sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Análise dos candidatos à corrida eleitoral de 2018 para governador do Pará



Em sua primeira participação no Portal F5, o Professor Branco faz uma análise do cenário político atual no Pará com vistas ao processo eleitoral de 2018 para o cargo de governador do Estado. Durante a análise ele avalia os possíveis candidatos dos tucanos para disputar a vaga: Adnan, Márcio Miranda, Zequinha Marinho, quem será o escolhido do Jatene? 

Helder Barbalho tá garantido na disputa. 

Confira!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

SINTEPP, com apoio do Ministério Público, derrota os vereadores e consegue implantar a GESTÃO DEMOCRÁTICA nas escolas de Parauapebas

SINTEPP sai vitorioso e impõe derrota aos vereadores Câmara de Parauapebas 

GESTÃO DEMOCRÁTICA nas escolas de Parauapebas já é uma conquista dos educadores 

Ainda ficou acertado a aplicação de R$ 30 MILHÕES na infraestrutura escolar de Parauapebas


Proposta pacificadora

O SINTEPP, o governo municipal e o Ministério Público construíram um grande entendimento e quem saiu ganhando foram os alunos, pais e profissionais da educação, ou seja, a comunidade escolar de Parauapebas é a grande vitoriosa. 

Quem luta, vence

Além da aplicação de R$ 30 milhões na infraestrutura escolar, a GESTÃO DEMOCRÁTICA será realidade no município de Parauapebas, até o dia 30 novembro deste anos serão realizadas as eleições em todas as escolas municipais.

O acordo é uma grande vitória do SINTEPP e do governo DARCI LERMEN, o prefeito é o autor do projeto lei que implanta a GESTÃO DEMOCRÁTICA nas escolas de Parauapebas, mas os vereadores, sem qualquer fundamentação, engavetaram a proposta numa comissão da casa, dessas que atuam escondidas. 

Derrotados e pequenos

Os vereadores de Parauapebas, mais uma vez, saíram derrotados e apequenados do episódio, pois ao tentarem barrar a GESTÃO DEMOCRÁTICA nas escolas de Parauapebas apenas demonstraram que desejavam manter seus apadrinhados, parentes e cabos eleitorais nos empregos públicos, mediante contratação temporária, ou seja, na "boquinha".


"O Ministério Público do Estado do Pará, por meio do promotor de Justiça Hélio Rubens Pinho Pereira, firmou, nesta terça-feira (17), termo de ajustamento de conduta (TAC) com o Município de Parauapebas e com o Sindicato dos Professores.

O acordo suspende a greve na educação que já contava com 10 dias e prejudicava quase 50 mil alunos.

O TAC previu também a regulamentação das eleições diretas para diretor e vice diretor de escola. As eleições ocorrerão até o dia 30 de novembro deste ano.

Ficou acertado ainda a aplicação de mais de 30 milhões de reais na infraestrutura das escolas. Esses investimentos serão acompanhados por uma comissão formada por professores, conforme prevê o termo de ajustamento."

João do Feijão e Município de Parauapebas são processados pela família do jovem Fernando Pereira (in memorian)



Processado

Os familiares do jovem Fernando Pereira dos Santos ingressaram com ação de indenização por danos materiais e morais contra o vereador João do Feijão, o município de Parauapebas e a empresa Norte Locadora, proprietária da caminhonete Amarok.

Área cível e administrativa

O município de Parauapebas é que ao fim arcará com os danos morais e materiais causados à família da vítima, pois trata de responsabilidade objetiva, em virtude da caminhonete estar locada para a Câmara de Vereadores de Parauapebas.

Falta de controle pra facilitar o uso indevido do bem

Os fatos apontam que há falhas e ilegalidades administrativas graves na contratação e uso das caminhonetes por parte dos vereadores de Parauapebas, ao que tudo indica a CMP não tinha qualquer controle do uso do bem público, apontando que tal fato tenha o propósito de facilitar a utilização indevida das caminhonetes.

Na área criminal

Ainda não há qualquer notícia por parte do Ministério Público das providências que já foram tomadas por este órgão em Parauapebas, sobre este fato grave.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Plenário do TCM-PA condena LEUDICY LEÃO, ex-secretária e ex-empregada de Valmir da Integral

Conselheiro manda LEUDICY para o Ministério Público devido a prática de "transgressões jurídicas"




Multa

São muitas ilegalidades cometidas na passagem de Leudicy Leão pela secretaria de assistência social do município de Parauapebas, resultando na sua condenação ao pagamento de multas no valor de 4.500 UPFPA, Unidade de Padrão Fiscal do Estado do Pará, totalizando algo em torno de R$ 14.563,80.


