sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Paraupebas: O Ministério Público pega os depoimentos dos vereadores flagrados em vídeo e procura empresário

Há menos de 2 dias das eleições, vídeos com cenas de empresário entregando dinheiro para 2 vereadores de Parauapebas aumentam a tensão no município 

Veja mais outro vídeo que foi divulgado em Parauapebas


video


Pedro Ribeiro não foi localizado e está sendo procurado pelo MP

O empresário está sendo procurado pelo Ministério Público, as informações são de que se ele não se apresentar espontaneamente poderá ser pedida sua prisão.

As informações que circulam pela cidade é que autoridades compareceram a residência do empresário e ninguém soube informar seu paradeiro.

O Ministério Público já ouviu um dos vereadores.

Paraupebas: O Ministério Público pega os depoimentos dos vereadores flagrados em vídeo e procura empresário

Há menos de 2 dias das eleições, vídeos com cenas de empresário entregando dinheiro para 2 vereadores de Parauapebas aumentam a tensão no município 

Veja mais outro vídeo que foi divulgado em Parauapebas


video


O empresário Pedro Ribeiro não foi localizado e está sendo procurado pelo MP

O empresário está sendo procurado pelo Ministério Público, as informações são de que se ele não se apresentar espontaneamente poderá ser pedida sua prisão.

As informações que circulam pela cidade é que autoridades compareceram a residência do empresário e ninguém soube informar seu paradeiro.

O Ministério Público já ouviu um dos vereadores.

A Polícia Federal está em Parauapebas

Nesta sexta-feira (30), os vereadores flagrados em vídeos recebendo dinheiro terão que depor no Ministério Público 



Eleições


Ontem várias viaturas da Polícia Federal foram avistadas pelas ruas da cidade.

O promotor de justiça Hélio Rubens, responsável pelos processos da OPERAÇÃO FILISTEUS, também tem previsão de chegar ao município nesta sexta feira.

Os vídeos serão periciados 



O Ministério Público está em posse dos vídeos em que os vereadores são flagrados recebendo dinheiro de um empresário, o material será periciado,  os vereadores prestarão depoimento na sede do Ministério Público em Parauapebas.

Montagem

Os vereadores envolvidos alegam que os vídeos são montagens para prejudicá-los.

Chantagem

Mas em Parauapebas o que se propaga é que o empresário gravou as imagens para chantagear os parlamentares e garantir contratos com a administração pública.

Vários vereadores

O que se diz é que existem imagens de quase todos os vereadores.

Prisão necessária

Talvez esse seja o caso que mais justifique a prisão de alguns envolvidos, pois é evidente que após a revelação das imagens tentarão destruir provas e até mesmo ameaçar o denunciante, que seria amigo do empresário envolvido.

Exceção à regra

Uma vereadora não aceitou o dinheiro, dizem que uma das imagens, um vereador "mão nervosa" desferiu palavrões contra a vereadora honesta.

Cobrar ou não cobrar dízimo do vereador

Na igreja de um vereador, a polêmica se instalou, os fiéis não querem que seja cobrado dízimo do dinheiro que tem origem mais que duvidosa.

Contaminado

O fato é que os vídeos caíram como uma bomba nas eleições, por isso qualquer análise agora dos seus efeitos fica contaminada pela disputa política.

Pesquisa falsa em Parauapebas

IBOPE publica um COMUNICADO alertando sobre pesquisa falsa




Pesquisas falsas

São tantas pesquisas falsas em Parauapebas que o Ibope teve que publicar no seu site um comunicado alertando aos eleitores do município sobre a utilização de mais uma pesquisa fraudada no nome do instituto.

O Ibope alerta que realizou uma pesquisa, mas o contratante preferiu não divulgar e o resultado que circula nas redes sociais é uma fraude.

Leia AQUI no www.ibopeinteligencia.com

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Parauapebas: Grandes comícios e vídeos marcam reta final da campanha eleitoral

Darci (PMDB) realizou um grande comício no bairro Tropical e Valmir (PSD) na rua 14

Comícios do Darci (PMDB) e Valmir (PSD) 

Ruas e vídeos

Enquanto a campanha nas redes sociais está dominada pela divulgação de vídeos estarrecedores, nas ruas a campanha segue firme.

Darci Lermen (PMDB)

Ontem (28), o candidato do PMDB realizou um dos maiores comícios desta campanha, o evento envolveu a população dos bairros Tropical, Ipiranga e Linhão.

Valmir Mariano (PSD)

Já a rua 14 foi o local do comício da candidatura Valmir Mariano (PSD), também recebendo um grande público.

Parauapebas: Vereadores candidatos à reeleição são filmados recebendo dinheiro

As imagens já estão com o Ministério Público - os fatos tem relações diretas com a OPERAÇÃO FILISTEU


video


Maridé e Bruno

O vereador Bruno (PSD) e Maridé (PSC) são flagrados recebendo dinheiro, o vereador Miquinha (PT) tem seu nome citado nas gravações, mas não foram divulgadas imagens dele.

O Ministério Público (GAECO) já intimou os envolvidos

Todos os envolvidos que foram flagrados recebendo o dinheiro já foram intimados para prestarem seus esclarecimentos no Ministério Público.

GAECO

As imagens podem ser o elo que faltava para o desfecho final das investigações do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado - GAECO - em Parauapebas, na OPERAÇÃO FILISTEUS.

