura Municipal de Parauapebas(PMP) é, na verdade, resultado da astúcia – talvez a palavra certa seja irresponsabilidade – do ex chefe de gabinete, Antonio Neto. Com uma coragem capaz de causar comoção em qualquer lutador de Vale Tudo, foi capaz de prometer qualquer coisa a qualquer um para conseguir o que queria: levar Vasconcelos, seu afilhado político, à Câmara. Talvez o escolhido para sentar na cadeira não tenha sido um bom nome, mas o que importa é que por detrás desse vereador estaria alguém capaz de conduzi-lo para o caminho certo. Triste engano.
Esse “alguém”, Antonio Neto, passou muitos anos lecionando matemática nas escolas públicas de Parauapebas como professor leigo, pois sua formação superior era pedagogia. Sou testemunha ocular de que era um ótimo professor, mesmo lecionando em uma área para a qual não tinha a devida formação.
Antonio Neto sempre foi um apaixonado pelas ciências exatas e um aficionado pelos segredos que guardam os números. Tenho convicção de que se hoje ele não é um matemático deve-se somente ao fato de não ter tido a oportunidade de cursar, pois em Parauapebas, na sua época estudantil, somente o curso de pedagogia foi ofertado. Se nossa cidade, à época, tivesse um campus universitário, fatalmente a educação parauapebense perderia um pedagogo, mas ganharia um ótimo matemático.
É muito estranho ver um vereador que representa alguém que foi impedido de realizar seu sonho, por falta de um campus universitário, calar-se diante da “notícia catastrófica” – a perda da Unifesspa.
Passei a me indagar: será que foi o Antonio Neto ou o Raimundo Vasconcelos que não se deu conta do “trágico acontecimento”? Ou será que foram os dois? Ou ainda, será que os dois perceberam e, o que é pior, nada fizeram? 

MIQUINHAS – é praticamente impossível olhar a trajetória de vida de alguém como a do Miquinhas e não se emocionar. Uma pessoa que vem de família muito pobre, analfabeto, que não tinha perspectiva para nada, só a de ser trabalhador rural – trabalho digno –, conseguir chegar à câmara de vareadores de um município como Parauapebas é algo, no mínimo, singular e que merece todo nosso respeito.
O que não da para entender é como um vereador analfabeto de uma cidade que acaba de perder um Campus Universitário não se indigna com o fato, fica calado e não diz nada.
O grande presidente Lula também teve uma trajetória de vida de muitos sacrifícios e privações, não teve a oportunidade de cursar uma faculdade, seu grande sonho. Em ocasião de sua primeira diplomação de presidente da república no mês de dezembro de 2002, aos prantos, discursou dizendo que faria de tudo para que todos pudessem ter a oportunidade que ele não teve: cursar uma faculdade e ter um diploma de curso superior.
Não seria óbvio que o vereador Miquinhas, também aos prantos, se coloque em revolta ao saber da funérea derrota de Parauapebas, pois seus amigos, seus filhos, os filhos de seus amigos, seus vizinhos, seus eleitores, todos foram privados daquilo que ele mesmo um dia também foi, mas ao que parece, “nosso” vereador é outro que também não foi tocado pela notícia. Será por quê?