Até indícios de crimes, segundo o TCM-PA

Segundo relatório técnico do TCM-PA, houve a inobservância do procedimento para licitação na modalidade Pregão Presencial no procedimento nº 9/2013-0005 SEMAS10, ferindo o  art. 4º, inciso XIII da Lei 10.520/02, pois verificou-se que a adjudicação e a homologação do objeto do certame ocorreu sem a prévia habilitação da empresa licitante (que não apresentou a documentação exigida no edital). Essa medida configura crime tipificado no art. 93, da lei 8.666/93, segundo o julgado do TCM-PA, os autos serão remetidos ao Ministério Público.

Convênios

10 convênios com associações e entidades sociais apresentaram uma série de irregularidades graves que foram apuradas pela Controladoria do TCM-PA, envolvendo o valor de R$ 1.599.999,84: 

1) Convênio nº: 022/2013 – Fundação Bom Samaritano / Projeto Esperança (R$206.250,64),;

2) Convênio n° 023/2013 - Fundação Bom Samaritano/Pastoral da Saúde (R$161.458,64);

3) Convênio 024/2013 - Fundação Bom Samaritano/Associação Girão de Artes Marciais (R$75.424,88);

4) Convênio 025/2013 – Centro Social de Promoção Humana de Parauapebas – Gente Livre (R$151.882,64);

5) Convênio 026/2013 - Associação de Pastores Evangélicos de Parauapebas (R$286.250,64);

6) Convênio 027/2013 – Comunidade Obra Kolping do Brasil / Centro Profissionalizante Sophie Link (R$163.160,00);

7) Convênio 028/2013 – Associação Ramos Parauapebas de Karatê Interestilos (R$75.424,88);

8) Convênio 029/2013 – Grupo Escoteiro Mata Verde (R$75.424,88);

9) Convênio 030/2013 – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Parauapebas (R$241.562,64);

10) Convênio 031/2013 - Sorri Parauapebas (R$163.160,00).

Passou da hora

Talvez o Ministério Público de Parauapebas tenha em suas mãos a oportunidade de investigar a forma como essas associações aplicaram esses recursos públicos.

Candidata derrotada

A Sra. LEUDICY LEÃO, depois de tantas estripulias, ainda foi candidata a vereadora pelo PSD, na coligação derrotada que apoiou o ex-prefeito Valmir da Integral.


Leia VOTO que condena LEUDICY LEÃO no TCM-PA

Valmir da Integral e João do Verdurão são condenados por propaganda ilícita nas eleições de 2016




Juiz em Parauapebas tinha absolvido

No dia 13 de outubro de 2016, o juízo  eleitoral de Parauapebas publicou sentença de mérito absolvendo Valmir da Integral e João do Verdurão por uso de propaganda ilícita, mas essa decisão acabou reformada pelo TRE, no último dia 10 de outubro, o órgão regional decidiu que Valmir e João são culpados sim, sendo condenados a pagarem multa por propaganda ilegal.

São tantas condenações

Tanto Valmir da Integral quanto João do Verdurão pretendem entrar na disputa eleitoral de 2018, seja pra deputado estadual ou federal, mas pelo conjunto da obra, é melhor que ambos fiquem atentos, pois já são tantas condenações, além das contas da campanha terem sido reprovadas, que podem não conseguirem quitação eleitoral para o registro de suas eventuais candidaturas.

Leia a ementa da última condenação 

ACÓRDÃO Nº 29.152 RECURSO ELEITORAL Nº 73-87.2016.6.14.0106 - MUNICÍPIO DE PARAUAPEBAS/PA (106ª ZONA ELEITORAL-PARAUAPEBAS) RELATOR: JUIZ FEDERAL ARTHUR PINHEIRO CHAVES 

RECORRENTE: COLIGAÇÃO PARAUAPEBAS DA OPORTUNIDADE 

ADVOGADOS: CLÁUDIO GONÇALVES MORAES-OAB: 17743/PA; RAIMUNDO OLIVEIRA NETO-OAB: 14560/PA 

RECORRIDOS: VALMIR QUEIROZ MARIANO; JOÃO JOSÉ TRINDADE E COLIGAÇÃO TRABALHO E DESENVOLVIMENTO 

ADVOGADOS: WELLINGTON ALVES VALENTE-OAB: 9617- B/PA; RAQUEL BARROS PAIVA-OAB: 18624/PA 

RECURSO ELEITORAL. REPRESENTAÇÃO. PROPAGANDA ELEITORAL IRREGULAR. ELEIÇÕES 2016. OUTDOOR. COMÍCIO. INCIDÊNCIA DE MULTA INDEPENDENTEMENTE DA DIMENSÃO DA PROPAGANDA. APLICAÇÃO DE MULTA. ART. 39, § 8º, LEI Nº 9.507/97. RECURSO PROVIDO. 