"Conduta triplamente qualificada"

O vídeo caiu com uma bomba nas redes sociais em Parauapebas, revelando uma forma triplamente indecente: primeiro, o empresário corrompe vários políticos; segundo, o mesmo empresário grava os políticos; terceiro, o empresário usa a gravação para fins ilícitos.

Qual a finalidade

Como explicar que alguém queira gravar seus próprios "parceiros" de negociatas.

Obviamente, a gravação não foi realizada para auto incriminação, esse tipo de imagem é repugnante, revela uma conduta mais que criminosa.

As imagens gravadas ilicitamente foram usadas para fins ainda mais ilícitos.

Datas das imagens

A polêmica sobre as datas das gravações das imagens tem pouca importância, a contundência do que elas revelam é auto explicativa, ou seja, agentes políticos recebendo dinheiro das mãos de um empresário "financiador" de campanha - que mais precisa.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Municípios não cumprem a Lei de Acesso à Informação

TCM-PA constata que Lei da Transparência ainda não está sendo cumprida pelas prefeituras e câmaras




Descumprimento

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-PA) fez um estudo sobre o cumprimento da Lei de Transparência por parte das prefeituras e câmaras municipais paraenses, o resultado mostra que pouco se avançou, apesar do Tribunal ter inventado um TERMO DE AJUSTAMENTO DE GESTÃO, uma forma de não cumprir suas obrigações e responsabilizar os administradores pelas ilegalidades.

TCM-PA, UFPA e CGU

O trabalho foi realizado em parceria com a Universidade Federal do Pará e a Controladoria Geral da União.

O TCM-PA vê avanço

Segundo o diagnóstico do TCM-PA, houve avanço e melhoria no atendimento de itens antes ausentes nos sites e portais, porém nenhuma Câmara e Prefeitura Municipal atende ainda integralmente os itens acordados no TAG. 

terça-feira, 27 de setembro de 2016

MARABÁ: Candidatos à prefeitura assinam pacto pela Infância e Juventude



Os candidatos à prefeitura de Marabá assinaram nesta segunda-feira, 26, um Pacto pela Infância e Juventude perante a 9ª e 10ª Promotoria de Justiça de do município. As prefeituras municipais são as gestoras dos recursos públicos direcionados ao atendimento prioritário dos direitos assegurados a criança e ao adolescente na Constituição Federal.

"A assinatura deste pacto é muito importante para que os candidatos a Prefeito sejam cientificados dos deveres que terão com as crianças e adolescentes de Marabá, tendo em vista a partir do próximo ano um deles será o responsável pela gestão dos recursos públicos direcionados ao atendimento prioritário dos direitos assegurados a criança e ao adolescente na Constituição Federal", disse a Promotora de Justiça Titular da 9ª Promotoria da Infância e Juventude de Marabá, Alexssandra Muniz Mardegan.

Ao assinar o pacto, o prefeito eleito estará se comprometendo, entre outras coisas, em realizar um diagnóstico da situação da criança e do adolescente em Marabá, com a participação do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), conselho tutelar e sociedade civil organizada, mapeando os serviços prestados pelo CRAS, CREAS e espaços de acolhimento, além do atendimento à saúde e a educação, disponibilizados ao público infanto-juvenil.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Parauapebas: Ministério Público é favorável ao registro da candidatura Darci Lermen (PMDB)




No Tribunal MP pede aprovação da candidatura do Darci

O Ministério Público Eleitoral que atua junto ao Tribunal Regional Eleitoral em Belém emitiu parecer favorável ao registro da candidatura de Darci Lermen (PMDB) ao cargo de prefeito de Parauapebas.

Candidatura aprovada pelo Ministério Público

Não é verdade que o Ministério Público emitiu "parecer" válido contra o registro da candidatura do PMDB em Parauapebas.

O Ministério Público Eleitoral é pelo deferimento da candidatura, ou seja, o Ministério Público pediu mesmo foi a APROVAÇÃO do registro do candidato Darci Lermen (PMDB).

Ibope: Situação para prefeitos que tentam a reeleição está difícil

Segundo o IBOPE, a reeleição está difícil para muitos prefeitos 




Nas capitais

Embora o Ibope se refira aos prefeitos das capitais, o fato é que em 2016 se terá a menor taxa de reeleição da história das eleições brasileiras, essa rejeição aos atuais prefeitos será maior nas grandes cidades e nas cidades de porte médio.

2016 ainda mais difícil

A segunda rodada de pesquisas do IBOPE mostra que a vida dos prefeitos que disputam a reeleição está bem difícil.

Nas capitais

São 20 prefeitos de capitais que estão tentando a reeleição, mas  apenas quatro tem chances reais de vencer já no primeiro turno. 

São eles Teresa Surita (Boa Vista), ACM Neto (Salvador), Marcus Alexandre (Rio Branco) e Luciano Cartaxo (João Pessoa). Além de terem suas gestões aprovadas por mais da metade da população, esses candidatos são rejeitados no máximo por 25% dos eleitores.


Reeleição em 2012 já foi difícil

Nas eleições municipais de 2012 foi registrada a menor taxa de reeleição dos prefeitos das capitais brasileiras, apenas 4 dos 8 que tentaram tiveram êxito, ou seja, apenas 50%.

Zenaldo Coutinho (PSDB) entre os piores

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, está entre os piores do Brasil, tem apenas 17% de avaliação ótima e boa, uma situação mais que sofrível.

Veja no quadro abaixo a situação de todos os prefeitos das capitais dos estados brasileiros