DARCI – falar de antagonismo e não citar nosso prefeito é algo quase impossível. Explicarei o porquê.
De sua história confesso que não sei muita coisa, mas também confesso que das informações que obtive – acidentalmente –, me pareceu uma história de vida muito sem graça, repetitiva, até quase um clichê, apenas mais um sulista vindo para o norte querendo tornar-se o salvador da pátria; sobe ao poder e se torna uma pessoa desprezível.
Desse “projeto de prefeito” vale lembrar – vou começar a explicação – que ele foi eleito pelo partido do presidente Lula, aquele mesmo que, chorando, disse que iria fazer de tudo para que todos pudessem ter a oportunidade que ele não teve; e cumpriu. O PT do Lula criou mais escolas técnicas do que todos seus antecessores juntos – pode somar desde a proclamação da república; criou dezenas de novas faculdades federais e novos projetos continuam sendo anunciados pela presidente Dilma. O PT do Lula e Dilma, definitivamente, mudou o Brasil para sempre e a educação foi, sem sombra de dúvidas, a área que mais sofreu o impacto da transformação; mas em Parauapebas o PT de Darci não consegue, sequer, acabar com o “turno da fome”. Quase oito anos de governo e nada! E olha que isso foi uma promessa de campanha de 2004.
Sei que muita gente ficou até mesmo revoltada com o representante do MEC, pois sua posição na reunião com os representantes de Parauapebas não foi a que esperávamos. Todavia, convenhamos: quem levaria a sério um governo desses que na área da educação mantém tal “turno intermediário”, onde, no Brasil não há nada que possa ser comparado? E olha que nem quero comentar dos anexos, outra “brincadeira” do governo petista de Parauapebas.
Fugindo pouco do tema, gostaria de abordar outro assunto que demonstra, igualmente, como nosso prefeito é totalmente contrário às orientações do PT de Lula e Dilma, pois o que mais me impressiona é saber que existe um governo do PT – o de Parauapebas –que mantém uma OSCIP na administração de sua saúde pública.
Pasmem, o PT de Lula e Dilma move uma ação de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a participação de OSCIP em áreas da educação e saúde pública.
Para mim é obvio: O PT de Darci está mais próximo do PSDB de Serra do que do PT de Lula e Dilma.
Volto a afirmar: Será que o MEC, Ministério de um governo que leva tão a sério a educação em nosso país, que vem transformando o Brasil com ações de destaque internacional, que é fiel às propostas de mudança social de seu partido, o PT, iria levar a sério um prefeito que administra sua cidade como o mais incompetente e corrupto prefeito do PSDB? Pelo o amor de Deus! Nós não temos o direito de ficar com raiva do secretário de ensino superior do MEC, pois em seu lugar faríamos o mesmo.
Para finalizar, gostaria de lembrar mais outra coisa, caro leitor: quando foi eleito em 2004, o Darci Lermen registrou sua candidatura como “Professor Darci”, pois lecionava no ensino médio a disciplina de filosofia.
Não é irônico – ou cômico, não sei – um professor que se fez prefeito e que agora não se importa com a qualidade da educação que é oferecida em sua cidade.
Como diria o poeta: “um dia vou-me embora pra Pasárgada... Em Pasárgada tem tudo.
É outra civilização”.
Um abraço e até breve!

 

segunda-feira, 26 de setembro de 2011


Raimundo Moura sofre AVC!

O Professor Raimundo Moura, militante dos movimentos sociais e atuante quadro do movimento estudantil quando foi coordenador da UNEMAR em Marabá, sofreu na manhã de ontem (23) um Acidente Vascular Cerebral. Atualmente Moura é professor da rede municipal e ensino em Parauapebas e sempre escreve para esteblog. Tem dedicado sua vida para luta social,tendo como tarefa a construção de um Sintepp de luta em Parauapebas, mas também como militante do PSOL.

Desejamos uma rápida recuperação!

O que é o AVC?

Fonte: Contraponto e Reflexão

Flávio Dino lidera com vantagem corrida sucessória no Maranhão

Após ser apontado como favorito entre os eleitores de São Luis para ocupar a Prefeitura da capital maranhense, o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB-MA), também lidera a corrida sucessória estadual com larga vantagem sobre os seus concorrentes.

É o que revela pesquisa estadual realizada pelo Instituto Amostragem – entre 16 a 19 de setembro. Na média apurada, Flávio Dino ostenta um índice de 57,9% das intenções de voto dos maranhenses. Ele também é apontado por 44,31% dos entrevistados como o nome que vai ganhar as eleições de 2014.

No primeiro cenário de confronto direto Flávio Dino obtém 61,62% das intenções de voto, contra 25,46% dados ao ministro Edson Lobão. Se o adversário for o secretário Luís Fernando, Flávio Dino vai a 64% contra 15,15%. E se a candidata fosse Roseana Sarney, que não poderá concorrer, Dino também venceria com 58,85% contra 26,31%. 