1. O engenho publicitário outdoor deve ser depreendido em sentido abrangente, em outros termos, deve se analisar de forma a incluir, sob essa classificação o painel exibido de forma física, bem como de forma eletrônica, como telões a título exemplificativo; 

2. A jurisprudência superior já assentou no sentido de que a área visual da propaganda se trata de aspecto secundário, sendo predominante, indubitavelmente, o considerável impacto visual de outdoor, logo, revelam-se irrelevantes as dimensões eventualmente inferiores ao permissivo legal; 

3. A Corte Superior assentou decisão em direção à dispensa do requisito referente à exploração comercial do engenho publicitário para se configurar outdoor; 

4. A despeito da transitoriedade da propaganda eleitoral mediante outdoor, é imprescindível mencionar que a natureza desse tipo de publicidade é provisória em sua essência e basta constatar a configuração do ilícito disposto no art. 39, § 8º, da Lei nº 9.504 de 1997 para que se proceda à imposição de multa, mesmo que tal publicidade tenha sido retirada posteriormente, por isso revela-se totalmente insignificante sua efemeridade; 

5. O artefato publicitário outdoor se caracteriza perfeitamente mesmo na forma de exibição transitória, ou seja, poderá tipificar-se em apenas um dia de exibição, pois o cerne da questão seria a constatação ou não do impacto visual resultante daquela exposição; 

6. O alto custo de campanha eleitoral por conta do elevado valor agregado a este artefato publicitário, consequentemente, gera o desequilíbrio entre os candidatos em relação à prática da propaganda eleitoral e a falta de proteção aos cidadãos em detrimento à exposição de propaganda somente dentro do permissivo legal. 

7. Recurso provido. 

ACORDAM os Juízes Membros do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, à unanimidade, conhecer e dar provimento ao Recurso, nos termos do voto do Relator. Votaram com o Relator o Desembargador Roberto Gonçalves de Moura e os Juízes Altemar da Silva Paes, Amilcar Roberto Bezerra Guimarães, José Alexandre Buchacra Araújo e Luzimara Costa Moura Carvalho. Presidiu o julgamento a Desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro. 

Sala das Sessões do Tribunal Regional Eleitoral do Pará. 

Belém, 10 de outubro de 2017. Juiz Federal ARTHUR PINHEIRO CHAVES - Relator"

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Flexa e Jáder salvam AÉCIO NEVES, somente Paulo Rocha votou pelo afastamento do senador mineiro

AÉCIO NEVES precisava de 41 votos, teve 44, dois votos salvadores foram dos senadores paraenses Flexa Ribeiro e Jáder Barbalho




MORO e AÉCIO - a dupla da impunidade, da seletividade e da perseguição



Quem não sabia, esse é o Brasil dos "lavajateiros"

Foram 44 votos de colegas senadores que salvaram AÉCIO NEVES, apenas 26 endossaram a decisão do STF, que aplicava medidas cautelares ao parlamentar mineiro, afastando ele do senado e determinando o seu recolhimento domiciliar noturno, isso tudo para não aplicar a prisão do líder do golpe. 

Aécio e Moro

AÉCIO e MORO são os dois grandes responsáveis por tudo que o Brasil e seu povo sofre hoje, são representantes da elite brasileira, professam o ódio e o preconceito, eles tem desprezo pelo povo, eles estão acima da lei.

Defenderam Aécio

Subiram na tribuna do senado pra defenderem AÉCIO: Jader Barbalho, Telmário Mota, Antonio Anastasia, Roberto Rocha e Romero Jucá. 

A Constituição

A Constituição é clara, NÃO cabe prisão de congressista, exceto a prisão em flagrante de crime inafiançável.

O STF teve a oportunidade de decretar a prisão do senador AÉCIO NEVES em flagrante, não o fez, teve medo de Sérgio Moro e de Gilmar Mendes!

Agora querem inventar 

Outro tipo de prisão é proibida, logo não cabe medida cautelar em substituição à prisão se esta não é permitida.

Julgar que é bom, os 11 acovardados do STF pra isso não se prestam

Quantos meses já decorreram do flagrante contra AÉCIO NEVES, o que o STF já fez até hoje?

O judiciário brasileiro é dominado por "Collors de toga", Sérgio Moro é exemplo fino e acabado disso, a política é dominada por "AÉCIOS".