Num cenário de maior pulverização das candidaturas, com cinco nomes concorrendo, Flávio Dino também teria uma grande vantagem sobre os concorrentes, chegando a 48,15% das indicações dos  entrevistados. A pesquisa identificou ainda que para 76,85% do eleitorado, Flávio Dino representa a mudança e a renovação; e 69,31% avaliam que Edson Lobão representa a continuidade do Grupo Sarney. De acordo com os 1300 eleitores pesquisados em 40 municípios o melhor para o futuro do estado é apostar num candidato que “represente a mudança e a renovação”. Já para 15,62% o melhor é alguém que represente a continuidade do trabalho realizado pelo “Grupo Sarney”.


 Rejeição 
Edson Lobão lidera o índice de rejeição, que é de 30,54%. Já Flávio Dino, diz a pesquisa, tem 6,38% de rejeição, menor índice entre todosos nomes listados. Luís Fernando ficou com 17% de rejeição.


Fonte: www.vermelho.org.br

Vergonha na cara!

Tem Blogueiro que perdeu a vergonha de vez! Virou "asconseiro"! Sem a menor decência! Gregório conhece nosso povo!

Estado do Carajás: derrota na certa!

A luta política pela criação do Estado do Carajás NÃO pode assumir a cara de fazendeiros, madeireiros, empresários e políticos corruptos tipo Asdrúbal Bentes e Darci Lermen. 

Ficando como está, caminha-se para uma flagrante derrota, servirá apenas para esses políticos corruptos fazerem campanha eleitoral para a disputa municipal. Aliás, como tem sido nos últimos 20 anos! Na disputa das eleições estaduais esses políticos corruptos nem tocam no assunto!

Como podem deixar a arrecadação da grana nas mãos do "malino" Darci Lermen, quem terá coragem de doar um centavo para esse rapaz administrar.

O Blog tá fora dessa! Fora mesmo! Corrupto, não! Queremos Carajás significando nascimento, luz! Com essa gente teremos morte e escuridão!

Não!
______________________________________
Nota: só tem mala na frente da campanha oficial! Fora, vagabundos! É esse povo da Arara Azul, esse Darci e esse Asdrúbal! Fora!


Conversas vai, conversa vem!

Ontem o BLOG foi convidado para um almoço na casa de um grande amigo do PT, em Brasília-DF. Tinha petista da mais alta plumagem! Conversa vai e conversa vem, os companheiros sabendo que o BLOG é "paraense", pediram para o BLOG falar um pouco do PT no Pará! Oh, benção! O BLOG falou, falou, falou, mas só de política, de polícia o Blog nada falou! 

O Blog não falou de L200, de Ecosport, de White Tratores, de OSCIP, de Hemodiálise, de Pazinato, de Unifesspa! Ufa! 

Mesmo acostumados com o que são, ficaram estupefatos!

O Blog nem se deu conta, mas tinha um pretendente a senador na platéia (rsrsrsr)!

domingo, 25 de setembro de 2011

OS MISERÁVEIS!



MUNICÍPIO PARAUAPEBAS RECEITA - CFEM
Ano
Valor (R$)
1992 a 2002
126.499.841,12
2003
28.845.345,98
2004
31.845.797,80
2005
41.805.523,82
2006
49.604.916,78
2007
55.141.077,33
2008
83.235.142,82
2009
124.194.286,63
2010
137.931.789,77
2011
120.798.601,57 (até julho)
                     Fonte:Portal da Transparência - www.cgu.gov.br; acessado em 13.09.2011.


Isso aí em cima é só o dinheiro da CFEM: R$ 799 milhões

- Onde que foi parar essa grana!?

- Apenas com a metade desses recursos no ano de 2008, 2009, 2010 e 2011, poderiam ter construído 8 escolas em 2008, 12 em 2009, 14 em 2010, 17 em 2011, ao custo de 5 milhões cada uma. Seriam 51 escolas de alto padrão, com piscinas, quadras cobertas, auditórios, laboratórios...Nem precisaria tanto!

- Como pode um município com um volume de recursos desses, que deveriam ser utilizados exclusivamente em investimentos e obras, ainda ter CRIANÇAS estudando no turno da fome!? O responsável por uma situação dessa é "um carniceiro", um fascista, um nazista, um stalinista! E vagabundo! Você acredita que quem tem uma grana dessa e não faz escolas para as CRIANÇAS tá preocupado com UNIFESSPA!? Será!?

- Observe o aumento dos recursos ano a ano. Não se espante se o PAZINATO tiver "embolsando" 20% disso! Alguns milhões!

- Sem perdão! É um desgoverno! Não vou dizer que é um desgoverno de vagabundos, para não chatear alguns amigos! Oh, dó!

- Data vênia! Excelências do Ministério Público, data vênia! Os excelentíssimos tem grande responsabilidade nisso! Talvez mais que todos!

OS MISERÁVEIS!



O Blog não está falando dos miseráveis acima, esses não são nada ingênuos, ingênuos são os membros do Ministério Público que acreditam que não serão cobrados pela sua Inércia!

 Blog fala do livro de Victor Hugo e do belo filme abaixo! Vale a pena conferir, em família!


_____________________________
Nota: O Blog tem tido e repetido: quem se sentir ofendido vá aos Tribunais! O Blog se defende, muito bem! Já quanto ao Ministério Público, bem,  seus membros deveriam responder aos Cidadãos de Parauapebas porque nada fazem, nada vêem!? Será que não moram em Parauapebas?  Será que não trabalham em Parauapebas!? Ou será que não acreditam que em Parauapebas tem CIDADÃOS? Não sabem eles que aqui até o governo se denomina de  "GOVERNO CIDADÃO" (rsssrrrs)?

Que tal o sigilo bancário, fiscal e a evolução patrimonial das duas figurinhas acima e dos seus familiares, como homem público que são, probos, os próprios e a árvore genealógica completa, em nada se sentirão ofendidos, desde já, com certeza, já abrirão suas vidas, afinal, probos que são, nada temem, só a justiça divina (rsrsrs)!

sábado, 24 de setembro de 2011

Uma dupla popular, imagine se não fosse!?



MIQUINHAS e RAIMUNDO VASCONCELOS são duas pessoas simples, nascidos e com a vida toda no meio do povo, cometem grande erro para suas histórias tentando defender esse desgoverno, cujo chefe ou capo, sim, é uma figura vadia, irresponsável e corrupta.

Defender o roubo lhe custará seus mandatos, se é que são donos dos seus mandatos, ou pelo menos se sintam mandatários do povo, do povo pobre que votou neles, e não de um um desgoverno cuja marca é a CORRUPÇÃO!

De qualquer modo é lamentável, pior, eles não tem um mínimo traquejo para o que se propõem! Terminam por fazer papel de "palhaços"!

Deixem a defesa dessa roubalheira para o vereador ODILON, o homem é do PMDB, partido do Jáder e da corrupção em estado puro, já fez isso no governo Chico das Cortinas, tem experiência e é do ramo!

Voltem para seus casulos, deixem de borboletar!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Gregório de Matos: o boca do inferno!

O BLOG recebeu mais um artigo do colaborador GREGÓRIO DE MATOS, como sempre muito bem escrito, dessa vez, o "boca do inferno", aborda a perda do campus da UNIFESSPA e o PT! 

Publicação em breve! Não é suspense, mas o GREGÓRIO pega pesado, por isso o BLOG fará algumas  ponderações antes da publicação, mas será publicado, na íntegra, o leitor merece! 



Pedido de vista suspende apreciação do processo de registro do PSD



Julgamento do registro do Partido Social Democrático (PSD), no Plenário do TSE. Brasilia-DF 22/09/2011. Foto: Carlos Humberto./ASICS/TSE

Um pedido de vista apresentado pelo ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu, na sessão administrativa desta quinta-feira (22), o exame, pelo Plenário, do pedido de registro do estatuto do Partido Social Democrático (PSD). A suspensão ocorreu após dois votos. O ministro Marcelo Ribeiro informou que apresentará seu voto-vista na sessão da próxima terça-feira (27).
Relatora do pedido, a ministra Nancy Andrighi votou pelo deferimento do registro. Ela disse que o partido comprovou o apoio nacional mínimo de eleitores e o registro de mais de nove diretórios estaduais da legenda nos tribunais regionais eleitorais (TREs). Essas são duas exigências da Lei dos Partidos Políticos (Lei n° 9.096/1995) e da Resolução nº 23.282/2010 do TSE sobre a criação de partido político.