Pode pedir a conta, pois quem vai pagar é você mesmo, isso mesmo, você não vai, você está pagando essa conta!

O povo quer LULA e só LULA ameniza

Somente LULA pode amenizar o sofrimento que aflige o povo brasileiro.

Há uma conjuração de gente tipo Moro e Aécio contra LULA. 

Cidadãos ironizam os "democratas espanhóis" que criticam a "ditadura venezuelana"

Na Venezuela, a narco-oposição sofreu uma grande derrota eleitoral, o narco-político HENRIQUE CAPRILLES, tal qual AÉCIO NEVES, não reconhece o resultado

A cultura "lavajateira" que os EUA tenta disseminar na Amárica Latina é isso mesmo, eleição só é limpa e só vale quando eles ganham

A lei para os "lavajateiros" é para perseguir quem defende o povo e a soberania nacional

Na Venezuela, a procuradora "lavajateira" fugiu para não ser presa, a ladra foi flagrada com 6 MILHÕES de dólares, quantia que teria recebido para tentar desestabilizar o país, esse filme o brasileiro conhece bem, já assistiu várias vezes e continua em cartaz no Jornal Nacional, da Rede Globo, todos os dias




Os grandes meios de comunicação, tipo a Rede Globo, tentam desqualificar o presidente Maduro, dizem que na Venezuela tem uma "ditadura", em reação a essa postura mentirosa, os cidadãos ironizam as "democracias" que essa gente defende, mostrando nas redes sociais as fotos tiradas durante a votação de 15 de outubro nas eleições venezuelanas com as imagens do referendo na Catalunha, na "democracia" espanhola, vejam:


 



Eleitora de 107 anos comparece para a biometria em Cuiabá (MT)




107 anos

A eleitora mais idosa de Mato Grosso, Virgínia Martins dos Santos, 107 anos, compareceu à Casa da Democracia, em Cuiabá, para a revisão do eleitorado com biometria. Ela nasceu em Cáceres no 7 de setembro de 1910.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Mais um seguidor de Bolsonaro é flagrado em ameaças e pedofilia

Nas redes sociais, o discurso é de "cidadão de bem" e defensor dos "bons costumes", dizem que são "patriotas", tudo o mais puro falso moralismo, na vida real eles abusam dos próprios filhos, são estupradores e pedófilos

Veja mais um seguidor de Bolsonaro flagrado ameaçando uma mãe e sua filha de 15 anos


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto


Um eleitor de Bolsonaro, identificado por Diego Arion, de Erechim (RS), garçom na Vito Comércio de Alimentos, em Florianópolis (SC), fez postagem onde se diz arrependido por não ter casado com uma ex-namorada, mãe solteira, pois hoje “a sua filha ia estar gostosinha com 15… Eu ia ter o direito de ser o primeiro homem a desfrutar ela! Pois eu sustentei ela e a vadia da sua mãe por anos”, postou.

"Mulheres laranjas", juiz cassa mandatos de vereadores em Cuiabá-MT

Em Parauapebas, o uso de "mulheres laranjas" ganha novos contornos, situação na capital do minério é muito mais escandalosa que em Cuiabá-MT

O uso de "mulheres laranjas" configura a prática do abuso de poder/fraude na composição da lista de candidatos às eleições proporcionais é o que decidiu a justiça eleitoral em Cuiabá-MT




No Mato Grosso, o uso de "mulheres laranjas" fez vereadores perderem o mandato e ainda se complicaram na justiça criminal

Nos autos do Processo nº 687-35.2016.6.11.0055, uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), que tramita na justiça eleitoral em Cuibá-MT, o o juiz Gonçalo Barros Neto, acatou pedido do Ministério Público e decretou a perda de mandato dos vereadores e suplentes Coligação Dante de Oliveira I, devido ao uso de "mulheres laranjas" para burlar a lei eleitoral, simulando a participação feminina nas eleições municipais de 2016.

A fraude na lista de candidatos

O juiz Gonçalo Antunes Barros Neto, da 55ª Zona Eleitoral, de Cuiabá-MT, fez valer a LEI e a Constituição Federal, cassou o mandado dos vereadores Abílio Junior e Joelson Amaral, ambos do PSC, por fraude na composição da lista de candidatos. 

Zero votos

A coligação incluiu o nome de candidatas do sexo feminino apenas para cumprir a cota de 30%, exigida pela legislação eleitoral, elas não fazem campanha, tem zero votos ou votação pífia, não realizam campanha, tudo uma fraude, na verdade são atos criminosos.

Em Parauapebas

O candidato DANIEL FERNANDES SILVA (PP) ingressou com ação judicial questionando a utilização de "candidaturas laranjas" pela COLIGAÇÃO PROPORCIONAL “JUNTOS POR UMA PARAUAPEBAS MELHOR” (PSDC e PSB), que elegeu o atual presidente da Câmara de Vereadores, Elias da Construforte. Em Parauapebas teve sentença, mas tudo pode ter  uma reviravolta no Tribunal Regional Eleitoral, no último dia 2 de outubro, a Procuradoria Regional, no Recurso Eleitoral (RE) n° 0000681-81.2016.6.14.0075,  emitiu parecer no sentido de converter em diligência o julgamento do caso.


Leia o trecho final da Sentença de Cuiabá-MT

"Pelo exposto, JULGO PROCEDENTES os pedidos iniciais para: 

a) Cassar o diploma e o mandato do candidato eleito Marcrean dos Santos Silva e suplentes vinculados à Coligação Dante de Oliveira I (arts. 15 e 22, inc. XIV, da Lei 64/90, com a redação dada pela LC nº 135/2010), declarando nulos os votos destinados a eles, devendo ser distribuídos aos demais partidos que alcançaram o quociente partidário (art. 109, do Código Eleitoral);

b) Declarar inelegíveis Marcrean dos Santos Silva, Elton dos Santos Araújo, Afonso Rodrigues de Melo, Mario Teixeira Santos da Silva, Edisantos Santana Ferreira de Amorim, Sebastião Lázaro Rodrigues Carneiro, Ronald Kemmp Santin Borges, Odenil Benedito da Silva Júnior, Antônio Carlos Máximo e Marineth Benedita Santana Corrêa, pelo período de 08 (oito) anos subsequentes à eleição do ano de 2016 (art. 1º, inciso I, alínea d, LC nº 64/90, arts. 15 e 22, inc. XIV, da mesma lei complementar, com a redação dada pela LC nº 135/2010). 

c) Remeter cópia dos autos ao Ministério Público Eleitoral para, assim entendendo, tomar eventuais providências no campo disciplinar, de improbidade administrativa ou criminal

d) Remeter cópia dos autos ao Juízo da 39ª Zona Eleitoral para expedição de novos diplomas aos eleitos e primeiros suplentes (art. 15, caput, da LC 64/90, com a redação dada pela LC nº 135/2010). 

Publique-se. Registre-se. Intimem-se. 

Ciência ao Ministério Público Eleitoral. 

TRANSITADA EM JULGADO a presente decisão (art. 15, caput, da LC 64/90, com a redação dada pela LC nº 135/2010), providencie-se o recálculo do quociente partidário para todos os fins de direito, expedindo-se novos diplomas aos eleitos e primeiros suplentes. 

Cumpra-se. Cuiabá-MT, 12 de setembro de 2017. 

Juiz Gonçalo Antunes de Barros Neto 55ª Zona Eleitoral"

MP pede a aprovação das contas de Coutinho na SEMAS, referente ao ano de 2007

Coutinho chegou a ter a sua condenação confirmada, mas agora tudo mudou e o Ministério Público pede a absolvição no TCM-PA




Parecer favorável 

O julgamento está previsto para amanhã (17), mas o atual secretário de saúde do município de Parauapebas conseguiu reverter sua condenação, o relatório da Conselheira Mara Lúcia é pela APROVAÇÃO das contas do vereador licenciado COUTINHO, o próprio MP emitiu parecer nesse sentido.

Entenda o caso 

O vereador Coutinho (PMDB) teve as contas da SEMAS (2007) reprovadas pelo TCM-PA. A condenação do Coutinho saiu em  10 de dezembro de 2015, veio no Acórdão n° 28.237. Dessa decisão Coutinho ingressou com recurso ordinário, sendo que em 06 de outubro de 2016 a condenação foi mantida, mas o atual secretário de saúde de Parauapebas ingressou com outro recurso, os embargos declaratórios, que também foram rejeitados.




Mudanças a favor de Coutinho 

Depois de seguidas derrotas no Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (TCM-PA), o vereador Coutinho começa a reverter a sua situação, conseguindo que a Corte de Contas aprovasse a admissibilidade de um recurso para a revisão da sua condenação.