O segundo voto foi do ministro Teori Zavascki. Ele divergiu da relatora e manifestou dúvida sobre a validade de parte das certidões, votando pela realização de diligências nos TREs, pelo prazo de uma semana, para certificar documentos emitidos pelos cartórios e não avalizados pelos tribunais regionais.

No momento do pedido de vista, os ministros debatiam se o TSE pode ou não reconhecer como válidas certidões emitidas pelos cartórios e não analisadas pelos TREs.

O presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, defendeu o voto da relatora dizendo que as certidões emitidas por cartórios eleitorais são reconhecidamente documentos da Justiça Eleitoral e merecem fé pública. Ele afirmou que a ministra Nancy Andrighi realizou “um trabalho hercúleo” e que ela se debruçou sobre a documentação anexada ao processo para atestar que o partido cumpriu os requisitos necessários à sua criação.

Com a utilização de gráficos e tabelas em slides, Nancy Andrighi afirmou que o PSD comprovou a existência de 514.932 assinaturas de eleitores em apoio à criação da legenda, superior ao mínimo de 491.643 apoios exigido pela legislação. Ela desconsiderou 27.660 assinaturas apresentadas pelo partido, mas que, de acordo com ela, têm vícios como duplicidade, falta de data, ausência de certidão, entre outras irregularidades.

Para pedir registro no TSE, o partido em formação precisa atestar o apoio mínimo de 0,5% dos votos válidos para a Câmara dos Deputados na última eleição, percentual equivalente hoje a 491.643 eleitores. Esse apoio deve estar distribuído em, pelo menos, nove Estados (um terço) da Federação, entre outros requisitos.

De acordo com a relatora, o partido também demonstrou ter obtido o registro de diretórios estaduais em 16 TREs, número superior aos nove diretórios exigidos.

Com base na documentação apresentada pelo PSD, a ministra afirmou que a legenda atestou com certidões de cartórios eleitorais e de TREs e com outras documentações com assinaturas, posteriormente anexadas ao processo, após a expedição de certidões pelos TREs, o apoiamento nacional mínimo de eleitores à criação do partido.

Após avaliar se o PSD cumprira as exigências legais, Nancy Andrighi julgou improcedentes as impugnações apresentadas pelo PSPB, DEM, PTB, e pelo deputado federal Lúcio Quadros Vieira Lima (PMDB-BA), entre outras.

A impugnação do PTB afirmava que a legenda em formação não poderia utilizar o nome e a sigla escolhidos porque pertenceram a um partido incorporado pelo PTB em 2002. Porém, a ministra disse que nada impede que a legenda em formação peça registro no TSE, utilizando nome e sigla de partido extinto, pois, no caso, não se trata de recriação de legenda incorporada por outra agremiação, mas de outra agremiação política, com registro civil próprio.

Pedido
O PSD entrou com o pedido de registro no TSE no dia 23 de agosto deste ano. No requerimento, o partido solicita o registro do estatuto da agremiação, além do reconhecimento do direito de filiar eleitores para a participação em pleitos eleitorais. O PSD pede ainda que seja autorizado o número 55 para agremiação.Em sua defesa da tribuna, o PSD sustentou que obteve assinaturas de apoio de mais de meio milhão de eleitores para criação da legenda e o registro de diretórios regionais em 16 Estados, além de cumprir outras formalidades legais. Em favor da impugnação do registro do PSD, falaram da tribuna os advogados do DEM e do PTB.Em sua fala, a vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, defendeu o indeferimento do pedido de registro porque considerou que a legenda não cumpriu a exigência do apoio mínimo nacional para a sua constituição.
______________________________________
Nota: O fato é que apesar do registro a tempo de participar das eleições de 2012 está expirando, ficou claro que caso o Pleno do TSE não se manifeste a tempo, tudo indica que ao menos o registro provisório será deferido, então, os políticos do novo PSD podem ficar tranquilos!