Apresentou novos documentos

A defesa do Coutinho ingressou com o recurso em virtude de ter conseguido os documentos necessários para ter suas contas de 2007 aprovadas.


sábado, 14 de outubro de 2017

O suicídio do Reitor Cancellier


ALAGOAS quer vitória de LULA no primeiro turno, em 2018

LULA não tem adversários no nordeste, em Alagoas ele ganha no primeiro turno




Liquida logo

O Instituto Brasileiro de Pesquisa (Ibrape) realizou uma pesquisa com o eleitor alagoano, ouviu 2 mil pessoas de 6 a 9 deste mês, não deu outra, LULA é preferido por 54% dos cidadãos, liquidaria a fatura no primeiro turno com muita facilidade, no segundo lugar estão empatados tecnicamente, o nazista Bolsonaro e "agrotóxica orgânica", Marina Silva.



Prefeito que "paga palestra" ao juiz Sérgio Moro quer alimentar famílias pobres de São Paulo com ração animal

O "prefake" João Dória diz que a ração de porco é alimento de astronauta


Ele diz que a comida de porco é alimento de astronauta
Quem tiver em situação de carência na cidade de São Paulo logo será beneficiado com mais uma "grande" idéia do "prefake João Dólar", trata do programa "RAÇÃO PARA POBRE".
Alimentos quase vencidos
Uma dessas empresas malucas, ligadas ao prefake de São Paulo, diz que irá processar alimentos que estejam com a data de vencimento próxima, também os restos dos restaurantes de São Paulo, ao invés de jogarem fora, agora srão transformados num composto e distribuídos aos pobres da cidades, o PSDB agora tem a sua "RAÇÃO PARA POBRE".
Quer distribuir no Brasil inteiro
A idéia deles é que ao serem eleitos para a presidência da república, seja com Dória ou Bolsonaro, distribuírem para todo o Brasil a sua "RAÇÃO PARA POBRE".
Campo de concentração nazista
A idéia é digna de cozinheiro de campo de concentração nazista!
Será que logo eles adicionarão restos recolhidos de alguma câmara de gás que ainda não querem propagandear!

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Grão-Pará e Maranhão: Ana Júlia, ex-governadora do Pará, vai para o PCdoB de Flávio Dino, governador do Maranhão

Segunda colocada nas pesquisas eleitorais para o governo do Pará, ANA JÚLIA vai para o PCdoB



Grão-Pará e Maranhão

A ex-governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, foi convidada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, para se filiar ao PCdoB, num grande ato previsto pra ser realizado no dia 25 de outubro, em Belém, na capital do Pará.

Saída honrosa

Para o seu novo desafio, ANA JÚLIA recebeu o apoio de todas as grandes lideranças do PT, a nível estadual e nacional. A decisão de sair do Partido dos Trabalhadores (PT) foi comunicada aos dirigentes locais e ao presidente LULA.

Carreira vitoriosa

Ana Júlia Carepa tem uma das carreiras políticas mais vitoriosa da história recente do Pará, saindo de vereadora de Belém e chegando ao cargo máximo do estado, eleita governadora em 2006 com 54,93% dos votos válidos, na época derrotou o favorito Almir Gabriel, era tido como imbatível.

Uma terceira via

A ida de ANA JÚLIA para o PCdoB abre um leque de opções para 2018, seja na manutenção da aliança PT e PCdoB ou seja na construção de uma terceira via para disputar o governo contra HELDER e contra algum nome indicado pelo desastrosa gestão Jatene.

A terceira via poderia envolver uma aliança com a Rede, de Úrsula Vidal, e ou com o PSOL, de Edmilson Rodrigues.

Cláusula de barreira

Porém, o motivo oficial da ida da ex-governadora ao PCdoB é o fortalecimento da legenda para as eleições proporcionais à Câmara dos Deputados federais, ANA JÚLIA seria a candidatura prioritária do partido para vencer a cláusula de barreira aprovada na reforma eleitoral.

Cargo majoritário

A força da governadora é tentadora para a disputa de um cargo majoritário, em pesquisas eleitorais que abrangem todo o estado, não apenas a região metropolitana, ANA JÚLIA é disparada a segunda colocada nas intenções de voto para o governo do Pará.

Tem segmento do eleitorado que ANA JÚLIA atinge os 25% das intenções de votos, com o apoio de LULA, a ex-governadora poderia surpreender o favoritismo de HELDER BARBALHO.

Efeito borboleta

Em matéria eleitoral, toda mexida no tabuleiro tem seu "efeito borboleta", tudo anda meio imprevisível para 2018. 

Ana Júlia tem um nome muito conhecido e com forte apelo popular, seria um bom palanque eleitoral para LULA no Pará, em caso de uma aliança com PT/PMDB não vingar no estado.

O padrão seguidor de Bolsonaro - extorsão, estupro e pedofilia





Os monstros que seguem o condenado por incitação ao estupro

Jair Bolsonaro já foi condenado a indenizar uma vítima por ameaçá-la de estupro, a decisão é na esfera cível, proferida pelo Superior Tribunal de Justiça (clique AQUI e leia no STJ). Ainda resta o julgamento no STF, na esfera criminal, onde o rapaz poderá ser condenado a cadeia. 

Bolsonaro também já foi condenado por racismo, na esfera cível, a matéria criminal ainda precisa ser julgada. 

Seguidores

Evidente, uma figura assim tem seguidores da mesma índole, conheça mais sobre eles, não releve e não despreze, o perigo pode morar na sua casa, ser seu vizinho, até mesmo o professor da escolinha do seu filho e até mesmo o pastor evangélico.

Leia as seguintes matérias sobre os seguidores de Bolsonaro: quem são, como agem no seu trabalho e nas suas casas, suas vítimas preferenciais, tem até policial que abusa do próprio filho, uma criança de apenas 9 anos de idade.




quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Parauapebas: A gestão democrática é imposição da Constituição Federal

Ao cinicamente barrarem a GESTÃO DEMOCRÁTICA, vereadores de Parauapebas provocam a sociedade e obrigam os professores a decretarem GREVE na rede pública municipal


A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas andando e atividades ao ar livre
Professores estão mobilizados


Mobilizados e unidos

Hoje, dia 11 de outubro, os professores de Parauapebas convocam um grande ato público na ROTATÓRIA DA RUA 14, a partir das 8 horas da manhã.

Vereadores agiram de forma sorrateira

Os professores entre outras justas demandas da educação pública em Parauapebas, não se conformam com a forma sorrateira e ilegal que marcou o tramitação do  projeto de GESTÃO DEMOCRÁTICA nas escolas de Parauapebas.

Projeto foi barrado ilegalmente

Uma comissão da Câmara de Parauapebas, de forma ilegal e sorrateira, barrou o projeto de GESTÃO DEMOCRÁTICA, sequer permitiu que a matéria chegasse ao plenário da casa.

O projeto de lei foi enviado pelo Poder Executivo municipal, mas foi barrado numa comissão sem qualquer justificativa, algo que nunca tinha ocorrido na Câmara de Parauapebas.

Curral pra cabo eleitoral

O único objetivo é continuar fazendo das escolas de Parauapebas curral para seus cabos eleitorais.

Guerra contra todos

Evidente que tal atitude dos vereadores é uma declaração de guerra aos professores e a toda a comunidade escolar, uma afronta à LEI e à CONSTITUIÇÃO FEDERAL.

Sorrateiros

Os vereadores de Parauapebas mostraram que continuam os mesmos sorrateiros de sempre, pelo jeito, os antigos mensaleiros de Valmir da Integral já cooptaram os novos "colegas", a máfia continua integralmente impune (aliás, estranhamente e integralmente impune).

Dissimulados

Os vereadores não são bobos, talvez, o mais bobo deles "fabrica avião ou faz desaparecer caminhonete AMAROK", na verdade eles querem mesmo é provocar isso: uma greve dos professores.

Com a greve,  colocam o poder executivo contra os educadores municipais e assim tentam esconder os casos graves que aconteceram recentemente na Câmara de Parauapebas.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Vereador é condenado por ofender advogado

VEREADOR DE ALTO RIO NOVO/ES É CONDENADO APÓS UTILIZAR A TRIBUNA DA CÂMARA PARA OFENDER ADVOGADO



O discurso ofensivo foi transmitido ao vivo em radiofrequência para todo o município.

O 1º Juizado Especial Cível de Colatina condenou um vereador de Alto Rio Novo a indenizar em R$ 5 mil por danos morais, um advogado de Colatina. Durante seu discurso na tribuna da Câmara Municipal, em 2014, o réu, então vereador, teria emitido ofensas de caráter pessoal contra o requerente.

Segundo os autos, o discurso foi proferido em ambiente de amplíssima publicidade, sendo transmitido ao vivo em radiofrequência para todo o município.

Em sua defesa, o vereador alegou a imunidade parlamentar como garantia de sua liberdade de discurso. Porém, em sua decisão, o Juiz Bruno Silveira de Oliveira afirma que o parlamentar não pode se beneficiar do dispositivo para propagar ofensas com o intuito de desonrar terceiros.

Parauapebas: Sindicato encaminha impacto e cobra aplicação do reajuste judicial



Em mais uma reunião no dia 04 de outubro, representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Parauapebas-SINSEPPAR, encaminharam para a Prefeitura Municipal, estudos de impacto financeiro, para aplicação do reajuste judicial, que resultaria em acréscimo mensal estimado na folha de R$ 1.154.820,94, (um milhão, cento e cinquenta e quatro mil, oitocentos e vinte reais e noventa e quatro centavos) com base nos dados da folha de pagamento fornecidos pela Secretaria Municipal de Administração-SEMAD.