PT: seus estupradores e seus vereadores!

- Que o PT tá infestado de ladrão, vagabundo, mentiroso e corruptos aqui em Parauapebas estamos cansados de saber, mas estuprador, disso aqui ainda não temos notícias. O apetite dos meninos não é sexual, é patrimonial! Embora o apego do prefeito por alguns rapazolas tragam algumas dúvidas, não acreditamos que seja caso de estupro. Creio que podemos dizer que não temos estupradores: tem 171, 155, 312, isso tem, mas 213, ainda não. Ufa!

- Ver rapazes humildes, tipo MIQUINHAS e RAIMUNDO VASCONCELOS, se dignarem a defender esse bando de ladrões instalados no governo municipal é de uma pena só! Eles parecem aqueles ladrões que foram sacrificados ao lado de Cristo, com um detalhe, nessa história falta o CRISTO, só tem ladrão mesmo. Mas de qualquer jeito, fica as palavras de JESUS: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes." (Lc 23.34)
Os vereadores petitas,
 um agricultor e um servidor  público. Hoje,
simples palhaços do circo Câmara

- Na verdade, MIQUINHAS e RAIMUNDO VASCONCELOS transformaram se nos "palhaços" do circo da Câmara Municipal, mas são dois "palhaços" sem graça alguma, duas piadas malditas, ao invés de risos, vaias é o que recebem! Os dois vereadores acreditam que há algum heroísmo nisso e  amanhã a máquina de roubar dinheiro público, chamada governo DARCI, lhes compensarão de alguma modo! Triste! Um agricultor e um servidor público, que ontem acordavam sem saber o que iam almoçar, hoje, uma patética dupla de "palhaços"!
_______________________________
Nota: o nome dos ladrões que foram sacrificados ao lado de Cristo era DIMAS e GESTAS. Um se regenerou e aceitou JESUS, já o outro, morreu no pecado! No caso dos vereadores, meninos danadinhos, não tem arrependimento, são dois bobalhões, acham bonito a malandragem! Agricultor e simples servidor são vagas lembranças de um passado remoto! Eles lembram um antigo vereador expulso do PT, chamado de Zé Dias. Naquele tempo para fazer o que fazem, teriam que deixar o partido, ou seriam expulsos. Hoje, malandro e ladrão viraram ídolos no PT em Parauapebas! Lugar desses vagabundos é na cadeia!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011