O reajuste judicial teve seu início em 2003, através do processo 0000086-27.2003.814.0040, que determina o reajuste da tabela salarial na época em 24,27% para os cargos de natureza técnica e 8,82% para os demais cargos, sendo que, o poder público executou de forma parcial e precária com a criação de um evento intitulado reajuste processo judicial, contemplando atualmente 488 servidores, estando pendentes 2.605.

No estudo de impacto realizado pelo sindicato que foi conseguido de forma nominal, contempla os servidores que não estão recebendo o devido valor ou recebem um valor menor, ficando estabelecido um prazo de 15 dias para a procuradoria está se manifestando, e com isso, se busca acordo nos processos que se encontram para julgamento e o cumprimento dos servidores que já estão julgados.

Após todos os servidores estarem recebendo o referido evento, serão realizados novos cálculos para avaliar o retroativo que cada um faz jus, na busca de negociar o parcelamento.

O Ministério Público Eleitoral quer ouvir as "candidatas laranjas" de Parauapebas

Daniel Fernandes obtém vitória no MPE, no caso das "candidatas laranjas" - sentença pode ser cancelada




Reviravolta no caso das candidatas laranjas em Parauapebas

O imbróglio das "candidatas laranjas" de Parauapebas pode sofrer uma reviravolta no Tribunal Regional Eleitoral, no último dia 2 de outubro, a Procuradoria Regional, no Recurso Eleitoral (RE) n° 0000681-81.2016.6.14.0075, emitiu parecer no sentido de converter em diligência o julgamento do caso, pedindo que os envolvidos sejam citados/intimados e apresentem suas contrarrazões, depois desses procedimentos é que o órgão dará parecer no mérito da questão.

O caso

O candidato DANIEL FERNANDES SILVA (PP) ingressou com ação judicial questionando a utilização de "candidaturas laranjas" pela COLIGAÇÃO PROPORCIONAL “JUNTOS POR UMA PARAUAPEBAS MELHOR” (PSDC e PSB), que elegeu o atual presidente da Câmara de Vereadores, Elias da Construforte.

Investigação será retomada, pede a Procuradoria Regional Eleitoral

As candidatas mulheres, ANA DA SILVA BORGES (PSDC), ELIZANE GOMES DE FARIAS (PSDC), FRANCISCA DANIELE BATISTA (PSB) e JULY ANE DA FONSECA CASTRO (PSD), seriam apenas fictícias, cuja única intenção seria burlar a exigência legal de proporção entre as candidaturas para cada sexo. Todas elas deverão apresentar contrarrazões no recurso eleitoral, o caso deverá ter outros desdobramentos.

Indícios fortes

Das candidatas apresentadas pela coligação PSB/PSDC, duas delas tiveram zero voto e zero gasto de campanha, o que se denomina de "candidatura laranja", além de outra delas ser parente de um dos candidatos do PSB.

Agora, com o parecer do Procuradoria Eleitoral, o caso será retomado e os envolvidos serão citados e intimados.

O crime que abalou Januária e os seguidores de Bolsonaro


O mito e o monstro de Januária

O vigia Damião Soares dos Santos, que ateou fogo em crianças de uma creche em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, na última quinta-feira (5), era seguidor de Bolsonaro.

Não é o primeiro caso, nem será o último, esse tipo de pessoa busca alguma forma de chamar a atenção do público, sempre através do ódio e de atos violentos.

Alerta

Freud explica em parte, por isso, você pai, mãe e todos que lidam com crianças, fique alerta com os professores e pessoas que seguem Bolsonaro, mesmo que seja um membro da sua família. 

Sem controle

Quem perde a vergonha de seguir Bolsonaro e sua cultura de violência, buscando chamar a atenção de um certo público com ódio e discurso raivoso, uma hora sai do mundo virtual ou abandona as palavras e parte para a agressão física ou para esse tipo de ato, vitimando crianças, negros, gays, judeus!

Crianças não combina com seguidores de Bolsonaro

Acenda o sinal vermelho, principalmente se tal seguidor de Bolsonaro lida com crianças.

Veja na sua escola de judô, de karatê, de futebol, busque saber quem "cuida das suas crianças".

Não é preciso ser dito pra ninguém que seguidores do nazifascismo de Bolsonaro são pessoas com problemas mentais, no caso, o vigia e vendedor de sorvetes era obcecado por crianças.

Hitler era obcecado por judeus!