Secretaria Nacional de Mulheres do PT pede expulsão de dirigente

Nota de Repúdio
Ao Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores
À Comissão Executiva Nacional
Ao Diretório Estadual do PT de Minas Gerais
Ao Diretório Municipal do PT de Belo Horizonte
A violência sexual contra crianças e adolescentes é um crime abominável, extremamente cruel e covarde, com seqüelas que muitas vezes perduram por toda a vida. Na maioria dos casos os principais agressores são o pai, a mãe, outros parentes e padrasto, pessoas que deveriam oferecer proteção, carinho e cuidado com uma parcela da população considerada vulnerável e incapaz.
O secretário de organização do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Belo Horizonte, Nartagman Wasly Aparecido Borges, foi condenado a sete anos e nove meses de prisão pelo estupro de uma criança. A vítima é sua ex-enteada que à época tinha 9 anos de idade. O crime ocorreu em 2004 e, segundo o delegado do Departamento de Investigações, Alexandre Oliveira, além de estuprar a enteada, Nartagman também assediava a irmã dela e uma empregada doméstica.
O Código de Ética do Partido dos Trabalhadores afirma, ainda em seu preâmbulo que:
“Toda e qualquer transgressão ética cometida por militantes, dirigentes, parlamentares e governantes petistas deve ser apurada e punida com rigor e transparência pelo próprio Partido. A construção da nossa utopia deve ter a ética como um ponto de partida e um ponto de chegada”.
Pois bem. É da competência da direção do Partido fazer com que sejam cumpridas as resoluções partidárias, o Estatuto e o Código de Ética.
Por isso, nós mulheres do PT,exigimos a expulsão imediata do filiado e dirigente do Partido dos Trabalhadores de Belo Horizonte, Nartagman Wasly Aparecido Borges. Sua conduta fere o código de ética, macula a instituição partidária e atinge a história do Partido dos Trabalhadores. Não há lugar nesse Partido para estuprador e pedófilo.  Além disso, o Partido dos Trabalhadores não vai proteger um cidadão que tem contas a acertar com a justiça brasileira.
Pela expulsão imediata de Nartagman Wasly Aparecido Borges do Partido dos Trabalhadores.
Secretaria Nacional de Mulheres do PT
_______________________________
Nota: ainda bem que o PT lá de Minas se digna a expulsar estuprador. E o do Pará, e o de Parauapebas se dignará a expulsar os ladrões do dinheiro do povo, que nada mais são que estupradores dos cofres públicos! No fim, esses estupradores do dinheiro do povo de Parauapebas são os responsáveis pela morte de bebês no hospital municipal, pela tortura das crianças submetidas a escolas improvisadas e ao turno da fome! Esses estupradores do PT em Parauapebas ficarão impunes?  

DESGOVERNO – Simão Preguiça, O Inepto


Charge copiada do BLOG do BARATA, mas aqui em Parauapebas também temos uma figura preguiçosa e corrupta! Evidente que a inépcia não é apenas do dito, mas de um órgão que tem por responsabilidade fiscalizar a correta aplicação da Lei, em Parauapebas esse órgão não atende pelo nome de Ministério Público!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011


PMDB aceita financiamento público

                                       
Soraya Aggege - 21 de setembro de 2011 às 17:25h

O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp, que anunciou acordo sobre financiamento público de campanha, bandeira do PT. Foto: Agência Senado
Enquanto a presidenta Dilma Rousseff discursa na Assembleia Geral da ONU em Nova York, a base aliada do governo fechou consenso nesta quarta-feira: o financiamento público exclusivo das campanhas eleitorais, bandeira do PT, deverá ser aprovado na reforma política que tramita no Congresso. A proposta foi discutida entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB) e representantes do PT, PMDB, PSB, PCdoB e PSB, na tarde de hoje.
O presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp, afirmou que o seu partido decidiu concordar com o financiamento público, e acordou também o fim das coligações proporcionais e a administração das federações de partidos. Ele frisou que não houve acordo, no entanto, com relação à forma de voto. “O voto em lista nós não vamos apoiar”, disse Raupp.
Na avaliação do presidente do PMDB, é possível que o PT recue de sua proposta de modelo de voto e faça um acordo em torno do chamado distritão, proposto pelo PMDB. O PT, no entanto, reprova o distritão, ou seja, voto majoritário nas eleições proporcionais (deputados e vereadores).
Lula defendeu que o financiamento público trará mais transparência ao processo eleitoral. O parecer do relator da reforma, deputado Henrique Fontana (PT-RS), prevê punição para empresários que fizerem doações para campanha política. Caso venham a infringir a lei, eles ficarão impedidos de participar de negócios com o setor público e de obter acesso a financiamentos públicos.
O texto estabelece também um teto para gastos com campanha eleitoral. Pela proposta, no ano anterior ao pleito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fará um cálculo e proporá um valor para as eleições.
A votação do parecer sobre a reforma política está prevista para 5 de outubro na comissão especial da Câmara dos Deputados. O presidente do PMDB frisou, no entanto, que não vê possibilidades de a reforma política ser aprovada à tempo de valer já nas próximas eleições, de 2012.
___________________________________
Nota: Em Parauapebas o PMDB sempre aceitou "financiamento Público", em Brasília LULA não deve ter tido dificuldades de convencer Sarney de aceitar dinheiro público.  No Pará, Jáder aceita de bom grado  dinheiro de qualquer lugar, se for público melhor ainda!?